Home Marinha do Brasil Fragata ‘Independência’ chega a Norfolk

Fragata ‘Independência’ chega a Norfolk

378
10

A Fragata Independência (F44) chegou à Naval Station Norfolk nos EUA em 19.04, a fim de participar de exercícios com navios de Marinhas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

Com a ida da Independência aos EUA, a Marinha do Brasil passa a ter três fragatas classe “Niterói” operando em regiões distantes do País, o que demonstra o bom estado de manutenção dos navios, apesar dos 40 anos de idade dos cascos.

FOTO: US Navy

10 COMMENTS

  1. Apesar da idade, o navio está muito bonito. Gostei de ver nossa bandeira, bem grande, no mastro. Alguém sabe se essa é uma bandeira especial para esses eventos? (sou da área das coisas que voam, desculpem a ignorância nos assuntos navais).

  2. Marcelo…

    diria que trata-se de uma bandeira de cortesia, quando em visita a um porto estrangeiro. Navios da US Navy tem sido vistos com bandeiras muito maiores em várias ocasioes e por variados motivos notadamente após o 11 de setembro.

    Interessante, ao menos para mim, que o marujo usando o colete amarelo tem nas costas a inscrição DDG 109, que refere-se ao destroyer USS Jason Dunham que foi o navio anfitrião da Fragata Independencia durante uma recepção quando da chegada em 19/04.

    USS Jason Dunham encontra-se no mar agora preparando-se para sua primeira missão quando escoltará o USS Dwight Eisenhower quando este for substituir o USS Abraham Lincoln nos próximos meses.

    Norfolk é uma “cidadezinha simpática” onde além da Base Naval, a maior do mundo pode-se ver o encouraçado Wisconsin anexo a um grande museu e também o museu do General MacArthur, onde também repousam seus restos mortais.

  3. Gostei do camuflado ultilizado pelos militares da US NAVY. Seria interessante se ultilizássemos um camuflado semelhante na MB.
    Daria um ar de modernidade a força.

  4. E as outras 3 “Niteróis” que não estão passeando, estariam aonde e fazendo o que???

    “viu zé os reparos das ponto 50 …”

    Desculpe me meter, mas…
    No convés do Boroc, parte do kit “Líbano”???
    E no antigo lugar dos Seacat, é Ma Deuce tb???

  5. Sim Marcelo eu vi.

    A Lili, a Findep e a União estão com esses reparos. São quatro: dois sobre o hangar perto dos lançadores de chaffs/flares e dois nos bordo do convés do Boroc, mas vi uma foto recente de uma delas que mostrava mais dois reparos nas asas do passadiço formando seis armas.

    Acho que poderiam ser MAGs mas como esses navios não tem GAMBO a .50 parece mais adequada.

    Depois de anos presentes nos navios das principais marinhas do mundo, mesmo antes de 2001, passamos a usar. O que umas PANAMAX e alguns deployments não fazem né?

    Mauricio a Niterói e a Constituição estão rodando, participando dos exercicios e dando uns “socos”. A Defensora esta parada e dizem que esta na reta para dar baixa.

    Rademaker acho que ainda esta parada. A Greenhalgh e Bosisio estao na mesma situacao das F 40 e 42.

    As Corvetas como sempre não podemos contar muito, quem tem dado mais a cara é a Barroso que por enquanto esta OK e o Gato Preto, o resto esta na lista para o planos meus e do Nunão para transformar a classe em Aviso de Patrulha Oceanico só com motores diesel, He, 40mm e armamento leve .50 e 7,62mm 🙂

    Abçs

  6. Fala XARÁ, da uma olhada no FACEBOOK, que tem dois comentarios no link sobre a F-44 que o WILTGEN postou que falam sobre as T22 e as Niteroi que falam da DEFENSORA entrando em PMG assim como a RADEMAKER também em PMG.Abraços do MENDES.

  7. Xará eu estou por dentro mas estou aguardando mais detalhes para lançar essas passagens.

    Quanto a DEUSA as noticias mesmo que não confirmadas apontam para um fim proximo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here