Fotos inéditas dos U209PN de Portugal

Fotos inéditas dos U209PN de Portugal

298
10
SHARE

nrp-tridente-23_04_09

Fotos em alta resolução enviadas pela TKMS (ThyssenKrupp Marine Systems) e pelo GSC (German Submarine Consortium). No alto, o NRP Tridente em 23.04.09 e embaixo, o NRP Arpão, no dia do batismo. Clique nas imagens para ampliar.

nrparpao-1

0903-launching-arpao

10 COMMENTS

  1. parece uma beleza …pena serem so dois.
    Tenho uma pergunta para os especialistas em subs:

    a forma arredondada dos submarinos nao e um impedimento stealth destes?…
    sera que nao se porderia produzir submarinos com linhas mais stealth do tipo encontradas nos novos navios do tipo FREMM ou futuro DDG-1000

  2. um porta avioes nao e um meio de defesa mas sim de ataque 🙂

    se o Brasil que defender-se bem entao que compre uma centena de avioes de geracao 5. …um uns quantos KDX-III.
    Um porta avioes desses grandes so serve para meter medo aos vizinhos!

  3. Muscimol, os submarinos são a arma stealth por excelência, na verdade são as únicas armas verdadeiramente furtivas, pois o radar não funciona debaixo d’água e os sonares são muito afetados pelas condições de mar e atmosféricas.

    Para escapar à detecção dos sonares passivos, os submarinos usam o formato arredondado, que é mais eficiente hidrodinamicamente e produz menos ruído de deslocamento.
    Para escapar dos sonares ativos, os submarinos podem usar revestimento anecóico, que absorve parte da energia dos pings.

  4. PORTUGAL ESTÁ DE PARABÉNS!

    Fez uma licitação de tecnica e preço.
    Cotejou o SCORPENE e o 214 em versão específica.
    O SCORPENE levou uma surra de 9 a ZERO.
    Resultado, a Marinha portuguesa está se equipando com o que há de mais moderno em termos de submarinos gastando apenas uma fração do preço que vamos enterrar nos malsinados SCORPENES.
    Nem poderia ser diferente pois não se admite SCOPENES nas marinhas da OTAN.
    A Marinha portuguesa e todas as marinhas modernas aprestadas e com inimigos potenciais reais não entram nessa onde deplorável que estamos entrando.
    A pátria mãe está nos dando uma grande lição.
    Enquanto Portugal raciocina e planeja com objetividade, o Brasil fica tergiversando tentando justificar o absolutamente injustificável, ou seja, comprar SCORPENES e o que é pior, com brutal sobrepreço.
    É triste o que ouvimos como “justificativas”, pois menosprezam a inteligência e o nível de informação dos leitores do blog.
    O “negócio” (?) parece feito, uma empreiteira está ganhando de presente um estaleiro pago com nosso dinheiro, mas vamos ver o que acontece no futuro …. não é possível !!!

  5. Acho que a tal “fonte” mencionada está por fora…..com relação a segundo uma “fonte”, o reator nuclear que a Marinha do Brasil está desenvolvendo em São Paulo não cabe no “Barracuda” e será necessário projetar um casco com boca ainda maior……
    Pergunto os meios oficiais do CTM/SP foram consultados ou não pelo Blog Naval ?

Deixe uma resposta