Operação Verão 2012/2013

Lancha da Capitania Fluvial do Rio Paraná durante Inspeção Naval no Rio Iguaçu

Anualmente, a Marinha do Brasil realiza, no período de dezembro a março, a Operação Verão, intensificando as ações preventivas de orientação e as ações de fiscalização do tráfego aquaviário, nas áreas de maior concentração de embarcações em todo o País, com o objetivo de minimizar a possibilidade de ocorrência de acidentes náuticos e as infrações à Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário (LESTA).

Neste período, as 63 Capitanias dos Portos, Delegacias e Agências, em todo o Brasil, promovem campanhas de conscientização e ministram palestras em colônias de pescadores, entidades náuticas e marinas, a fim de criar um maior comprometimento dos condutores com a segurança da navegação e a prevenção da poluição no meio ambiente marinho. Durante todo o ano, e especialmente nesta Operação, são realizadas ações de fiscalização e de presença, executadas pelas equipes de Inspeção Naval, com o emprego de diversos Navios-Patrulha, Avisos de Patrulha, Lanchas, Flexboat e Motos-aquáticas da Marinha do Brasil.

Nestas inspeções administrativas são verificados, principalmente, a habilitação dos condutores, a documentação da embarcação, o material de salvatagem (coletes e bóias), os extintores de incêndio, as luzes de navegação, a lotação, o estado da embarcação e o cumprimento das normas de segurança por parte dos seus condutores.

Na presente Operação, foram abordadas 85.137 embarcações, das quais 10.338 encontravam-se com irregularidades, tendo seus condutores sido notificados. Foram aplicados 6.437 Autos de Infração, apreendidas 1.518 embarcações e abertos 222 Inquéritos Administrativos. Comparando com a Operação Verão 2011/2012, cujas abordagens totalizaram 55.992 embarcações, houve um aumento de 52% nas ações de fiscalização. As apreensões aumentaram de 782 para 1518, o que representa acréscimo de 94%.

Ao aliar medidas educativas e de orientação com ações de presença, a Operação Verão proporciona que as normas voltadas à segurança da navegação e as atividades de fiscalização executadas pela Marinha do Brasil sejam mais facilmente compreendidas e assimiladas pelos condutores de embarcações, o que tem contribuído, de forma significativa, para a redução de acidentes náuticos.

O cidadão que identificar ou tomar conhecimento de qualquer tipo de irregularidade ou infração à segurança do tráfego aquaviário deve comunicar o fato à Organização Militar da Marinha do Brasil mais próxima, para averiguação e adoção das medidas cabíveis.

Outro aspecto importante, que deve ser ressaltado, é que o modo correto e seguro para a obtenção da habilitação de amador, por qualquer cidadão, é dirigir-se a uma Agência, Delegacia ou Capitania dos Portos. Qualquer Carteira de Habilitação de Amador obtida de outro modo poderá ser apreendida e o portador enquadrado em crime previsto na legislação brasileira.

No link http://www.dpc.mar.mil.br/CDA/rela.htm estão disponíveis os endereços e número telefônicos das diversas unidades da Marinha do Brasil relacionadas à segurança do tráfego aquaviário.

Fonte: Diretoria Geral de Navegação/MB

Tags:

Estudante de Psicologia, colaborador em Natal-RN do Forças de Defesa.

One Response to “Operação Verão 2012/2013” Subscribe

  1. adrianobucholz 21 de março de 2013 at 8:35 #

    Pois é, me “pegaram” com o extintor de incêndio vencido!! Aqui na região (Oeste do Paraná) nunca foi tão rigorosa a fiscalização, mas ta certo como estão fazendo agora!!!

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Amazul e FDTE assinam acordo para participar do programa do submarino nuclear brasileiro

A Amazul – Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. e a FDTE – Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia […]

Revista Forças de Defesa número 11 em versão digital: para iPad, iPhone e Android

A revista Forças de Defesa também está disponível para download pelo aplicativo O Jornaleiro, disponível para iPad, iPhone e smartphones/tablets […]

Museu Aeroespacial incorpora helicóptero da Marinha ao acervo

Em solenidade, no mês de agosto, o Museu Aeroespacial incorporou ao acervo histórico a aeronave Sikorsky SH-3 Sea King, doado […]

Projetos em Segurança e Defesa Nacional são temas de chamada Pública

Trabalho pode se estender por até dois anos. Ideia é que investigações científicas sejam formadas por equipes interdisciplinares O ministro […]

Conheça a história e o futuro da Força de Submarinos da Marinha do Brasil

Nunca antes neste país publicaram uma série de matérias sobre o tema nesta profundidade! A Força de Submarinos da Marinha […]

Navantia começa quarta grande revisão do submarino espanhol Tramontana

Submarino é quarto e último da classe ‘Galerna’ (S 70), baseada na francesa ‘Agosta’, havendo ainda três em serviço na […]