Home Estratégia Typhoons em operação até 2019

Typhoons em operação até 2019

553
34

typhoon1

A Rússia deverá manter os submarinos nucleares  estratégicos da classe Typhoon (projeto 941) até 2019, de acordo com a declaração do Comandante da Marinha russa  na última  sexta-feira.

Os submarinos da classe Typhoon entraram em serviço Marinha Soviética nos anos 1980. Três dos seis navios construídos ainda estão em uso.

typhoon-surfaced

“Eles  permanecerão em operação até 2019, devido ao potencial de modernização “, disse o Almirante Vladimir Vysotsky .

O Dmitry Donskoy – TK 208, foi modernizado como uma plataforma de teste para os novos misseis balísticos SS-NX-30 Bulava. Testes de lançamento foram realizados entre outubro e dezembro de 2005. Os outros dois submarinos remanescentes, e presentemente na reserva, o Arkhangelsk – TK 17 e  Severstal – TK 20, estão aguardando modernização na Base Naval de Severodvinsk, norte da Rússia, incluindo a adaptação para lançamento dos misseis Bulava.

typhoon-941-line

Nome

Batimento de Quilha

Lançamento

Comissionamento

Status

Dmitriy Donskoy – TK 208

30.06.76

27.9.80

29.12.81

Comissionado

TK – 202

22.04.78

23.09.82

28.12.83

Desativado em  junho de 1999 , desmontado20 03-2005

Simbirsk – TK – 12

19.04.80

17.12.83

26.12.84

Desativado em 1996, desmontado 20 06-2008

TK – 13

23.02.82

30.04.85

26.12.95

Desativado em 1997, desmontado em 2007-2009

Arkhangelsk – TK – 17

09.08.83

12.12.86

15.12.87

Na reserva

Severstal – TK-20

27.08.85

11.04.88

19.12.89

Na reserva

TK – 210

1986

1990

 

Nunca completado, desmontado em 1990

typhoon6

FONTE: Shipping news clippings 130- 10/05/2010

34 COMMENTS

  1. Isso sim é uma arma de dissuassão!!!

    É impressionante o tamanho e os armamentos dessa máquina mortífera.

    Sds.

  2. Alguém aqui sabe por acaso se este é o submarino retratado no filme “Outubro Vermelho”? Obrigado antecipadamente por qualquer esclarecimento.

  3. É esse mesmo Excel, a não ser que eu esteja enganado, o projeto do Bulava é meio controverso, ele teve muitas falhas nos testes, saiu muito, mas muito mais caro que a previsão original, e ainda assim, não era tão superior ao seu antecessor.
    Pergunta: que classe ira substituir os Typhoona em 2019?

  4. Caçada ao outubro vermelho, passou esta madrugada no canal Megapix, como tenho insônia de domingo pra segunda assisti…..

    Estes submarinos são maquinas maravilhosas sem duvida. Pelo seu tamanho, pelo seu simbolismo de uma era passada.

    Agora como maquinas de guerra sempre preferi os Ohio, estes vão verdadeiras esculturas hidrôdinamicas com propulsão mono eixo.

  5. O filme “Caçada ao Outubro Vermelho”, mostra bem o quanto os americanos desconheciam, a forma dos russos encararem o submarino transportador de mísseis nucleares balísticos.

    Os eslavos não pensavam em ter os seus submarinos vagando pelos oceanos, mas sim, próximos, pousados no fundo do Oceano Ártico. Por isto, eles possuem o casco muito largo, chato no fundo e acima, com os mísseis colocados à vante e torre característica, como se fosse uma portuberância do solo marinho (tal qual lava solidificada).

    Mesmo assim, os gigantescos submarinos, com eixos duplos, eram relativamente silenciosos para o seu tamanho, pois tinha uma assinatura equivalente aos transportadores americanos da Classe LaFayette.

    A manutenção dos gigantescos submarinos, caríssimos de serem mantidos, se dá pelos atrasos do programa Bulava. Mantém-se com estes mastodontes, o comprovadíssimo Sineva.
    Quanto aos problemas enfrentados pelo Bulava, a queridíssima Elisabeth Koslova, talvez, possa nos dar alguma luz. Podes?

  6. Vão manter eles em operação até 2019 por causa das possibilidades de modernização????????

    fala sério, quem seria doido de hoje (2010) encomendar a modernização de três mastodontes como estes para depois, operarem eles somente até 2019???????? pura conversa pra boi dormir……….

    Pensem bem: se, na melhor das hipóteses, os russos resolvessem neste ano modernizar os três sobreviventes, o tempo necessário para que o primeiro saisse do estaleiro em uma versão Typhoon Mod seria de no mínimo 4 anos………. e este tempo se aplica para o Dmitriy Donskoy TK-208, mas isso implicaria na total paralização dos testes do SLBM Bulava, atrasando ainda mais o cronograma deste míssil.

    Os dois restantes, o Arkhangelsk TK-17 e o Severstal TK-20, ambos na reserva, teria que incluir na conta o tempo necessário para torna-los novamente operacionais.

    Nessa eu não acredito………

    Abraços.

  7. Ovi

    quem é o doido ? o tal de Almirante dos cara

    Sobre oTK 17 and 20, quem de nos sabe qual o estado real que estão ? bem, mais ou menos ou avacaiado ? eim, no momento vc não pode afirmar com estilo de muito custoso seu condicionamento para voltar a ativa

    Quem garante que eles não estão em RRF

    Abs
    MO

  8. Para mim o mais fantástico submarino de todos os tempos… Imagino o que se passou na cabeça dos comandantes da OTAN e Americanos em 1980 quando souberam deste monstro…

  9. “Quanto aos problemas enfrentados pelo Bulava, a queridíssima Elisabeth Koslova, talvez, possa nos dar alguma luz. Podes?”

    Até comecei a escrever um artigo sobre o Bulava, mas a preguiça foi mais forte e parei na pagina 3…rs

  10. Caros

    Ano de construção – 1982
    Comprimento – 175 metros
    Largura – 22,8 metros
    Tripulação – 163 pessoas
    Altura – 12 metros

    A gigantesca dimensão dos Typhoon, é resultado da necessidade de acomodar os mísseis SS-N-20 com 16 metros de comprimento.
    capaz de alcançar 8300 km de distancia e lançar 10 ogivas MIRV (veículos múltiplos de reentrada independentes do alvo) de 100 Kt (Kilotons) cada.

    Êta poder de destruição
    Apesar de grande altamente silencioso, com casco de cinco camadas.

    Abs

  11. SÓ SEI QUE DOIS DESSE EM 06/08/09 APARECEU NA COSTA DOS ESTADOS UNIDOS CARREGADOS COM O OGIVAS NUCLEARES OU SEJA A RUSSIA ACORDOU NÃO ESTA COM BRINCADEIRA.
    È MELHOR O TIO SAM FICAR DE OLHO EM PUTIN O HOMEM MÃO DE FERRO DA RUSSIA FOI TENENTE CORONEL DA KGB, ELE SABE QUANDO TEM QUE JOGAR.

  12. MO disse:

    Simples,

    fizeram os Ohio, que dão de 10 nos Akulas (941)

    Acho que estas um pouco equivocado meu caro!!!

  13. “Simples,

    fizeram os Ohio, que dão de 10 nos Akulas (941)”

    -> Isso é o que dá ficar assistindo History Channel e Discovery demais!

  14. 18 Ohios foram construidos e todos continuam em serviço até hoje,
    4 deles convertidos para SSNG. Quantos Typhoons permanecem em serviço mesmo??

    Os Ohios , apesar de menores, transportam 24 misseis enquanto que
    os Typhoons transportavam 20 e o enorme missil SS-20 nunca foi considerado superior aos Tridents D-2.

    Por ter duas tripulações os Ohios permanecem mais tempo no mar
    enquanto os Typhoons com apenas uma tripulação permaneciam mais tempo no porto.

    O Typhoon foi contraproducente , mas ao menos os sovieticos puderam gabar-se de ter construido o maior submarino de todos os tempos assim como os japoneses puderam gabar-se de ter construido o Yamato, que também passou grande parte de sua vida não fazendo nada!

    Os sovieticos foram mais felizes com seus “Deltas” que continuam sendo a espinha dorsal de sua força de SSBNs e que serão substituidos pelos “Boreis” um projeto bem mais sobrio.

  15. nossa, ta bravo a coisa

    Ricardo, que GRITOU e falou abobrinha, quem aparceu foram Akulas II (Projeto 971), caçador-matador e não o SSBN

    Leonardo e Pedro, sem tretas, se vcs acham os Typhoon melhores, beleza, não dicuto, mas sem ver discovery ou wikipedia, fico com Ohio, os fatos and performance que o digam

    Apesar de jamais querer ver ambos em ação

    MO

  16. Mo

    Não interessa qual classe foi, más com esses missieis faz um grande buraco no colo do Obama e seus Generais.

  17. Ah, não interessa, ah claro é a bangu mesmo né, e alem do que então pq vc falou que foram ‘dois destes’ ?

    incoerencia, no minimo, né ?

    MO

  18. Nossa vocês tem informações secretas dos EUA e dos Russos?

    é difícil saber a real capacidade de certas armas, ainda mais submarinos estratégicos.

    Ricardo, fiquei sabendo de umas visitas Russas aos EUA, mas não sei se é verídico.

  19. Pessoal,

    Vcs deram de acreditar em infográficos liberados na net, não se sabe por quem, sobre as capacidades ofensivas e defensivas dos submarinos que equipam as marinhas de primeira categoria, é?????????????

    infograficos do tipo: este sub produz X de ruido, portanto sendo inferior ao seu equivalente que foi construído no outro lado do planeta. Este, por sua vez, produz 0,5X…….

    Isso só fica bonito no papel……………

    hoje sou eu que estou azedo……………

    abraços.

  20. A realidade é que apenas 7 Deltas IV foram cosntruidos e 6 deles foram completamente modernizados para estender suas vidas uteis até mais ou menos 2020.

    Outros 3 Deltas III continuam em serviço dos quais 2 deles estão no fim de suas vidas uteis e apenas um Typhoon está operacional, mas servindo para testar os novos e problematicos misseis Bulava.

