sábado, junho 19, 2021

Saab Naval

Primeiro navio porta-contêiner do país chega a Suape na quarta-feira

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O primeiro navio porta-contêiner do país, construído com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), aportará no Complexo de Suape amanhã, quarta-feira (8). Esta é a primeira escala que o navio Log-In Jacarandá faz na região Nordeste. O navio entrou em operação no início de maio no Terminal de Vila Velha,  no Espírito Santo, partindo em direção ao Porto de Santos, e depois seguiu para a região Sul. Após a escala em Suape, o navio seguirá para os portos de Pecém (CE) e Manaus (AM).

O Log-In Jacarandá é o primeiro navio porta-contêiner construído no Brasil em 20 anos. A embarcação faz parte de uma encomenda de sete navios que a Log-In tem com o Estaleiro Ilha–Eisa, localizado no Rio de Janeiro.

No total, são cinco navios do tipo porta-contêiner e dois graneleiros. O investimento da Log-In na construção dos navios é de cerca de R$ 1 bilhão, financiado com recursos do Fundo da Marinha Mercante (FMM) e tendo o BNDES como agente financeiro.

Segundo Vital Jorge Lopes, diretor-presidente da Log-In Logística Intermodal, a cada viagem será possível retirar das estradas brasileiras cerca de 2,8 mil caminhões, por ser mais eficiente energeticamente e por ter uma grande capacidade de carga.

Durante dois anos, cerca de três mil trabalhadores participaram da construção do navio, que tem capacidade para transportar 2.800 TEU’s (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés) ou cerca de 38 mil toneladas de porte bruto. O Log-In Jacarandá pesa cerca de 10 mil toneladas vazio e pode chegar a 47 mil toneladas carregado. Possui 218,45m de comprimento total, 29,80m de boca (largura), 11,60m de calado máximo e velocidade de 20 nós (no calado de projeto de 10,60m).

FONTE: Diário de Pernambuco(PE)

- Advertisement -

7 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
MO

primeiro porta container construido em 20 anos … ahcah .. eh sim .. oh ….

NÃO, NÂO EH NÃO !!!!!!!!!!!!!

Foi sim, construido após alguns anos dos últimos construídos,, mas não o 1o (como da a entender) e sim os últimos foram em 1993 (F/C)

MO

sim e não, pq em ambos os casos, 1993 e agora sao projetos alemães e de badeira e propriedade alemon ico/brasiliense (os de 1993)…. meramente montamos os navios e outra uma classe “montada” para apenas 3 navios …. Log Jacaranda Log Jatobá Log Jequitibá o negocio vai ser o dia que projetarmos e fizermos 40, 50, para nós e exportação, ai sim, mas … ta dificil de chear este dia em miudos = Que bom = fizeram novos, bem mais rapidos que o papo furado de construção naval da petrobras, lembram, cade o JC, o “suprassumo” da construção naval (kkkk)… Read more »

Antonio M

Levando em conta outros tipos de produção e produtos, o que foi gasto nesse seria equivalente aos que são feitos em outros países?

Meu receio é o superfaturamento….

Fernando "Nunão" De Martini

Agora há pouco, na hora do almoço, vi uma chamada do Globo Mar Pra quem não sabe, o programa passa na rede Globo, quintas-feiras à noite, uns três programas depois da novela das 21h, imediatamente antes do telejornal onde normalmente tanto os apresentadores quanto o público já estão com cara de sono. Pelo que entendi, o Log Jacarandá será o tema do programa desta quinta. Apesar de ser um programa bem curto e que talvez justamente por isso não chega (com o perdão do trocadilho) à profundidade que poderia chegar, gosto muito da iniciativa do Globo Mar, já na sua… Read more »

MO

Nso tenho esta info Antonio

Não saberia lhe dizer

o ponto positiov é que sa construção para os padrões brazucas foi surpreendemente rapida

GUPPY

“Segundo Vital Jorge Lopes, diretor-presidente da Log-In Logística Intermodal, a cada viagem será possível retirar das estradas brasileiras cerca de 2,8 mil caminhões, por ser mais eficiente energeticamente e por ter uma grande capacidade de carga.”

Espetacular I

“Durante dois anos, cerca de três mil trabalhadores participaram da construção do navio,…”

Espetacular II

Abs

- Publicidade -

Reportagens especiais

Entrevista com Ronaldo Schara, ex-comandante do submarino Amazonas (S16)

Em 1984, o comandante do submarino Amazonas (S16), um exemplar da classe Guppy III, recebeu de presente uma maquete...
- Advertisement -