vinheta-clipping-navalA Justiça Federal suspendeu os processos seletivos do Comando do 6º Distrito Naval da Marinha do Brasil, em Corumbá. A suspensão tem caráter cautelar e atende pedido do Ministério Público Federal (MPF), que ingressou com duas ações judiciais contra a seleção. O mérito das ações, em que o MPF pede a anulação dos processos seletivos e da fase de cadastramento, na qual foram analisados os currículos dos candidatos, ainda será julgado. O processo seletivo visa contratar militares temporários nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Direito, Informática, Serviço Social, Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Engenharia Naval, Psicologia e Comunicação Social.

A incorporação dos aprovados deveria ocorrer ontem (18), mas foi suspensa até que a União e a Marinha se pronunciem sobre o pedido de liminar. O MPF constatou que a Marinha utilizou uma forma de avaliação com critérios “vagos e puramente subjetivos”, sem adotar nenhum tipo de prova escrita, em violação ao artigo 37, inciso dois, da Constituição Federal. A seleção constou de entrevista, inspeção de saúde e verificação de dados biográficos, com base em análise de idoneidade moral e bons antecedentes, sem mencionar quais os critérios objetivos desses aspectos. Para essa última etapa não havia possibilidade de recurso.

FONTE: Correio do Estado

Tags:

Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

4 Responses to “Justiça Federal suspende processo de seleção de pessoal da Marinha em Corumbá” Subscribe

  1. Lacerdinha 21 de janeiro de 2010 at 9:28 #

    Essa pegou muito mal, e porque não agiu como manda a regra ??

  2. Rapha SC 21 de janeiro de 2010 at 9:33 #

    Só agora o MPF acordou!!!
    A seleção para R2 da Marinha acontece dessa forma a mais de 16 anos.

  3. Danilo 21 de janeiro de 2010 at 11:32 #

    PIOR QUE É RAPHA SC !

  4. Roberto 21 de janeiro de 2010 at 20:10 #

    Aqui no Rio mesmo aconteceu isso na útima seleção.

    Tenho vergonha disso, nojo de encontrar isso na Marinha, enquanto centenas de pessoas durmiram nas filas para esta seleção RM2, que não passa de uma mentira para arrumar emprego aos filhos de Alte.

    Passem o pente fino nos RM2, todos filhos de Alte/CMG.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Doolittle Raid

No dia 18 de abril de 1942, 16 B-25 americanos foram lançados do porta-aviões USS Hornet (CV 8) para atacar […]

Novo EC725 da Marinha recebe primeira integração de míssil AM39 Exocet

Helibras e MBDA realizaram primeiros testes do sistema de armamentos de combate antinavio Exocet AM39; contrato da Avibras para produção […]

NPaOc ‘Araguari’ apoia a 400ª Expedição Científica ao Arquipélago de São Pedro e São Paulo

No período de 25 de março a 1°de abril, o Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Araguari” realizou a 400ª Comissão de apoio […]

Pentágono protesta contra ação provocativa de jato russo sobre navio dos EUA

Enquanto as tensões entre o Ocidente e a Rússia aumentam, um avião de ataque russo realizou um ato “provocativo” no […]

Nota da Marinha sobre matéria publicada no jornal O Dia

Senhor Editor-Chefe, Em relação à matéria intitulada “Luxo e viagem dão indício de improbidade”, que acompanhou a matéria de capa […]

Lancha Patrulha de Rio começa a operar na Tríplice Fronteira

No dia 31 de março, após uma travessia de seis dias navegando na calha do Rio Solimões, de Manaus a […]

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE