Home Data Comemorativa NDD ‘Rio de Janeiro’ completa 21 anos

NDD ‘Rio de Janeiro’ completa 21 anos

377
15

O Navio de Desembarque Doca Rio de Janeiro (G 31), ex-USS Alamo (LSD 33), é o quarto  navio da Marinha do Brasil a ostentar esse nome, em homenagem ao Estado do Rio de Janeiro, e foi construído pelo estaleiro Ingalls Shipbuilding, em Pascagoula, Mississippi.

Em 1º de junho de 1990, foi instituído em caráter temporário, pela Portaria n.º 0421 do MM, o Grupo de Recebimento do NDD Rio de Janeiro (GRNDRJ), que ficou subordinado no Brasil a Diretoria Geral de Material da Marinha (DGMM) e, quando de sua transferência para San Diego, a Comissão Naval Brasileira em Washington (CNBW).

Foi transferido por empréstimo de cinco anos, com opção de compra, sendo incorporado à Armada em 21 de novembro de 1990, em cumprimento a Portaria n.º 0779 do MM.

Nesta ocasião assumiu o primeiro comando o Capitão-de-Mar-e-Guerra Milton Benevides dos Guaranys e seu atual comandante é o Capitão-de-Mar-e-Guerra Carlos Eduardo de Moura Ramalho.

NOTA do EDITOR: Conheça mais sobre a história do NDD Rio de Janeiro, acessando o NGB.

Subscribe
Notify of
guest
15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
aericzz
aericzz
8 anos atrás

E tá prontinho pra virar gillete!!!!!

MO
MO
8 anos atrás

Seria muito interessante s alguem de CA, MO ou MA comentasse como estão as “Bravos” dos dois Thomanstom, tipo até onde elas aguentam “as is”

marciomacedo
marciomacedo
8 anos atrás

Desativa, e o que colocamos no lugar?

MO
MO
Reply to  marciomacedo
8 anos atrás

Mudaria um pouquinho a pergunta

Se forem substituidos seriam com o que ? e a principal pergunta PARA QUE ? (Não é ironia é definir o navio e quais funções realizaria para otimizar aquisição e utilização PRÁTICA

daltonl
daltonl
8 anos atrás

É possivel que a US Navy descomissione em 2014, 3 de seus LSDs, os USSs Whidbey Island, Fort McHenry e Tortuga como parte do plano de
cortar despesas. Parece que agora é sério !

Todos terão menos de 30 anos então, e como sucessores naturais da classe Thomaston seriam ideais que 2 deles fossem adquiridos para substituir o Ceará e o Rio de Janeiro, desde que, sejam colocados à venda e haja interesse de nossa parte.

Mauricio R.
Mauricio R.
8 anos atrás
Guilherme Poggio
Editor
8 anos atrás

21 na MB. Vejam o histórico anterior.

É um dos navios mais antigos da esquadra.

marciomacedo
marciomacedo
8 anos atrás

Ao todo, 55 anos. Ele e seu companheiro Ceará ainda estão operacionais? Ou encostados?

aericzz
aericzz
8 anos atrás

Como diria jack…vamos por partes… Galante, já te dei esse papo antes… MO, qq um q comente oq vc q saber vai chover no molhado e ainda vai subir pro azul (traduz pra ele galante!)… MarcioMacedo, o galante iria fazer um post sobre o assunto…cobra ele!!!rsrsrsrs. daltonl, já houveram posts sobre isso aqui, e de navios muito mais novos q esses… (vide pacotão do obama na pesquisa do blog) Mauricio R., Assim como o fx-2, paemb, prm, isso tudo é fruto de sonhos de um grupo de pensamento…não necessariamente os q realmente decidirão sobre o assunto…vide a matéria de hj… Read more »

aericzz
aericzz
8 anos atrás

MarcioMacedo, os dois estãom parados…o Ceará desde 2007, e o Rio de Janeiro desde 2010…inclusive será dada a baixa dele em breve…

daltonl
daltonl
8 anos atrás

aericzz…

o post que saiu aqui no Naval foi sobre os LSDs 49 e 50…o que está circulando agora e parece sério é que não apenas os 3 LSDs que mencionei mas também 9 CGs serão descomissionados em 2013/2014.

Os 9 CGs precisariam ser modernizados a um custo total de 2 bilhoes de dólares e com tantos Arleigh Burkes, que são navios até melhores, faz sentido, os LSDs sim é que estão causando surpresa.

abraços

GHz
GHz
8 anos atrás

Desde 2007, pelo menos, quando o Ceará entrou em PMG (o último, derradeiro, não haverá outro, PMG da classe) que a MB vem procurando os substitutos dos NDD pelo mundo (Galicia, Rotterdam, Foudre, americanos, Mistral etc)
Sempre haverá o problema das prioridades: NAe, helicópteros, aviões, PROSUB, PROSUPER, MAN-1, SisGAAz, CFN, e, o que ninguém comenta por aqui, o Sistema de Segurança do Tráfego Aquaviário (Capitanias dos Portos, Delegacias e Agências)…

aericzz
aericzz
8 anos atrás

blz, daltonl, mas pode acreditar, depois da inglaterra, chegou a vez do tio sam, assim como lá, não duvide… diminuem os navios, mas nunca a qualidade!!!! vão cortar os navios menos eficientes ou q tem sobras e vão investir nos mais modernos e eficientes (eles constroem navios mesmo sem precisar efetivamente, apenas pra manter a industria naval-militar em funcionamento e se atualizando e mantendo a reserva naval) bem diferentes de nós ,né?? aki construir navios de guerra é despesa…. nunca investimento, e’muito melhor pagar bolsa-familia e auxilio-desemprego!!! os dois LSD 49 e 50, acho q estavam no japão…e foram retirados… Read more »

daltonl
daltonl
8 anos atrás

aericzz…

apenas o LSD 49 esteve baseado no Japão, o LSD 50 nunca e vc está certo quanto a retirada do LSD 49 para ser modernizado nos EUA, mas,
não houve “mudança de estratégia de emprego”, pois ele foi substituido pelo LSD 42, já modernizado.

O outro LSD baseado no Japão é o LSD 46 que está na mira de ser descomissionado, portanto, é possivel que não seja modernizado em 2013 como eram os planos.

É esperar para ver…

abraços