    Quanto aos 2 SSNs que surgiram na costa leste americana, apesar de alguns acharem que causaram panico no Pentagono e diversos SSNs classe Los Angeles terem sido enviados para segui-los e que foram miseravelmente ludibriados…calma lá!

    A maior surpresa foi que há mais de 15 anos não se viam submarinos operando tão distante de suas bases, estes porém se mantiveram fora da ZEE americana e foram monitorados e reconheceu-se como direito deles, afinal, os SSNs americanos fazem a mesma coisa, senão, “pior”.

    Estes 2 SSNs provavelmente representavam metade de todos os SSNs
    russos no mar naquele momento, pois restaram apenas 14 no inventário russo e devido a manutenções e falta de verbas, ter 4 no mar ao mesmo tempo já seria um grande feito.

    Os russos não conseguem desmantelar seus proprios submarinos nucleares sozinhos, e com medo de um desastre varias nações incluindo os EUA estão auxiliando no desmantelamento de dezenas de submarinos.

    A Russia ainda é uma grande nação, porém está diminuindo o tamanho de suas forças armadas e ao mesmo tempo tenta torna-las mais eficientes, mas eventualmente, “eles” precisam mostrar ao mundo que estão vivos , o que é normal.

  21. Rafael disse:
    10 de maio de 2010 às 17:41
    É esse mesmo Excel, a não ser que eu esteja enganado, o projeto do Bulava é meio controverso, ele teve muitas falhas nos testes, saiu muito, mas muito mais caro que a previsão original, e ainda assim, não era tão superior ao seu antecessor.
    Pergunta: que classe ira substituir os Typhoona em 2019?

    Chama-se BOREI CLASS o substituto destes maravilhosos meios de dissuasão e destruição, certamente esta nova não terá a capacidade de atacar e destruir com ogivas dez vezes mais potentes daquelas de Hiroshima 200 cidades como o Thyphon, mas já deu provas no mar de ser um osso duro !!! Sim, já esta no mar esta classe de submarinos BOREI.

    Valeu !!

  22. Galileu

    A Marinha Russa deu algumas voltas no Atlantico sim, quando o Tio Sam reativou a quarta frota.
    Ai a Russia deu a resposta, o jogo só está começando.

  23. Dalton,

    Os russos estão dimensionando suas FFAA para o tamanho da economia doméstica russa.
    É o correto.

    Já o portento norte-americano é mantido pelos papéis emitidos pelo tesouro dos EUA, para financiar o déficit crônico dos yankees (papéis estes, dos quais nós também somos compradores). O dia que a sinergia pérfida EUA-China, não for mais do interesse oriental, o “mundo acaba”.
    Não quero estar aqui para ver… 1929 será fichinha!

    Detalhe: O Dragão começou a vender os títulos…

  24. ILYA

    Vc está correto.

    Na verdade o Federal Reserve é maior banco privado da America o dono se Chama David Rockefeller se eu estiver correto ou seja ele banca todo o poderio militar americano.
    O Governo Americano tem que pagar pra ele para ter dolar, os Estados Unidos é o pais mais individado do mundo.

  25. Os Typhoons são o perfeito exemplo da capacidade soviética e russa de construção de naves de guerra de primeira qualidade !
    É comum alarmistas fazerem escandalo de Fim dos tempos e de Fim da Russia toda vez que alguém derruba uma xícara de café num navio russo. Estranhamente acontecem acidentes em proporções idênticas em todas as marinhas do mundo e ninguém fala nada.
    Acho que os Typhoons devem ser modernizados e mantidos, mesmo que na reserva, até depois de 2020, pois as possibilidades de modernização são imensas.
    Um Typhoon sozinho é uma arma de guerra formidável, um deles por si só altera toda a geopolítica mundial. Tal como o Tirpitz fazia em 1944, a capacidade de reter uma esquadra inimiga superior em número já é uma grande vantagem.
    Os Typhoons sempre manterão os inimigos da Russia atentos e preocupados. Podem destroçar sozinhos nações inteiras. E a OTAN NÃO SABE COMO ENCONTRÁ-LOS NO MEIO DO OCEANO !!
    ” Ai mas os computadores russos não são tão bons” . AH É ? Quem disse isso ? A CIA ? A DELL ??
    Mesmo na reserva essas belezas de primeira magnitude devem ser respeitadas e bem cuidadas. Pois em caso de guerra , se a Rússia lança um desses, alguém vai perguntar, num país inimigo : ” E agora ??”

  26. Não defendo este ou aquele mas olhem esta:

    Da famosa série: quando é conveniente citam os seus profetas e quando também o é se esquecem deles…

    “O filme “Caçada ao Outubro Vermelho”, mostra bem o quanto os americanos desconheciam, a forma dos russos encararem o submarino transportador de mísseis nucleares balísticos.”

    Ah sim agora a “U.S. Navy” já pode dormir sossegada sabendo que hollywood substituiu com muito mais méritos a Cia, a NSA etc.

    Avisem “a todos” que é apenas um filme!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here