b8d88cde8afd4d1b892e229ea2d8c2d4-576x0

A fragata tipo 23 HMS Richmond, da Marinha Real britânica, realizou com sucesso o disparo de dois mísseis superfície-ar Sea Wolf como parte de treinamentos realizados no litoral sudoeste do Reino Unido.

O primeiro míssil disparado foi carregado com sensores para captação de dados acerca da performance do sistema. As informações serão posteiormente analisadas pela Maritime Commissioning Trials and Assessments (MCTA), autoridade da Marinha Real encarregada de avaliar e validar o desempenho do equipamento. O segundo disparo foi com um míssil convencional, e ambos atingiram com sucesso alvos do tamanho de uma bola de críquete se movendo a velocidades supersônicas.

O HMS Richmond permanece no mar, em preparação para o Exercise Joint Warrior – um grande exercício naval multinacional a ser realizado no litoral da Escócia.

a5262165564f4713ab87d908cbb9a78f-576x0

8d311a4ce41f4fcba0da898345fa570e-576x0

3438578acfd34ba991204a02abdb8db3-576x0

FONTE: royalnavy.mod.uk (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

2 Comentários para “HMS ‘Richmond’ realiza testes com sistema de mísseis Sea Wolf”

  1. joseboscojr 27 de março de 2013 at 21:33 #

    Uma bola de críquete em velocidade supersônica quase ao nível do mar?!!!
    Tá bom!

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Israel encomenda patrulheiro ‘sob medida’ derivado da corveta alemã MEKO 100

TKMS MEKO OPV

Em uma rara demonstração de flexibilidade, o grupo alemão Thyssen Krupp Marine Systems (TKMS) aceitou fabricar para a Marinha de […]

DGMM reúne almirantes para discutir orçamento e planos de contingência

F Bosísio (F 48)

  O diretor geral de Material da Marinha, almirante Luiz Guilherme Sá de Gusmão, reúne sua equipe de almirantes esta […]

Precisamos, para já, de 4 (bons) navios usados

maestrale

  Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa e autor do livro “As Garras do Cisne” Parece […]

Navio-veleiro Cisne Branco aberto à visitação em Santos neste final de semana

Cisne Branco (2)

A Capitania dos Portos de São Paulo informou em nota à imprensa que o navio-veleiro Cisne Branco da Marinha do […]

Marinha peruana estuda três opções para renovar sua força de superfície

DE_LA_PENNE__5____a

  Não é só a Esquadra brasileira que necessita equacionar a renovação de sua força de superfície em um cenário […]