O chefe da delegação da Rosoboronexport (agência russa de exportação de armamentos), Oleg Azizov, disse que a Rússia vai fornecer ao Vietnã seis submarinos classe Kilo 636-MV, de propulsão diesel-elétrica. A declaração sobre a assinatura do contrato foi feita na feira naval IMDS-2011 de São Petersburgo (International Maritime Defense Show), Além da entrega prevista para 2014, não foram fornecidos mais detalhes sobre o negócio.

Segundo informe da RIA-Novosti, a classe Kilo é equipada com seis tubos de torpedo de 533mm, tem um deslocamento de 2.300 toneladas e atinge uma profundidade máxima de 350 metros. Ainda segundo a RIA-Novosti, pelo menos 29 submarinos da classe Kilo foram exportados para a China, Índia, Irã, Polônia, Romênia e Argélia.

FONTES: Thainniennews e RIA-Novosti

Tags: , , ,

QUEM É Fernando "Nunão" De Martini

Veja todos os posts de Fernando "Nunão" De Martini

2 Comentários para “Vietnã assinou contrato para seis submarinos classe Kilo 636-MV”

  1. Mauricio R. 9 de julho de 2011 at 13:24 #

    Nada como o dragão fazendo borbulhas debaixo d’água, p/ os vizinhos se mexerem.
    Aliás, China Índia, Paquistão, Vietnan, Malásia, tdo mmundo se mexendo atrás de algum submarino.
    Virou tendência, virou moda.

  2. Wagner 9 de julho de 2011 at 17:00 #

    Isso aí, continuem se armando…

    Todos ganharão submarinos, relaxem, nossos estaleiros darão um jeito… só passem a grana !!

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk !!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Portugueses ampliam força de patrulha e esquecem o ‘Siroco’

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A Marinha de Portugal receberá em março quatro navios porta-mísseis de patrulha costeira usados, de 450 toneladas, classe Flyvefisken dinamarquesa, […]

Brasil oferece simulador naval à Marinha de Moçambique

simulador naval LAAD 2013

O Brasil ofereceu à Marinha de Moçambique um Simulador de Manobras Navais, através da embaixadora brasileira no país, Lígia Maria […]

Gigantes ficam de fora de licitação da Marinha

SisGAAz

Sergio Barreto Motta Todos os dias, os jornais mostram denúncias, acordos, vetos e muito mais, em meio à Operação Lava […]

Flotilha Guarda-Costas cubana aceita cooperar com Guarda Costeira dos EUA

Cuba

Mais de 55 anos depois de as suas Marinhas terem feito seu último contato, os governos de Washington e de […]

Navantia espanhola cria filial no Brasil visando contratos de renovação da MB

Fragata Cristobal Colon - classe F-100 - em dique - foto Navantia

A empresa espanhola Navantia da área naval divulgou nota da Europapress na segunda-feira, 26 de janeiro, informando que iniciou processo de […]