Operação Verão 2012/2013

Lancha da Capitania Fluvial do Rio Paraná durante Inspeção Naval no Rio Iguaçu

Anualmente, a Marinha do Brasil realiza, no período de dezembro a março, a Operação Verão, intensificando as ações preventivas de orientação e as ações de fiscalização do tráfego aquaviário, nas áreas de maior concentração de embarcações em todo o País, com o objetivo de minimizar a possibilidade de ocorrência de acidentes náuticos e as infrações à Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário (LESTA).

Neste período, as 63 Capitanias dos Portos, Delegacias e Agências, em todo o Brasil, promovem campanhas de conscientização e ministram palestras em colônias de pescadores, entidades náuticas e marinas, a fim de criar um maior comprometimento dos condutores com a segurança da navegação e a prevenção da poluição no meio ambiente marinho. Durante todo o ano, e especialmente nesta Operação, são realizadas ações de fiscalização e de presença, executadas pelas equipes de Inspeção Naval, com o emprego de diversos Navios-Patrulha, Avisos de Patrulha, Lanchas, Flexboat e Motos-aquáticas da Marinha do Brasil.

Nestas inspeções administrativas são verificados, principalmente, a habilitação dos condutores, a documentação da embarcação, o material de salvatagem (coletes e bóias), os extintores de incêndio, as luzes de navegação, a lotação, o estado da embarcação e o cumprimento das normas de segurança por parte dos seus condutores.

Na presente Operação, foram abordadas 85.137 embarcações, das quais 10.338 encontravam-se com irregularidades, tendo seus condutores sido notificados. Foram aplicados 6.437 Autos de Infração, apreendidas 1.518 embarcações e abertos 222 Inquéritos Administrativos. Comparando com a Operação Verão 2011/2012, cujas abordagens totalizaram 55.992 embarcações, houve um aumento de 52% nas ações de fiscalização. As apreensões aumentaram de 782 para 1518, o que representa acréscimo de 94%.

Ao aliar medidas educativas e de orientação com ações de presença, a Operação Verão proporciona que as normas voltadas à segurança da navegação e as atividades de fiscalização executadas pela Marinha do Brasil sejam mais facilmente compreendidas e assimiladas pelos condutores de embarcações, o que tem contribuído, de forma significativa, para a redução de acidentes náuticos.

O cidadão que identificar ou tomar conhecimento de qualquer tipo de irregularidade ou infração à segurança do tráfego aquaviário deve comunicar o fato à Organização Militar da Marinha do Brasil mais próxima, para averiguação e adoção das medidas cabíveis.

Outro aspecto importante, que deve ser ressaltado, é que o modo correto e seguro para a obtenção da habilitação de amador, por qualquer cidadão, é dirigir-se a uma Agência, Delegacia ou Capitania dos Portos. Qualquer Carteira de Habilitação de Amador obtida de outro modo poderá ser apreendida e o portador enquadrado em crime previsto na legislação brasileira.

No link http://www.dpc.mar.mil.br/CDA/rela.htm estão disponíveis os endereços e número telefônicos das diversas unidades da Marinha do Brasil relacionadas à segurança do tráfego aquaviário.

Fonte: Diretoria Geral de Navegação/MB

Tags:

Estudante de Psicologia, colaborador em Natal-RN do Forças de Defesa.

One Response to “Operação Verão 2012/2013” Subscribe

  1. adrianobucholz 21 de março de 2013 at 8:35 #

    Pois é, me “pegaram” com o extintor de incêndio vencido!! Aqui na região (Oeste do Paraná) nunca foi tão rigorosa a fiscalização, mas ta certo como estão fazendo agora!!!

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Em fórum na Fiesp, Estado-Maior da Armada destaca a importância da indústria em projetos da Marinha

Por Dulce Moraes e Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp Representantes do órgão apresentam projetos em desenvolvimento e formas de financiamento. […]

Navios-patrulha do Brasil e da França em operação contra pesca ilegal

Segundo nota divulgada pelo Ministério da Defesa da França nesta segunda-feira, 20 de outubro, o navio-patrulha La Capricieuse da Marinha Francesa […]

Rússia diz que submarino ‘misterioso’ na Suécia é da Holanda, mas holandeses negam

A Rússia foi acusada de ter enviado o submarino ao local, mas negou. Porém, segundo jornal sueco, a Holanda também […]

Compre agora sua revista Forças de Defesa número 11

Outra revista igual a essa, só daqui a 100 anos! A Revista Forças de Defesa 11ª edição de 140 páginas na versão impressa […]

Suecos investigam presença de submarino estrangeiro perto de sua capital

Submarino estrangeiro estaria operando no Arquipélago de Estocolmo, do qual faz parte a capital da Suécia, o que levou ao […]

Mora em Brasília ou está na cidade? Então experimente um simulador da Marinha

Simulador de Aviso de Instrução, utilizado pelos aspirantes da Escola Naval no Rio de Janeiro (RJ), além de maquete da […]