Home Aviação Naval Esquadrão VF-1 participa do Torneio de Defesa Aérea

Esquadrão VF-1 participa do Torneio de Defesa Aérea

446
16

CF Fonseca Junior, Maj. Brig Machado e oficiais do VF-1

O 1º Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque (VF-1) participou, pela primeira vez, do Torneio de Defesa Aérea (TorDefAe) 2010, que ocorreu entre os dias 16 e 19 de abril, na Base Aérea de Santa Cruz, da Força Aérea Brasileira (FAB).

O evento contou com a participação de todos os Esquadrões de Caça da FAB, os quais têm como cerne de sua missão a Defesa Aeroespacial.

O Esquadrão VF-1, juntamente com dois Controladores de Interceptação da Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA), participou de três das quatro modalidades do torneio, que foram constituídas das seguintes etapas: prova escrita de Normas Operacionais de Defesa Aeroespacial (NOSDA) para Pilotos e Controladores; Interceptação e Reposicionamento.

Na modalidade de Interceptação foram avaliados os seguintes aspectos: os tempos de decolagem de duas aeronaves a partir do acionamento em alerta a postos; da interceptação propriamente dita, partindo de um alerta em vôo; e da identificação da aeronave supostamente “hostil” com a execução de foto de identificação para apreciação dos juízes.

A prova de Reposicionamento se iniciou no pouso da primeira aeronave acionada para cumprir o alerta. A partir daí, o pessoal de pista teve o tempo máximo de 30 minutos para preparar a aeronave e deixá-la pronta para uma nova decolagem.

Além do estreitamento de laços, cada vez maior e mais necessário, entre Marinha do Brasil e Força Aérea Brasileira, a participação neste evento, de tamanha importância para o Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA), possibilitou ao Esquadrão VF-1 nivelar doutrina e trocar conhecimentos. Esta experiência também proporcionou notável crescimento profissional, por meio do contato direto com uma das atividades fins do nosso Esquadrão e com militares da FAB que, diariamente, executam, com eficiência, a missão de defender o Espaço Aéreo Brasileiro.

Oficiais do VF-1 BASC

Tripulação VF-1 TorDefAe

FONTE e FOTOS: ComForAerNav

NOTA do EDITOR: Falcões afiando as garras, Bravo Zulu VF-1!

16 COMMENTS

  1. Otimo! Quanto mais treinamento, melhor! Especialmente neste aspecto! As aeronaves da Marinha tem realmente de primar por um tempo de reacao bastante curto.

    “A partir daí, o pessoal de pista teve o tempo máximo de 30 minutos para preparar a aeronave e deixá-la pronta para uma nova decolagem”
    E quanto foi o tempo obtido pela equipe? E pelas outras equipes? Assumo que foi menor que 30 mins., mas gostaria de saber quanto cada grupo levou.

    Abs!

  2. Tomara que os falcões tenham em breve uma aeronave melhorada e quase à altura de suas missões…

    Alguém tem notícias de como anda, se anda, a modernização dos A-4?

  3. otima noticia, agora gostaria de ver exercicios de combate dissimilar entre os falcoes e os vetores da FAB, pois mesmo nao utilizando um aviao adequado para a missão, nao podemos esquecer que essa eh a funçao primaria do esquadrao

    Yluss,

    ate a ultima noticia que tive um aviao esta na embraer para ser usado como prototipo para a modernizaçao, mas quanto ao andamento dessa, nao sei muto

    abs

  4. Caros amigos, não sei ao certo mais acho que esste que estão voando já foram mordernizados. pois aqui mesmos em outros posts ouve epoca que nenhum estava voando , ai depois um comecou a voa en Natal/RN e depois apareceu mais 2 , por isso acho que já estão no padrão VF1M

  5. ola Gerson carvalho,

    de maneira alguma, nenhum foi modernizado ainda, voltaram a voar depois que os motores voltaram de israel (onde passaram por reparos), somente um falcao foi enviado a embraer para servir de prototipo para a modernizaçao, mas ainda esta muito longe de estar pronto, somente depois de definidos os padroes do prototipo e realizacao de exaustivos testes no mesmo, e for definido o padrao da moderzizaçao e o mesmo for concluido, ai eh que passarao a ser enviados os outros falcoes gradativamente ate a conclusao da modernizacao de todos, algo como :
    conclusao do prototipo – aproximadamente 2012 ou 13
    entrega dos primeiros falcoes modernizados- aprox. 2014

    so um detalhe:
    VF-1 eh o esquadrao e o aviao eh AF-1(monoplace) e AF-1A (biplace), entao nao existira VF-1M e sim AF-1M e AF-1AM

