P 70 Macaé - foto MB

A cerimônia de Batismo e Incorporação à Armada contou com as presenças do Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto; do Almirante-de-Esquadra Roberto de Guimarães Carvalho (Ex-Comandante da Marinha); do Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante-de-Esquadra Alvaro Luiz Pinto; do Diretor-Geral do Material da Marinha, Almirante-de-Esquadra Marcus Vinicius Oliveira dos Santos; e do Comandante do 3º Distrito Naval, Vice-Almirante Edison Lawrence Mariath Dantas, entre outros.

De acordo com a tradição naval, finalizada a construção, o navio é lançado ao mar em uma cerimônia. Nessa ocasião, o navio é batizado por uma madrinha e recebe seu nome oficial, sendo este costume marcado com a quebra, em seu costado, de uma garrafa de champanhe, que representa sorte à vida do navio. O NPa “Macaé” foi batizado pela senhora Ângela Maria de Sousa da Silveira Carvalho, esposa do Almirante-de-Esquadra Guimarães Carvalho.

Cerimônia P 70 Macaé - foto MB

Cerimônia P 70 Macaé - madrinha à esquerda - foto MB

Em seguida, foi arriada a bandeira da INACE, simbolizando a prontificação do navio e o embarque da tripulação. Entende-se por Recebimento o conjunto de atividades desenvolvidas pelo grupo de Oficiais e Praças designados para compor a primeira tripulação, com o propósito de capacitar-se a operá-lo e mantê-lo. O Grupo de Recebimento iniciou sua formação no dia 2 de fevereiro de 2009, com uma tripulação de quatro Oficiais e trinta Praças. Desde então, o grupo acompanhou a instalação dos diversos equipamentos do navio e participou de cursos e adestramentos.

Foi lida a Portaria do Comandante da Marinha, alusiva à incorporação à Armada seguida da Ordem do Dia do Chefe do Estado-Maior da Armada. Após, foi realizado o primeiro Cerimonial à Bandeira a bordo, onde foi içado o Pavilhão Nacional na popa e no mastro principal e a Bandeira do Cruzeiro na proa. O NPa “Graúna”, fundeado próximo ao local do evento, saudou, com três apitos longos, a incorporação do NPa “Macaé”.

P 42 Graúna na cerimônia P 70 Macaé - foto MB

Cerimônia P 70 Macaé - foto 2 MB

O Chefe do Estado-Maior da Armada deu posse ao primeiro Comandante do navio, Capitão-de-Corveta Marcio Gonçalves Martins Assumpção Taveira, e naquele momento, foi içada, no mastro principal, a flâmula de Comando. Cumprindo o cerimonial, o Comandante foi recebido, pela primeira vez a bordo, pelo Imediato do navio. Em seguida, as autoridades presentes embarcaram no NPa “Macaé” onde assinaram o Termo de Armamento e o Livro do Navio.

O navio é dotado de um canhão de 40mm, duas metralhadoras de 20mm, dois motores de propulsão, três geradores de energia e equipamentos de comunicação que permitem estar em contínuo contato com os demais navios e organizações da Marinha. Desenvolve velocidade máxima de 21 nós, possui a capacidade de permanência de 10 dias no mar com um raio de ação de mais de 4.500 Km.

Macae5 - foto Felipe Salles - ALIDE

FONTE / FOTOS de um a cinco, de cima para baixo: Marinha do Brasil

NOTA DO BLOG: a última foto, logo acima, é da ALIDE. Nela, pode-se perceber claramente a diferença do porte do casco e da superestrutura da classe Macaé, de 500 toneladas, em comparação com a classe Grajaú, de 250 t.  Veja mais imagens na cobertura fotográfica feita pelo site da ALIDE, clicando aqui.

SAIBA MAIS:

Tags: , ,

QUEM É Fernando "Nunão" De Martini

Veja todos os posts de Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

5 Comentários para “Fotos da cerimônia de incorporação do NPa ‘Macaé’ à Marinha do Brasil”

  1. vassili 12 de dezembro de 2009 at 19:50 #

    Espero que este e os demais da classe tenham longa e duradoura vida na MB, ajudando na tarefa de fiscalizar a ZEE brasileira……..

    Vivas para a MB, por esta decisão tão bem tomada……….

    abraços.

  2. Rodrigo Rauta 13 de dezembro de 2009 at 2:30 #

    Faço minhas as palavras do amigo Vassili!!!

    Abraços!!!

  3. Nunão 13 de dezembro de 2009 at 10:29 #

    Corsário,

    Tomei a liberdade de incluir agora uma das fotos da ALIDE no final da matéria, assim como destacar o seu link no final.

    Aguardamos a segunda parte da matéria de vocês, com mais fotos do interior do navio!

  4. corsario01 13 de dezembro de 2009 at 17:17 #

    ok!

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Sopro de esperança: provas de mar da corveta ‘Júlio de Noronha’ começam no meio do ano

V32

Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa Há muitos ditos populares que, usados com jocosa maledicência, podem […]

Nota à Imprensa sobre a situação do NDD ‘Ceará’

ceara-G30-PWFZ-aspirantes-2015-ml-01-02-15-5 copy

MARINHA DO BRASIL COMANDO DO 4º DISTRITO NAVAL ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL “NOTA À IMPRENSA” Belém – PA, 02 de […]

Irã anuncia nova rota comercial bem defronte à área de patrulhamento da FTM-UNIFIL

071712_hn_iran_640

O governo do Irã prepara a criação de uma linha de transporte marítimo entre seu país e a Síria. O […]

NDD ‘Ceará’ em pane em alto mar a caminho do Haiti

ceara-G30-PWFZ-aspirantes-2015-ml-03-02-15-8 copy

Segundo informação divulgada em redes sociais, o Navio de Desembarque Doca (NDD) Ceará da Marinha do Brasil está a deriva a 320 […]

Odebrecht faz ajustes para enfrentar corte

ODT - LAAD 2015

Virgínia Silveira Diante de um cenário de incertezas e restrições orçamentárias, a Odebrecht Defesa e Tecnologia (ODT) precisou fazer alguns […]