Home Aviação Naval Primeiro C-1A Trader da Marinha será entregue em dezembro de 2011

Primeiro C-1A Trader da Marinha será entregue em dezembro de 2011

610
4

Em sua mensagem de final de ano, o Comandante da Marinha informou que a entrega da primeira aeronave C-1A TRADER modernizada pela Marsh Aviation, na configuração COD/REVO, ocorrerá em dezembro de 2011;
O CM informou também o recebimento, em abril de 2012, de 4 Helicópteros de Múltiplo Emprego S-70B “Sea Hawk” e a entrega, em março de 2011, da primeira das 16 aeronaves EC 725, “Super Cougar”.

O C-1 Trader é a versão de transporte de passageiros e carga do famoso S-2 Tracker, que já foi operado pela Força Aérea Brasileira.

O Trader original podia levar até 9 passageiros ou cerca de 3.800kg de carga. Foram fabricados 87 aviões para a Marinha dos EUA e o último deixou de voar em 1988.

O C-1 equipado com piloto automático era considerado uma aeronave para voo em qualquer tempo. Era usado também como treinador multimotor, para qualificação de pilotos.

No Brasil, os Trader remotorizados com turboélice, serão usados para o transporte de pessoal e carga entre o NAe São Paulo e bases em terra, além de serem empregados no reabastecimento em voo dos jatos AF-1 Skyhawk do Esquadrão VF-1.

Na foto abaixo, um S-2 Turbo Tracker modernizado pela Marsh Aviation, com configuração semelhante à programada para os C-1 Trader da MB.

4
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Mauricio R.YlusspjmsvoleiRodrigo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Como diria a grande Regina Duarte..

Eu tenho medo.

pjmsvolei
Visitante
pjmsvolei

Mais uma vez a MB trabalha em silêncio.Acredito que quando o primeiro trader chegar, ainda não teremos pronto nenhum AF-1 modernizado. Este avião deve ter a sua importância para a MB, se não não estariam gastando tanto dinheiro em um avião aposentado.

abc

Paulo

Yluss
Visitante
Yluss

Lendo esta notícia e assistindo os vídeos sobre ASW abaixo, tive a sensação de estarmos vivendo “Nimitz volta ao inferno”, ou pior, uma pequena parte dele apenas.

Por outro lado, se essas aeronaves vão trazer maior prontidão operacional, são bem vindas 🙂

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

Pela coleção de asneiras que a MB está fazendo, somente trabalhando em silêncio.
Empenharam as calças em submarinos e helos franceses de eficácia duvidosa, e agora estão aí tapando o sol c/ essas sucatas.