    Fernando,

    seria muito bom para o esquadrao uma participacao na cruzex e ate mesmo exercicio de combate dissimilar com outros vetores da FAB, como citei no meu post anterior

    me desculpem a ausencia de acentuacao, eh teclado gringo

  6. Muito boa essa troca de experiências entre as forças.

    Acho que seria legal se fosse possível que as duas forças tivessem a mesma formação mas com especializações diferentes, como na medicina, todos estudam o geral e depois fazem a especialização na área de atuação.

    Mudando de assunto foi uma das poucas vezes que os Mirage apareceram em fotos, bom ao menos deu para ver 4 lemes deles ehehe

    Grande Abraço

  7. Gostaria de saber pq VF-1, na FAB a nomeação de Unidades e muito simples de entender, GAvCa, GAe GTT, GT, ETA, 1º/10º GAv por exemplo e assim segue.

  8. Gerson,

    Infelismente ainda nenhum AF-1 foi modernizado.

    Como disse o colega Aircobra, o primeiro vetor ja está em mãos da Embraer, para servir como protótipo do programa de modernização dos demais. Muito provavelmente esteja desmontado, para que dessa forma os técnicos e engenheiros da Embraer possam avaliar o estado da célula, e ver como anda o desgaste das peças, possíveis pontos de ferrugem, ou mesmo micro fissuras. Só assim terão uma idéia de como mexer corretamente na aeronave……………

    Uma pena que apenas 12 aeronaves serão modernizadas, sendo 03 da versão bi-place e 09 monoplaces………

    abraços.

  9. Primo,

    Concordo contigo. Esta troca de experiências entre a MB e a FAB é de valia extrema para ambas, não só tática, mas tb Histórica, pois prova que o receio que uma tinha da outra até alguns anos atrás está sumindo.

    abraços.

  10. O MO TA CERTO!! SEJA NAVAL…. COMO NÓS DISSEMOS NA MARINHA EXISTE MUITO SAFA ONÇA… POR ISSU ESSA DEMORA NA MODERNIZAÇÃO…QUANDO FUI O ESQUADRÃO VF1 TINHA UMA BOA QUANTIDADE DE A4 PARADOS SEM MODERNIZAÇÃO ,ESSA MODERNIZAÇÃO TEM QUE SAIR PORQUE OLHA O DETALHE … O PA SÃO PAULO TA QUASE VOLTANDO PELO QUE FIQUEI SABENDO , AI FICARA NESSA SITUAÇÃO PA FUNCIONANDO CAÇAS PARADOS …. AI OQUE VAI EMBARCAR NO PA PARA EXERCICIOS ?… É GENTE NÃO DIGO Q TA NAHORA DE UM MOTIM POIS ISSU É CRIME MILITAR , MAS TA NA HORA DE ALGUEM FAZER ALGO PELO VF1 PORQ DAQUI HA UM TEMPO ELE NAO VAI SAIR NEM DO CHÃO …..OBS: SEI QUE TEM ALGUNS A4 FUNCIONANDO , MAIS NÃO QUERO QUE ELES VIREM NOTICIAS TRAGICAS SEM MODERNIZAÇÃO ELES ESTAO COM A VIDA UTIL QUASE ACABANDO…

  11. Apesar de bastante gente achar que não, acho que o VF-1 tem muito o que oferecer à MB.

    Saber como usar, e usar até o “talo”, estes aviazinhus, vai acrescentar bastante à força.

  12. claudio(rj) disse:
    2 de maio de 2010 às 10:14
    Gostaria de saber pq VF-1, na FAB a nomeação de Unidades e muito simples de entender, GAvCa, GAe GTT, GT, ETA, 1º/10º GAv por exemplo e assim segue.

    Cláudio,

    Na minha opinião na Marinha é ainda mais simples. “V” siginifica aVião de asa fixa, ao passo que “H” significa helicóptero. Tradicionalmente os esquadrões da MB são nomeados assim. Primeira letra significando o meio “V” (avião) e a segunda a sua missão “F” (figther – inteceptação). O 1 é porque é o primeiro esquadrão. Outros exemplos: HA-1: 1.o Esquadrão de Esclarecimento e Ataque, HI-1: 1.o Esquadrão de Instrução.

    Abraços.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here