Patriota reafirma posição brasileira sobre as Malvinas

Patriota reafirma posição brasileira sobre as Malvinas

40
7
SHARE

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, em Brasília, ao lado de seu colega Wiliam Hague, o chanceler brasileiro Antonio Patriota confirmou a posição do Brasil e da Unasul de apoio à soberania argentina sobre o arquipélago e a decisão de não permitir que barcos com a bandeira das Malvinas atraquem em seus portos.

“Hague sabe que Brasil, a Unasul, diria que até a comunidade latino americano e do Caribe apoia a soberania argentina sobre as Ilhas Malvinas e apoiamos as resoluções das Nações Unidas que apelam para os gopvernos britânico e argentino a dialogar sobre esse tema”, declarou.

Hague disse que as diferenças de posição não afetam as relações bilaterais crescentes entre Brasil e Reino Unido. Ele voltou a defender a posição história de seu país sobre as ilhas que os britânicos chamam de Falklands, retirerando as palavras do primeiro-ministro David Cameron que acusou nesta quarta-feira a Argentina de “colonialismo”.

A resposta de Buenos Aires foi rápida e firme. O vice-presidente Amado Boudou, que comanda o país na ausência da presidente Cristina Kirchner, considerou “lamentável” o que disse David Cameron. “Todo mundo sabe o que a Grã-Bretanha representou para o colonialismo durante vários séculos”, declarou.

A troca de acusações acontece às vésperas do conflito completar 30 anos. Desde 1965, a ONU determina que Argenina e Reino Unido iniciem negociações para resolver a disputa sobre as Ilhas Malvinas.

Londres se recusa a discutir o assunto a soberania do arquipélago habitado por 3 mil pessoas e onde a partir do mês o príncipe Wiliam vai efetuar uma missão de seis meses como parte de sua formação de piloto da Força Aérea britânica.

A tensão entre os dois países é permanente mas piorou há cerca de um ano quando a Argentina acusou os britânicos de começar a exploração dos recursos de petróleo e gás das Ilhas Malvinas.

FONTE: RFI

VEJA TAMBÉM:

7 COMMENTS

  1. Eu tinha um professor, na faculdade, que dizia que quando os intestinos chamam, é melhor sempre atender, porque senão um pouco daquilo que deveria ser expelido, acaba indo para o sangue e este acaba levando para a cabeça e daí o indivíduo acaba tendo certos pensamentos e atitudes…Patriota: vai ao banheiro!

    Então, quando a bolívia disse que o acre deveria ser devolvido, eles estavam corretos? E quando o paraguai pedir de volta as suas terras? Eles estarão corretos? Ah, e a argentina vai devolver as terras tomadas do paraguai? E Quem sabe os hermanos devolvem a patagônia para o chile se este pedir de volta?

    Quem tem telhado de vidro…

    A Inglaterra deveria baixar um esquadrão inteiro de Typhoons nas ilhas…

  2. Alguém por favor avisa aos descerebrados doi Mindef que a MB acaba de comprar 03 Napaocs da BAE, que se não sabem é Inglesa, e que a mesma deu um baita desconto nesta compra, que os “Marinheiros” querem a T 26 ancoradas na BNRJ e que ainda por cima podemos levar algo mais de lambuja….se não esta anta vai continuar vomitando m……a,. cocô e besteiras em forma de cachoeira….

    Grande abraço

  3. Boa Patriota… nos ferrando em um assunto que não nos diz respeito. Sabia decisão!!!

    Mas que saco esses políticos, não conseguem deixar nada funcionar neste país sem colocar algum empecílio.

  4. hoje é as malvinas amanha amazonia e depois pre sal. Esta certo o Patriota é inaceitavel essa situação mesmo com recomendação da Onu.
    que gastem muito dinheiro para manter a defesa ilha,

  5. Malvinas Argentinas!!! Fora ingleses imperialistas, a soberania da America do Sul é de nosso interesse, sulamericanos!

Deixe uma resposta