Home Noticiário Internacional F-35C completa testes com defletores em terra

F-35C completa testes com defletores em terra

192
1

Usando  a aeronave de testes CF-2, a equide de ensaios do programa F-35 da Naval Air Station Patuxent River colaborou com a equipe de engenharia de lançamento e recuperação de aeronaves na base conjunta de McGuire-Dix-Lakehurst para realizar o primeiro teste utilizando o defletor de jatos, no último dia 8 d ejulho.

Durante o teste foram coletados dados sobre os efeitos dos gases de exaustão do motor do F-35C  sobre um defletor típico dos porta-avioes norte-americanos e também dos componentes do convoo no entorno do defletor. Foram medidos parâmetros como temperatura, níveis de pressões, som e velocidades com o propósito de coletar dados ambientais e validar um modelo de configuração de dissipação de calor no defletor.

“Da perspectiva da aeronave, o teste passou sem problemas”, disse Tom Briggs, engenheiro senior da aeronave.

Cada porta-aviões da classe Nimitz tem um defletor para cada uma das suas quatro catapultas. O tamanho, a configuração de dissipação de calor e o  ângulo de elevação dos defletores de cada uma das quatro catapultas varia um pouco e, por este motivo, a equipe de testes teve que repetir várias vezes para simular as diferentes situações, incluindo decolagens com potência militar e uso limitado de pós-combustor.

“Aprendemos muito e nossas capacidades técnicas expandiram-se imensamente desde os testes originais de defletores com o F/A-18 cerca de dez anos atrás”, disse Kathy Donnelly, executivo sênior responsável pelo lançamento e recolhimento de aeronaves em Lakehurst.

Com as capacidades técnicas atuais, um único teste de defletor será realizado com uma aeronave F/A-18 para coletar os mesmos dados. Isto permitirá uma comparação entre as duas aeronaves  (o Super Hornet e o F-35) e contribuirá para o desenvolvimento de um modelo combinado de dissipação de calor para toda a frota.

A equipe de testes também colaborou com o ‘Naval Sea Systems Command’ durante os testes para medir os efeitos do calor sobre o convés de vôo.

Testes de adequação em porta-aviões deverão ocorrer no final do atual verão do Hemisfério Norte, incluindo testes com defletores, lançamentos por catapultas e rcolhimento com gancho. Assim, o F-35 estará pronto para embarcar em um dos porta-aviões da USN em 2013.

FONTE/FOTO: NAVAIR

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: Poder Aéreo

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DrCockroach
DrCockroach
9 anos atrás

Postei no Aereo, mas aqui talvez seja mais apropriado: E a Lockheed Martin notificou o Pentagon/Congresso de mais custos p/ o F-35 acima do combinado: colocaram na conta mais 771 milhoes de dolares no topo do que jah tinha sido adicionado anteriormente. E o governo nao pode fazer nada mas conceder: Por que? Por que assinaram aquele ridiculo contrato de cost-plus em que a LM apresenta a conta e o governo americano engole… O Senador John McCain, p*t*ssimo com mais esta passou o seguinte twitter: “Congress notified that first F-35 jets have cost overruns of $771M. Outrageous! Pentagon asking for… Read more »