Segundo o comandante da Marinha russa, Almirante Viktor Chirkov, a construção de porta-aviões e de uma nova geração de submarinos nucleares estratégicos deve começar entre o período de 2021 até 2030.

“A capacidade geral das forças navais será potencializada com navios-aeródromos, submarinos nucleares de ataque e navios multimissão e de atuação litorânea”, comunicou o almirante, segundo a agência de notícias RIA Novosti. Atualmente, o único navio-aeródromo em operação na Rússia é o Admiral Kuznetsov.

O comandante Chirkov salientou que que a produção em larga escala de uma nova geração de submarinos atômicos de ataque só deve começar depois: .“No período entre 2021 e 2030, além de substituir submarinos lançadores de míssies balísticos obsoletos, também é necessário iniciar a concepção de uma quinta geração de submarinos estratégicos, para que a produção em larga escala comece depois de 2030”.

Junto com esses projetos, o almirante apontou ainda que o comando da Marinha Russa planeja iniciar a construção de submarinos não-tripulados e drones marítimos após 2020: “nós esperamos a produção em quantidade de submarinos não-tripulados e autossuficientes, sistemas de robôs baseados no mar, bem como o desenvolvimento de vários equipamentos para uso no assoalho marinho, e que devem ser lançados a partir de plataformas submersas”, explicou.

FONTES: Naval Today e Voz da Rússia (Compilação, tradução de original em inglês e edição do Poder Naval)

VEJA TAMBÉM:

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

2 Comentários para “Rússia terá novos porta-aviões e submarinos não-tripulados, diz comandante da Marinha”

  1. Mauricio R. 23 de dezembro de 2012 at 21:36 #

    Venderam 4 submarinos classe “Amur”, p/ os chineses.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Rússia planeja construir maior contratorpedeiro desde 1989 | Poder Naval - Marinha de Guerra, Tecnologia Militar Naval e Marinha Mercante - 18 de fevereiro de 2013

    […] Rússia terá novos porta-aviões e submarinos não-tripulados, diz comandante da Marinha […]

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Gigantes ficam de fora de licitação da Marinha

SisGAAz

Sergio Barreto Motta Todos os dias, os jornais mostram denúncias, acordos, vetos e muito mais, em meio à Operação Lava […]

Flotilha Guarda-Costas cubana aceita cooperar com Guarda Costeira dos EUA

Cuba

Mais de 55 anos depois de as suas Marinhas terem feito seu último contato, os governos de Washington e de […]

Navantia espanhola cria filial no Brasil visando contratos de renovação da MB

Fragata Cristobal Colon - classe F-100 - em dique - foto Navantia

A empresa espanhola Navantia da área naval divulgou nota da Europapress na segunda-feira, 26 de janeiro, informando que iniciou processo de […]

Argentina escolhe a China como parceira para seus OPV

CSIC_P18N_Nigeria_AAD_2014_2

O Ministério da Defesa argentino escolheu a indústria naval da China como sua parceira no programa de construção de navios-patrulha […]

Compre sua revista Forças de Defesa 12ª edição

Forças de Defesa 12 - capa e miolo 2 - destaque

Saiu a Revista Forças de Defesa 12ª edição, com 120 páginas! a versão impressa está disponível para compra pela Internet e […]