Segundo o comandante da Marinha russa, Almirante Viktor Chirkov, a construção de porta-aviões e de uma nova geração de submarinos nucleares estratégicos deve começar entre o período de 2021 até 2030.

“A capacidade geral das forças navais será potencializada com navios-aeródromos, submarinos nucleares de ataque e navios multimissão e de atuação litorânea”, comunicou o almirante, segundo a agência de notícias RIA Novosti. Atualmente, o único navio-aeródromo em operação na Rússia é o Admiral Kuznetsov.

O comandante Chirkov salientou que que a produção em larga escala de uma nova geração de submarinos atômicos de ataque só deve começar depois: .“No período entre 2021 e 2030, além de substituir submarinos lançadores de míssies balísticos obsoletos, também é necessário iniciar a concepção de uma quinta geração de submarinos estratégicos, para que a produção em larga escala comece depois de 2030”.

Junto com esses projetos, o almirante apontou ainda que o comando da Marinha Russa planeja iniciar a construção de submarinos não-tripulados e drones marítimos após 2020: “nós esperamos a produção em quantidade de submarinos não-tripulados e autossuficientes, sistemas de robôs baseados no mar, bem como o desenvolvimento de vários equipamentos para uso no assoalho marinho, e que devem ser lançados a partir de plataformas submersas”, explicou.

FONTES: Naval Today e Voz da Rússia (Compilação, tradução de original em inglês e edição do Poder Naval)

VEJA TAMBÉM:

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

2 Comentários para “Rússia terá novos porta-aviões e submarinos não-tripulados, diz comandante da Marinha”

  1. Mauricio R. 23 de dezembro de 2012 at 21:36 #

    Venderam 4 submarinos classe “Amur”, p/ os chineses.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Rússia planeja construir maior contratorpedeiro desde 1989 | Poder Naval - Marinha de Guerra, Tecnologia Militar Naval e Marinha Mercante - 18 de fevereiro de 2013

    […] Rússia terá novos porta-aviões e submarinos não-tripulados, diz comandante da Marinha […]

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Marinha repensa reforma de R$ 1 bilhão do porta-aviões São Paulo

NAe São Paulo A12

Leonel Rocha A cúpula da Marinha está dividida quanto à reforma prevista no porta-aviões São Paulo, embarcação de guerra adquirida […]

Marinha compra primeiro lote de canhões BAE Systems Bofors AB de 40 mm (MK4)

BAE_Bofors_40_Mk_4_Naval_Gun_System

A Marinha do Brasil vai assinar com a BAE Systems Bofors AB o contrato de fornecimento de um lote de canhões […]

Nota à Imprensa de 04/05/15: Avaria no Navio de Desembarque-Doca ‘Ceará’

Operação 'Amazônia Azul'2015
Rio de janeiro 06 de março de 2015
A Marinha do Brasil está realizando, desde o dia 1° até 6 de maio, a Operação Amazônia Azul 2015, desenvolvendo atividades de fiscalização nas Águas Jurisdicionais Brasileiras.

O Grupo Tarefa Sudeste, que coordena as ações nas áreas de responsabilidade do Comando do 1º Distrito Naval – área marítima do Rio de Janeiro e Espírito Santo – realizará atividades de Patrulha e Inspeção Naval, bem como ações de proteção aos navios mercantes, plataformas fixas e suas instalações.

Durante a Operação, serão empregados dois Navios-Patrulha, um Rebocador de Alto Mar, um Aviso de Patrulha, além dos meios da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro e do Espírito Santo.
o Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Apa”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, realizou exercício de retomada de plataforma na Bacia de Campos. Tal iniciativa visa manter e aprimorar a capacidade de pronta resposta no caso de tentativa ou efetiva invasão das plataformas de petróleo. Em paralelo, manteve as ações de Patrulha Naval e Inspeção Naval na região.
Ricardo Pereira / FututraPress

Em complemento às informações divulgadas anteriormente, a Marinha do Brasil participa que o reboque do Navio de Desembarque-Doca (NDD) “Ceará” […]

Nota à Imprensa: Avaria no Navio de Desembarque-Doca ‘Ceará’

NDD Ceará

Em complemento à Nota à Imprensa emitida hoje pelo Comando do 4º Distrito Naval, a Marinha do Brasil (MB) informa […]

Sopro de esperança: provas de mar da corveta ‘Júlio de Noronha’ começam no meio do ano

V32

Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa Há muitos ditos populares que, usados com jocosa maledicência, podem […]