sexta-feira, setembro 17, 2021

Saab Naval

U.S. Navy continua operações para desencalhar caça-minas

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

USS-Guardian-aerial-photo-at-Tubbataha-Reef

A Marinha americana continua as operações para desencalhar o caça-minas USS ‘Guardian’ (MCM5), que está preso desde o último dia 17 no recife de Tubbataha, na costa das Filipinas. Enquanto os trabalhos continuam, quase todos os 79 tripulantes já foram transferidos para os navios de apoio USNS Bowditch e (T-AGS-62) e MSV C-Champion.

Após as tentativas iniciais de resgate durante a maré alta terem fracassado, o navio continua encalhado a cera de 80 milhas a sudeste da ilha de Palawan, parte do arquipélago das Filipinas. O caça-minas da classe Avenger, baseado em Sasebo, no Japão, havia feito escala na baía de Subic, na ilha de Luzon e encalhou a caminho do porto seguinte.

A U.S.Navy está trabalhando em conjunto com as Forças Armadas filipinas. As causas do encalhe ainda estão sendo investigadas. Segundo dados preliminares da U.S National Geospacial-Intelligence Agency (NGA) fornecidos à Marinha dos EUA, há possibilidade de defeitos na carta náutica digital usada no USS Guardian. A agência revisou os mapas de uma área de 150 mil milhas quadradas na região onde o navio está preso, e encontrou dados errados acerca da localização do recife de Tubbataha.

Picture-21

FONTE: Naval Today (tradução e adaptação do Poder Naval)

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

5 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
José da Silva

É a USN entrando no padrão Mr Hussein. PQP o Ocidente esta @#%@#%@

daltonl

Zé…

ano passado uma fragata/corveta chinesa encalhou justamente naquela região disputada entre Filipinas e China e levaram 10 dias para liberar o
navio, vamos ver quanto tempo leva a US Navy.

Os MCMs nunca receberam muita atenção mas passaram a ter mais destaque agora que 8 estão operando no Golfo Pérsico.

O USS Guardian a principio deveria ser descomissionado em 2019, mas se os danos forem grandes talvez nem valha a pena repara-lo.

abs

Giordani RS

Carta digital, uma maravilha moderna da tecnologia do século XXI…tão precisa quanto um octante…

José da Silva

Giordani vc tocou em um ponto importante. Digital ou não a carta deve estar sempre atualizada e no caso de um varredor/caça-minas é um problema confiar demais nas que se tem em mãos. Vai saber o que aconteceu. Parece mais uma desculpa da “Nova” USN saindo de fininho e arrumando uma desculpa qualquer. Continuando… É Dalton, problema que cada foto que eu vejo desse navio mais desanimado eu fico com a possibilidade de voltar ao servico. Gosto pra caramba dos MCM da classe Avenger, desde que vi no inicio dos anos 80 um concepção inicial do projeto. Esse gosto particular… Read more »

MO

ROU Pedro Campbell, quem foi não esquece !!!!!!!!!!! Desnecessario dizer que “a gente” fomos (Osso, Zeh, Bozoh, EU) e saind viramos AT´s nos L 60 40 mm dele

- Publicidade -

Últimas Notícias

Austrália abandona acordo de submarinos de 56 bilhões de euros com o Naval Group francês

A Austrália decidiu abandonar o acordo de A$ 90 bilhões (€ 56 bilhões) de 12 submarinos convencionais com a...
- Advertisement -