O destróier de defesa aérea HMS Liverpool, que acumula 30 anos de serviço, deverá ser descomissionado pela Marinha Real Britânica (Royal Navy) ainda neste mês. Assim, pela última vez o navio visitou a cidade que homenageia com seu nome. Foram cinco dias de visita, com cerimônias, parada com marcha de um terço da tripulação (de 240 pessoas) pelas ruas da cidade, salvas de canhão e celebrações do navio, que é baseado em Portsmouth.

Nos últimos 12 meses, a tripulação do navio esteve nas manchetes dos jornais devido ao seu emprego no conflito da Líbia. O Liverpool disparou seu canhão principal de 4,5 polegadas mais de 200 vezes no conflito, sendo também o primeiro navio da Marinha Real Britânica a estar sob fogo inimigo nos últimos 30 anos.

Mas ainda há uma última missão antes do descomissionamento: o Liverpool deverá se juntar ao Illustrious e ao Bulwark e a outros navios aliados no exercício Cold Response da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), nos fiordes da Noruega.

FONTE / FOTOS: Royal Navy (Marinha Real Britânica)

NOTA DO EDITOR: o que não vem faltado nos últimos anos é notícia relacionada ao descomissionamento de navios de guerra britânicos, com especial destaque para os Tipo 42 (que de qualquer forma atingiram o limite de sua vida útil e vêm sendo substituídos por um número menor de destróieres Tipo 45, bem mais capazes). Abaixo, uma  lista com parte das notícias já publicadas no Poder Naval sobre os Tipo 42 quando na ativa ou à época de suas baixas e sucateamento.

VEJA TAMBÉM:

Tags: , , ,

About Fernando "Nunão" De Martini

View all posts by Fernando "Nunão" De Martini

2 Responses to “Prestes a dar baixa, HMS Liverpool se despede de Liverpool” Subscribe

  1. aericzz 7 de março de 2012 at 16:41 #

    Que diferença de mentalidade… um país q é 1/10 do nosso mas com uma marinha muito superior…
    ao contrário de nós q vamos dar baixa em um navio q está há quase 3 anos sem ir ao mar (tb com mais de 60 manos de uso!) por pura falta de condições e q chegou a dar o vexame de voltar ao porto rebocado com equipes de tv à bordo… eles darão baixa bum navio navegando perfeitamente! Garanto, por experiência, o liverpool se encontra melhor q o melhor escolta DA ESQUADRA!!!!!!!!!!!!!!! inclusive akele q está quebrado no líbano, ops falei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Blind Man's Bluff 7 de março de 2012 at 17:49 #

    Um a menos.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Fuzileiros também vão de SABER M60

Radar desenvolvido pelo Exército Brasileiro, em parceria com empresas nacionais, também já foi adotado pela FAB   O Comando do […]

‘Constituição’ rumo ao Mediterrâneo

A Fragata “Constituição” partiu, no dia 8 de julho, para integrar a Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas […]

Processo de Obtenção de Meios na Marinha do Brasil

Segue abaixo o Processo de Obtenção de Meios na Marinha do Brasil: 1º – São estabelecidos os Requisitos de Estado-Maior […]

Exigência de conteúdo local na indústria naval e offshore impulsiona resultados da Cummins no Brasil

Concentrada nas oportunidades do mercado sul-americano, a Cummins South America, por meio da divisão Cummins Marine, já colhe os resultados […]

17 de julho de 2014 – Centenário da Força de Submarinos

Hoje a Força de Submarinos da Marinha do Brasil completa 100 anos de existência. Para comemorar a relevante marca, uma […]

EAS lança debêntures para reduzir custo de dívidas

O Estaleiro Atlântico Sul (EAS) aprovou a sua primeira emissão de debêntures simples para captar R$ 220 milhões com garantias […]