Home Sistemas de Armas Quem não tem ‘Burke’, caça com ‘Barroso’

Quem não tem ‘Burke’, caça com ‘Barroso’

349
13

Barroso V34 - 1

vinheta-destaqueNeste post, fotos inéditas da corveta Barroso (V34), a mais nova escolta da Marinha do Brasil, feitas por nosso editor Guilherme Wiltgen. Inúmeros detalhes podem ser observados e discutidos pelos leitores mais interessados.

Para quem não conhece, a Barroso é uma evolução das corvetas da classe “Inhaúma”, das quais a Marinha planejava inicialmente construir 16 unidades, mas acabou construindo apenas 4 navios.

A CV Barroso demorou cerca de 14 anos para ficar pronta, por causa da falta de recursos para terminá-la. O navio custou cerca de 260 milhões de dólares.

Para a missão que foi projetada, escolta aproximada e afastada do litoral, com capacidade antinavio, antissubmarino e antiaérea (de ponto), o navio é adequado, mas o Brasil precisava construir pelo menos mais três unidades do tipo, para criar alguma escala de produção para os sistemas nacionalizados.

Mas a demora na prontificação e a evolução tecnológica no período, provavelmente deixarão a classe com apenas um navio. O que é uma pena.

A Barroso divide opiniões, muitos acham o navio válido (opinião deste editor), outros pensam que não vale muito a pena investir em escoltas com esta tonelagem, alegando que são navios muito leves e não têm “endurance”. De fato, as “Inhaúma” são navios que jogam muito e a mudança no desenho da proa da Barroso foi justamente para evitar o problema de embarque de água na proa. Acreditamos que a estabilidade na Barroso tenha sido melhorada.

Barroso V34 - 2

Barroso V34 - 3

Barroso V34 - 4

Barroso V34 - 5

Barroso V34 - 6

Barroso V34 - 7

Barroso V34 - 8

Barroso V34 - 9

FOTOS: Guilherme Wiltgen

SAIBA MAIS:

13
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
MOhammerWiltgenRodrigo RautaMV Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Luiz Padilha
Visitante
Member
Luiz Padilha

Lindas fotos!
BZ Guilherme.

Depois que ela voltar da Africa, poderemos fazer algo bem bacana nela.

Rodrigo Rauta
Visitante
Rodrigo Rauta

Belo Navio!
Tb acho a Barrosouma boa opção para completar as escoltas maiores, somente com uma melhoria no armamento AA. Tem um bom deslocamento para um navio do seu porte (corveta) e parece que se comporta bem melhor que as irmãs mais velhas em relação as capacidades marinheiras. Uma pena ter demorado tanto a ficar pronta.
Mas vamos ver, em relação a reequipação da MB, eu espero tudo e a opção por mais Barrosos pode vir ser pensada, caso a aquisição de novas unidades não seja em numero suficinete pra substituir os navios hj em serviço.

Abraços

Rodrigo Rauta
Visitante
Rodrigo Rauta

Outra coisa, os lançadores de MM-40 mudaram? Os que estão instalados na barrosos são diferentes dos que equipam as “Niteroi”. Ou seria outro missel anti-navio?

Abraços

Marcos
Visitante
Marcos

Belíssimas fotos!! Penso que o Governo deveria apoiar a construção de mais unidades, para não perdermos a experiência e a evolução que ganhamos com o projeto, mesmo que os preços sejam mais altos que soluções importadas. Não se pode ter uma defesa nacional decente a “toque de caixa”… Abraços a todos…

Marcos
Visitante
Marcos

… outra coisa… alguém sabe se a Barroso já está totalmente equipada? Quais armamentos antisubmarino e antiaéreo ela carrega?

Luiz Padilha
Visitante
Member
Luiz Padilha

“Outra coisa, os lançadores de MM-40 mudaram? Os que estão instalados na barrosos são diferentes dos que equipam as “Niteroi”.

Exocet Block 2

MV
Visitante
Member
MV

O problema de jogo e proa baixa das classe inhauma deu-se, emtre outros, pela alteração do projeto com a inclusão do canhão.

Não se enganem, a Barroso apresenta muitos defeitos e remendos no projeto. É claro que a construção de mais unidades seria desejavel,
Nem a MB acredita que teremos mais BARROSO – com isso o navio fica sendo único, resultando em problemas diversos, quanto a ermprego, manutenção e logisticos.

Rodrigo Rauta
Visitante
Rodrigo Rauta

Mas as “Niteroi ja não eram equipadas com o Block 2? Se não, há previsão de instalação?

Abraços.

Luiz Padilha
Visitante
Member
Luiz Padilha

Esses lançadores podem lançar o Block-3 também, mas precisam estar integrados. Não é o caso aqui.

Wiltgen
Visitante

AFI Padilha!

Abraços,

hammer
Visitante
hammer

Durante a viagem dela à África faremos algo legal com ela! 😉

Galante, Poggio, Amigos,

Estarei neste dia 18 embarcando para Walvis Bay para embarcar nas Barroso no trecho entre a Namíbia, Angola, Guiné Equatorial e São Tomé e Principe. Quem tiver perguntas sobre o navio e sobre a missão, basta me mandar por e-mail que eu incluo na reportagem!

[]s Felipe Salles ([email protected])

Mais algumas fotos da Barroso em sua partida neste sábado passado.

http://www.alide.com.br/joomla/index.php/component/content/article/75-extra/1378-cv-barroso-parte-para-a-africa

MO
Membro

Felipe, se não se importar poderia tirar umas fotos de Malabo na Guine Equatoriençe e de São Tomé, em Saint Thome and Prince, tenho grande curiosidade por estes locais l 8-P

Os Guinelico Equatorienses e os So acredito Vendo reais são Afriquenses cabulosos

Abs, boa vgm/comissão
MO

hammer
Visitante
hammer

Deixe comigo!

Ainda estou aguardando as perguntas cabeludas deste tão egrégio grupo! 😉

[]s Felipe