39765349256048413014825

Um grupo formado por nove Royal Marines passou o Ano Novo em treinamento a bordo da fragata tipo 23 HMS Monmouth da Marinha Real britânica. Uma das funções mais importantes desempenhadas pelos militares é o embarque em navios suspeitos e a busca e por piratas e contrabandistas. Durante a passagem da fragata pelo Bahrein, os membros das forças especiais realizaram exercícios e manobras em instalações da Guarda Costeira americana conhecidas como ‘Ship in a Box’.

A finalidade no complexo é recriar compartimentos de um navio e proporcionar o máximo de realismo em treinamentos de varredura (‘room clearance’). As armas de air soft usadas durante os exercícios variam entre fuzis, espingardas e pistolas.

A HMS Monmouth continua em sua missão de sete meses realizando patrulhas no Mar da Arábia, na região norte do Oceano Índico e no Golfo de Aden. Há previsão de a fragata realizar patrulhas e exercícios também com navios de nações aliadas presentes na região.

85449256217746331218453

32103249256048746348193

73420349256218079664518

36513492562184129978100

bf2a4853df0448669b457e2dae7bc3b6-576x324

FONTE: Naval Today e Militaryphotos.net (Tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

9 Comentários para “Imagens: Royal Marines realizam treinamento de combate à pirataria”

  1. Space Jockey 10 de janeiro de 2013 at 11:34 #

    Que furo de reportagem, na segunda foto aparece o principe harry em pé empunhando um M16 rsrs

  2. Eduardo Primo 10 de janeiro de 2013 at 11:43 #

    Nas fotos 1, 3 e 4 estão usando armas de Airsoft, bem legal!

    Na 3 dá até para ver os carregadores das bolinhas de 6mm (BBs)

  3. MO 10 de janeiro de 2013 at 11:54 #

    eles tem bom gosto, usam AEG´s … rsss Airsoft, PRATIQUE !!!!!!

  4. GC 10 de janeiro de 2013 at 12:10 #

    Tá pegando este conte de cabelo, tá muito grande !!!

  5. GC 10 de janeiro de 2013 at 12:11 #

    digo “corte”

  6. Genésio 10 de janeiro de 2013 at 12:57 #

    Só um cérebro de “ostra” pra confundir airsoft com M-16…fora a arrogânica típica de ” quase combatente”…triste sina…

  7. Salsa 10 de janeiro de 2013 at 13:13 #

    Não é obrigatório o uso de óculos de proteção para Airsoft? Eles não tem receio de uma bolinha ricochetear?

  8. MO 10 de janeiro de 2013 at 23:12 #

    ah sim claro nao tem M16 de airsoft ne … ahhh ta vou ter que contar isso para que tenho aqui em casa … acho que ela vai ficar sem identidade …. kkkkkkk

    sina versão inversa … seria vontade de manusear uma AEG … rssssss

    mas ate entao esperar o que de uma ostra …

  9. Observador 11 de janeiro de 2013 at 16:39 #

    Senhores,

    Estou em dúvida:

    Será que eles é que são muito jovens ou nós que estamos muito velhos?

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Zentech avalia condições do casco do ‘São Paulo’

sao-paulo-ml-18-11-11-9 copy

 Análise indicará necessidade ou  não de substituição de parte do aço do casco do navio A empresa de engenharia e […]

Compre e baixe agora a versão digital da revista Forças de Defesa 13ª edição

Anúncio Forças de Defesa Digital

Agora ficou mais fácil ler a melhor revista de Defesa do Brasil de qualquer lugar do mundo, no computador, no […]

Marinha repensa reforma de R$ 1 bilhão do porta-aviões São Paulo

NAe São Paulo A12

Leonel Rocha A cúpula da Marinha está dividida quanto à reforma prevista no porta-aviões São Paulo, embarcação de guerra adquirida […]

Marinha compra primeiro lote de canhões BAE Systems Bofors AB de 40 mm (MK4)

BAE_Bofors_40_Mk_4_Naval_Gun_System

A Marinha do Brasil vai assinar com a BAE Systems Bofors AB o contrato de fornecimento de um lote de canhões […]

Nota à Imprensa de 04/05/15: Avaria no Navio de Desembarque-Doca ‘Ceará’

Operação 'Amazônia Azul'2015
Rio de janeiro 06 de março de 2015
A Marinha do Brasil está realizando, desde o dia 1° até 6 de maio, a Operação Amazônia Azul 2015, desenvolvendo atividades de fiscalização nas Águas Jurisdicionais Brasileiras.

O Grupo Tarefa Sudeste, que coordena as ações nas áreas de responsabilidade do Comando do 1º Distrito Naval – área marítima do Rio de Janeiro e Espírito Santo – realizará atividades de Patrulha e Inspeção Naval, bem como ações de proteção aos navios mercantes, plataformas fixas e suas instalações.

Durante a Operação, serão empregados dois Navios-Patrulha, um Rebocador de Alto Mar, um Aviso de Patrulha, além dos meios da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro e do Espírito Santo.
o Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Apa”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, realizou exercício de retomada de plataforma na Bacia de Campos. Tal iniciativa visa manter e aprimorar a capacidade de pronta resposta no caso de tentativa ou efetiva invasão das plataformas de petróleo. Em paralelo, manteve as ações de Patrulha Naval e Inspeção Naval na região.
Ricardo Pereira / FututraPress

Em complemento às informações divulgadas anteriormente, a Marinha do Brasil participa que o reboque do Navio de Desembarque-Doca (NDD) “Ceará” […]