Home Noticiário Nacional ‘Imperial Marinheiro’ e ‘Benevente’ em São Francisco do Sul (SC)

‘Imperial Marinheiro’ e ‘Benevente’ em São Francisco do Sul (SC)

184
1

Navios estarão abertos à visitação pública

Dois navios da Marinha do Brasil poderão ser visitados pelo público no porto de São Francisco do Sul (SC) no sábado e domingo (26 e 27), das 14h às 17h20.

O primeiro é a corveta Imperial Marinheiro, com 60 metros de comprimento, 9 metros de boca e 4 metros de calado.

O segundo é o navio patrulha Benevente, com 50 metros de comprimento, 10,50 de boca e 4 metros de calado.

As informações são da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional – Joinville e foram enviadas ao Correio do Litoral.com pelo asssitente da preidência do Porto de São Francisco do Sul, Carlos Alberto Ferreira Dias.

A Corveta Imperial Marinheiro – V 15, terceiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem aos marinheiros-nacionais. As Corvetas classe Imperial Marinheiro foram idealizadas e mandadas construir pelo Almirante Renato de Almeida Guillobel, em sua gestão à frente do Ministério da Marinha.

Foi construída pelo estaleiro C.C. Sheepsbower & Gashonder Bedriff Jonker & Stans, em Rotterdam, Holanda. Teve sua quilha batida em 26 de outubro de 1953, lançada ao mar em 19 de novembro de 1954 e incorporada em 18 de junho de 1955, em Rotterdam). Naquela ocasião, assumiu o comando, o Capitão-de-Corveta Maurílio Augusto da Silva.

As corvetas classe Imperial Marinheiro foram originalmente concebidas, como navio guarda-costas, rebocador, mineiro e varredor. Já nos anos 1990, as unidades remanescentes mantinham apenas as características de unidade de patrulha (guarda-costas) e salvamento (rebocador). Seus trilhos para lançamentos de minas e paravanas de varredura não existem mais a bordo.

Atualmente a maior restrição das corvetas nas missões de patrulha é a sua baixa velocidade em relação às velocidades atuais dos navios mercantes. A corveta tem uma velocidade máxima mantida de apenas 12 nós.

O Navio Patrulha Benevente – P 61, ex-HMS Blackwater – M 2006, é o segundo navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil. Foi construído pelo estaleiro Richards Shipbuilders Ltd., em Great Yarmouth, Grã-Bretanha. Foi incorporado a MB em 10 de julho de 1998, na Base Naval de Portsmouth, Inglaterra.

FONTE:
Correio do Litoral.com

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
V.T.G. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
V.T.G.
Visitante
V.T.G.

Nada de fotos!? Que pena!