Home Operações Especiais Marinha do Brasil simula ocupação e defesa no porto de Paranaguá

Marinha do Brasil simula ocupação e defesa no porto de Paranaguá

131
3

vinheta-clipping-navalA Marinha do Brasil realiza, nesta quinta-feira (17), a última etapa do Interportex S-I/2010, exercício militar de ocupação e defesa de área portuária, no Terminal de Contênieres de Paranaguá (TCP). Mais de 100 militares participam das atividades que simulam situações fictícias, como tentativas de infiltração ou invasão no porto paranaense.

Além de colocar em prática as medidas de segurança previstas em plano de operação, o treinamento avalia o sistema de segurança já empregado. “Com isso, demonstramos que a Marinha do Brasil está pronta para atender a situações hostis e temos a oportunidade de verificar e aprimorar os planos de segurança do TCP e do Porto de Paranaguá. Também podemos atualizar os planos de segurança da Marinha, que tem a missão constitucional de manter a operacionalidade dos portos nacionais”, explica o capitão dos Portos do Paraná, Capitão-de-Mar-e-Guerra Marcos Antônio Nóbrega Rios.

As simulações usam lanchas, navios e viaturas e contam com a atuação conjunta do pelotão de Fuzileiros Navais, vindo do Comando do 5º Distrito Naval. Estão sendo fiscalizados portões de acesso, equipamentos e veículos e, também, verificados documentos de todas as pessoas que entram ou saem do terminal portuário. As operações do TCP permanecem sem alterações.

O último exercício deste tipo realizado em Paranaguá aconteceu em agosto de 2008, quando os militares tiveram a missão de ocupar e manter a operacionalidade do Terminal de Combustíveis da Petrobrás. “Estas simulações são importante para garantir a segurança não só das operações, mas de toda a comunidade do Litoral. A preocupação com as pessoas tem direcionado a atuação da Marinha Brasileira e também da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa). A garantia de segurança e tranquilidade faz parte da nossa missão”, explica o superintendente da autarquia, Mario Lobo Filho.

FONTE/FOTO: Agência de Notícias do Estado do Paraná

3 COMMENTS

  1. O nosso e pouco visitado pelos navios de grande porte da MB,não me lembro a ultima vez que uma fragata ou submarino esteve por esses lados,o que é uma pena pois geralmente eles abrem para visitação do publico,e gostaria de levar minhas filhas para conhecer essas maravilhas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here