O Reino Unido enviará às ilhas Malvinas nos próximos meses um de seus navios de guerra mais modernos da Royal Navy (Marinha), informou nesta terça-feira o Ministério de Defesa britânico.

Trata-se do destróier “HMS Dauntless”, que nos próximos meses vai partir em direção ao Atlântico Sul e substituirá à fragata britânica “HMS Montrose”, acrescentou o Ministério.

Conforme o Ministério da Defesa, a troca de embarcações já estava programada, mas ocorre em um momento de tensão entre o Reino Unido e a Argentina pela soberania das ilhas.

DECLARAÇÕES

O atrito entre Londres e Buenos Aires começou após declarações do primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron. Em 18 de janeiro, ele chamou a Argentina de “colonialista” por querer ter o controle do arquipélago.

No dia seguinte, o jornal “The Times” informou que Cameron colocará em prática um plano de contingência militar que eleva o efetivo das Forças Armadas no Atlântico Sul. A iniciativa foi tomada devido à agressividade do discurso do governo de Cristina Kirchner.

No dia 8, o premiê britânico afirmou que não negociará sobre a soberania das ilhas e disse que manterá “vigilância” sobre o acordo entre os países do Mercosul para não permitir a entrada de navios do arquipélago.

FONTE: Folha de São Paulo

Tags: , , , ,

Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista especializado em temas militares, editor-chefe da revista Forças de Defesa e da trilogia de sites Poder Naval, Poder Aéreo e Forças Terrestres. É também fotógrafo, designer gráfico e piloto virtual nas horas vagas. Perfil no Facebook: https://www.facebook.com/alexandregalante

13 Comentários para “Londres enviará navio de guerra às Malvinas apesar de tensão com Argentina”

  1. MO 31 de janeiro de 2012 at 11:32 #

    espero que essa “viadagem” de apoio aos argentinos não “melem” uma eventual escala do tipo 45 para abastecimento and descanso da tripulação por aqui

    Afinal, apesar de ser um “quadrado-retangulo” o tipo 45 é inedito neste tipo de agua salgada abaixo do equador no atlanteco ocidental

    Que nao me apareça nenhum ” Antoneo (joselito sem noção) Patriota (??) da vida e vomite abobrinha.

  2. Joker 31 de janeiro de 2012 at 11:33 #

    Isso quer dizer que: “Em breve lindas fotos da Type 45 nos mares do sul!”

  3. Fabio ASC 31 de janeiro de 2012 at 12:14 #

    A Argentina, hermana, quer trazer a guerra ao sul?!?!?!?!?!

    MO, quadrado retangulo, senti algo como ironia/despeito/algo assim… você queria velas e mastros aparentes???

  4. Joker 31 de janeiro de 2012 at 12:21 #

    Fabio ASC

    o MO e o pessoal mais por dentro são fãs dos Bico Fino.

    http://www.naval.com.br/blog/historia/os-bico-fino/

  5. giordani1974 31 de janeiro de 2012 at 12:29 #

    É isso que os hermanos precisam, um “para-te-quieto”…

  6. Augusto 31 de janeiro de 2012 at 13:58 #

    Se houvesse indício de conflito, o Ministério das Relações Exteriores de Banânia poderia emitir uma nota com os seguintes dizeres:

    “Autoridades do Reino Unido, pedimos que não iniciem nenhum conflito no Atlântico Sul agora porque só estaremos preparados lá para 2021, 2026, que é quando nosso submarino nuclear deverá ficar pronto, porque o nosso plano de reaparelhamento das Forças Armadas é de longo prazo, coisa de 30 ou 40 anos… gratos por sua compreensão”.

  7. Daglian 31 de janeiro de 2012 at 14:13 #

    Não duvido de sua eficiência, mas os bichos são bem feios hein…

  8. MO 31 de janeiro de 2012 at 14:14 #

    Ow Fabio

    nao eh ironia nao

    eh direto, exculacho estetico puro mesmo, se eh bom, nao estou contestandi isso, apenas que meu desinteressen naval começou por causa desaatas coisas afins

    Até na época das velas eram mais bonitos, mas tentando te esclarecer minha otina na estetica mil vezes um Belknap do que um treco destes

    kkkkkk

  9. MO 31 de janeiro de 2012 at 14:18 #

    Risos sim, agora so falta alguem perguntar em que regiao do globo fica a Banania … kkkkkkkkkk

    e se fossem espertos falriam algo tipo assim

    ” Qqr visita de um navio é benvindo principalmente para o comercio local, pois imaginem 200 tripulantes gastando USD 100 or dia, traria muitos benficios ao comercio local … ”

    apenas como exemplo …

  10. shipbuildingbr 31 de janeiro de 2012 at 20:01 #

    MO

    Pensei a mesma coisa

    Podemos esquecer uma escala por aqui porque os “cúbanos” já estão protestando.

    Mesmo achando o navio veio pra diabo (ops, diabo não pode é politicamente incorreto) uma visita é uma visita.

  11. Blind Man's Bluff 31 de janeiro de 2012 at 20:33 #

    Malvinas Argentinas!!!

  12. Fabio ASC 1 de fevereiro de 2012 at 7:07 #

    Valeu Joker, agora intindi…

    MO, vc tá falando desta imagem aqui:

    http://en.wikipedia.org/wiki/File:USS_Belknap_collision_damage.jpg

    KARAKA

  13. MO 1 de fevereiro de 2012 at 12:13 #

    Nein

    antes e depois

    alias foi um “aviaozinhum” que mais uma vez ph… com us navio (aviaozinho = porta aviaozinhum = same same)

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Suécia assina com Saab a encomenda de dois novos submarinos tipo A26

Kockums A26 - imagem 2 Saab

Empresa também modernizará dois exemplares da classe ‘Gotland’ em serviço na Marinha Sueca – Na última terça-feira, 30 de junho, […]

Fabricação do primeiro submarino S-BR avança na ICN

Reforços Externos #2

Rio de Janeiro, 29 de junho de 2015 – A Itaguaí Construções Navais (ICN) avança na construção do primeiro submarino […]

Prosuper receberá propostas da China e dos EUA

Type 052B Guangzhou class Wuhan (170) guided missile destroyer

  O PROSUPER, programa da Marinha do Brasil (MB) que visa obter 5 navios escoltas, cinco navios-patrulha oceânicos (NPaOc) e […]

Duas boas notícias da MB: assinados novos contratos do MANSUP e revogada a suspensão do contrato do NHoFlu

NHoFlu Rio Branco - foto INACE

Contrato relacionado ao NHoFlu Rio Branco, já entregue, é com o estaleiro Inace. Para o MANSUP,  foram assinados contratos com Avibras e Mectron, marcando […]

Marinha dos EUA gasta US$ 9,1 milhões para manter Windows XP em PCs

usnavy_625

Ainda em processo de transição, marinha americana possui cerca de 100 mil computadores com o sistema operacional já obsoleto da […]