China lança primeira fragata Stealth

dca971a787d51295a25004

vinheta-clipping-navalA China lançou ontem (25) a primeira embarcação da nova classe de fragatas stealth equipadas com mísseis para substituir modelos mais antigos e aumentar a capacidade do país em realizar patrulhas e escoltar navios e submarinos em águas em disputa nos mares do Sul da China e da China Oriental.

A primeira embarcação do grupo foi entregue anteriormente à Marinha na segunda-feira em Xangai, que abriga um dos maiores complexos de estaleiros navais, de acordo com um agência de notícias Xinhua e o site da Marinha.

Recém-promovido comandante da Marinha, o almirante Wu Shengli participou da cerimônia de entrega da fragata, afirmou a Xinhua, uma indicação da importância dada a missão dos novos navios.

Os navios, que também conseguem transportar helicópteros, apresentam um design sofisticado para serem mais silenciosos e mais difíceis de serem detectar por radar. Além disso, as embarcações estão armadas com mísseis antinavio e explosivos antiaéreos. Eles também precisam de uma tripulação de apenas 60 pessoas, dois terços a menos que os navios mais antigos, uma grande vantagem que deve aumentar a eficiência e aliviar custos de treinamento e recrutamento.

Até agora, a Marinha permaneceu distante das ilha disputadas pela China com outros países, a fim de evitar novas tensões. No entanto, a China não esconde seu desejo de ampliar o alcance de sua capacidade naval. A Marinha tem recebido atenção considerável em modernização militar da China. As informações são da Associated Press.

dca971a787d51295a1d703

FONTE: O Estado de S. Paulo

FOTOS: China Defense Blog

Tags: , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

8 Responses to “China lança primeira fragata Stealth” Subscribe

  1. Alex Stélio 26 de fevereiro de 2013 at 11:54 #

    É um belo navio, alguém poderia comparar com algum navio ocidental da mesma categoria?

  2. joseboscojr 27 de fevereiro de 2013 at 9:29 #

    Alex,
    Apesar de ser chamada de fragata seu deslocamento sengundo a Wiki é de 1200 t, o que a coloca mais como uma corveta, sendo até menor que nossa Barroso.
    Seu armamento é bem balanceado e consta de:
    1 canhão de 76 mm
    4 mísseis antinavios YJ-83 (semelhantes ao Harpoon)
    1 lançador conteirável de 8 células FL-3000 N (semelhante ao RAM) com 8 células, lançando mísseis Ty-90 (versão naval)
    2 canhões de 30 mm de controle remoto
    2 x 3 lançadores de torpedos leves para o ET-52
    1 helicóptero naval Harbin Z-9EC (semelhante ao Dauphin francês) capaz de lançar mísseis HJ-8 (5 a 6 km de alcance e com vários sistemas de orientação, sendo a mais comum a SACLOS) e torpedos ET52 (semelhante ao MK-46) e mísseis TY-90, ar-ar, de orientação térmica.
    O radar principal parece ser do tipo 2D e os motores são exclusivamente Diesel para 28 nós de velocidade máxima.
    Ou seja, tem tudo no lugar e tirando o radar 2D e os motores (que em geral usam o Diesel associado a turbinas a gás) está em conformidade com qualquer navio moderno ocidental da mesma classe.
    Um abraço e espero tê-lo ajudado já que não sou a melhor pessoa pra falar de naviozinhos. rsrss

  3. Mauricio R. 27 de fevereiro de 2013 at 10:36 #

    O navio em questão é um exemplar da corveta classe “Type 056″, os chineses pretendem construir algo como 20 desses cascos, em pelo menos 4 estaleiros (Guangzhou, Shanghai, Wuhan e Dalian) diferentes.

    (http://china-defense.blogspot.com.br/2013/02/582-head-of-class.html)

  4. Ivan 27 de fevereiro de 2013 at 11:20 #

    Como alertou Mestre Bosco e Maurício, a classe Type 056 Jiangdao é de
    CORVETAS, mas acredito que tem apenas convoo e facilidade para abastecer helicópteros, mas sem hangar para operações prolongadas.

    Um infográfico interessante:
    http://www.jeffhead.com/redseadragon/Type056-054A-Compare1.jpg

    Tem o desenho de uma corveta Type 56 e uma fragata Type 54.

    Sds.,
    Ivan.

  5. eduardo.pereira1 27 de fevereiro de 2013 at 19:11 #

    BOSCO , boa noite ;
    Esta configuraçao seria interessante para o que a MB deseja com as proximas corvetas,p/ as finalidades da MB ??

  6. joseboscojr 27 de fevereiro de 2013 at 19:34 #

    Eduardo,
    Eu acho que em termos de configuração de armamento sim, ela é bem satisfatória, chegando mesmo a de um certo modo superar as expectativas.
    Agora, se realmente não contar com um helicóptero orgânico e com um hangar, como o infográfico postado pelo Ivan sugere, aí a “corveta” (Type 56) creio eu não interessaria para a MB.
    Também a tonelagem parece pequena e sabemos que de modo geral ela é diretamente proporcional à autonomia e em sendo metade da Barroso, pode ser que seja pequena para nós que temos sempre poucas unidades e que essas poucas têm que fazer o serviço de muitas.
    Um abraço.

  7. eduardo.pereira1 27 de fevereiro de 2013 at 20:59 #

    Valeu BOSCO, foi esclarecedor !!

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Revista Forças de Defesa número 10

O Gripen, escolhido como novo caça da FAB, volta à capa de Forças de Defesa, onde esteve em nosso primeiro […]

Kremlin monta rede de bases navais no Ártico

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, deu ordens para a criação de uma rede unificada de bases navais no Ártico. […]

Vídeo: porta-aviões ‘Liaoning’ e caça J-15

Ótimo vídeo sobre o porta-aviões chinês Liaoning e os caças J-15, com imagens excelentes e uma boa dose de nacionalismo. […]

Fragata americana USS Taylor deverá entrar hoje no Mar Negro

A Marinha dos EUA (USN) informou nesta terça-feira, 22 de abril, que a fragata USS Taylor (FFG 50) deverá entrar […]

A última esperança dos EUA, caso os russos continuem interferindo no sistema Aegis

Como um Su-24 russo paralisou destróier americano

Na semana passada, na Internet russa foi discutido ativamente um comunicado de como um bombardeiro da frente russo Su-24 equipado […]

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE