A Marinha vietnamita contou com embarcações de construção russa no passado

 

A Marinha do Vietnã recebeu seu primeiro navio de guerra fabricado localmente, equipado com sistemas de artilharia e de mísseis, informou a imprensa local. A empresa de construção naval Hong Ha começou a construir o modelo em 2009 e testou o navio no ano passado.

O projeto teria sido comprado de uma empresa estrangeira. Um alto funcionário da marinha disse que o navio vai patrulhar as águas territoriais do país, em meio a crescentes tensões no Mar da China Meridional.
Existem tensões em curso entre Vietnã e China sobre disputas marítimas territoriais.

No ano passado, ocorreu um confronto entre um navio de pesquisa de de óleo e gás vietnamita e barcos de patrulha chinesa, o que provocou manifestações anti-China em Hanói.
O novo navio tem 54m de comprimento e tem um alcance operacional de mais de 2.000 milhas náuticas.

O Vietnã disse que pretende construir mais navios de guerra no futuro. No momento, a maioria dos seus navios vêm da Rússia e da antiga União Soviética.

FONTE: BBC

Tags: , ,

Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista especializado em temas militares, editor-chefe da revista Forças de Defesa e da trilogia de sites Poder Naval, Poder Aéreo e Forças Terrestres. É também fotógrafo, designer gráfico e piloto virtual nas horas vagas. Perfil no Facebook: https://www.facebook.com/alexandregalante

7 Comentários para “Marinha do Vietnã lança primeiro navio de guerra feito no país”

  1. MO 17 de janeiro de 2012 at 14:05 #

    O Vietnam esta em franco desenvlvimento de sua industria naval, ja constroe muitas embarcações sob licensa (semelhante ao que fazemos por aqui), pois alguns estaleiros estrangeiros se estabeleceram lá.

    Tomara breve eles comece a fazer seus proprios projetos, acelerando seu desenvolvimento e posição no mapa global da engenharia naval

  2. jacubao 17 de janeiro de 2012 at 21:19 #

    Ficou bonitinho, né?
    Parabéns ao vietnã.

  3. Vassili 17 de janeiro de 2012 at 23:41 #

    não passa de um patrulha fluvial equipado com radar e um muito provável 40mm na proa.

    abraços.

  4. Mauricio R. 18 de janeiro de 2012 at 10:07 #

    Ficou bonitinho, né???
    Parabéns, ao Vietnã!!!(2)

  5. MO 18 de janeiro de 2012 at 11:46 #

    ow Ovi

    e alguem falou que nao era ?

    alem do que qual a caracteristica do litoral and aguas vietnamelicas

    não vai muito longe ver o port and approaches de Ho Chi Min City ( titulo de exemplo, claro …)

  6. Vassili 18 de janeiro de 2012 at 19:12 #

    Sepol,

    ninguem falou que ele é um couraçado ou cruzador pesado classe Nadang………….rsrsrssss……. fora um título meio esquisito para o vídeo postado na matéria…….. battleship tt400tp…….. o que é isso?????

    apenas tentei exemplificar que o Vietnã está muitos anos atrás do Brasil em capacidade de construção naval. e concordo que esse navio é o adequado para as águas interiores que existem no Vietnã. Rios por lá é o que não faltam.

    abraços.

  7. MO 18 de janeiro de 2012 at 19:30 #

    miuitos anos .. sei nao ovi
    ja vistes os estaleiros que construiram la e os que estão pensando em fazer isso …..

    diria um pouco menos esta distancia .. e detalhe eles baseado nisso , aumentando a area e diminuindo adistancia e . tanto la como ca, tudo investimeno estrangeiro

    navio de combate tt400tp

    kkkk

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Precisamos, para já, de 4 (bons) navios usados

maestrale

  Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa e autor do livro “As Garras do Cisne” Parece […]

Navio-veleiro Cisne Branco aberto à visitação em Santos neste final de semana

Cisne Branco (2)

A Capitania dos Portos de São Paulo informou em nota à imprensa que o navio-veleiro Cisne Branco da Marinha do […]

Marinha peruana estuda três opções para renovar sua força de superfície

DE_LA_PENNE__5____a

  Não é só a Esquadra brasileira que necessita equacionar a renovação de sua força de superfície em um cenário […]

Cerimônia de incorporação do Navio de Pesquisa Hidroceanográfico ‘Vital de Oliveira’ à Marinha do Brasil

Vital de Oliveira - 1

  Em uma cerimônia de batismo, mostra de armamento e transferência para o setor operativo, o Navio de Pesquisa Hidroceanográfico […]

Ministério da Defesa menos otimista com as chances do Prosuper em 2015

FREMM 523b

Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa e autor do livro “As Garras do Cisne” Passam os […]