Payday loans online

phib-group

Imagens  ilustrativas de um eventual Wasp ESG (Expeditionary Strike Group),  capitaneado pelo proprio USS ‘Wasp’ (LHD 1), composto pelo USS ‘San Antonio’ (LPD 17) e um LCAC, escoltados pelo CT USS ‘Roosevelt’ (DDG 80) .

phib-group-2g

Os modelos na escala 1/1250 pertencem ao nosso amigo Dalton Luiz que gentilmente enviou as fotos para mostrar na proporção as dimenções de um classe San Antonio em relação a um classe Wasp, um LCAC  e um CT classe Arleigh Burke.

phib-group-3

As fotos possibilitam também visualizar o espaço disponível do convôo dos classe San Antonio em relação a operação com os helicopteros CH 53 do USMC, sua ocupação de area x tamanho da aeronave e ao mesmo tempo sua proporçao  em relação ao SH 60.

phib-group-4

Fotos: Dalton Luiz

 

27 Responses to “Wasp Expeditionary Strike Group – Proporções dos meios” Subscribe

  1. Carvalho2008 8 de maio de 2013 at 14:36 #

    Parabéns ao Dalton pela sua coleção!!

    O Brasil deveria investir na continuidade evolutiva destes LHD´s e cometer um passo a mais que o Cavour, BPE Juan e Camberra…ou seja, além da SkyJump, desenharia um convés em angulo e adicionaria cabos de parada. Assim, teríamos um LHD com potencial Stobar.

    Com 3 unidades destas, poderiamos esquecer os planos de 02 Nae convencionais + 02 Multitarefa da MB , o Ceara, Rio de Janeiro, Matoso, etc…

  2. MO 8 de maio de 2013 at 16:33 #

    porra os Santo Anthony sao gradões olha ele do lado do Wasp …

  3. Bosco 8 de maio de 2013 at 19:01 #

    Convoo do AB parece pequeno.

    Parabens Almirante!

  4. Sayd_Jarrad 8 de maio de 2013 at 19:27 #

    Fantastico Dalton..Parabens?..

    Vc mesmo que fez ou foi por encomenda?

  5. Sayd_Jarrad 8 de maio de 2013 at 19:27 #

    ops..eu quis dizer Parabens*

  6. GUPPY 8 de maio de 2013 at 19:57 #

    Confirmado! Dalton é Almirante mesmo. Usei as imagens para explicar a idéia de escala.
    Congratulations.

  7. Dalton 8 de maio de 2013 at 20:02 #

    Sayd…

    esses navios são na verdade de metal, são fabricados na Alemanha, já vem prontos e pintados e são distribuidos inclusive nos EUA.

    A grande vantagem é que é possivel colocar dezenas um ao lado do outro para comparações sem falar que é mais fácil guarda-los, mas
    tem um problema:

    Para vc ter uma ideia, o LHD está na faixa de 140 dólares, sem as aeronaves. O LPD na faixa de 100 dólares e o DDG 70 dólares…
    hoje em dia.

    Por um tempo fui tomado por uma espécie de compulsão doentia, mas ao iniciar a coleção nem casado era e nem tinha a filha que tenho hoje.

    Então faz muitos anos que não compro nenhum mais e livrei-me dessa compulsão que o MO conhece muito bem também!

    abraços

  8. Ivan 8 de maio de 2013 at 21:32 #

    Dalton Expeditionary Strike Group

    Congratulations, Admiral!

    Um tesouro magnífico.
    E um privilégio para todos nós, entusiastas, observar as fotos de sua esquadra com toda esta riqueza de detalhes. Só a comparação tridimensional que podemos formar é incrível.

    Grato,
    Ivan, a old infantryman.

  9. Bosco 8 de maio de 2013 at 21:39 #

    Daltão,
    E aqueles probleminhas que a classe San Antonio apresentou, foram resolvidos?

  10. Dalton 8 de maio de 2013 at 22:08 #

    Obrigado a todos !

    Tive essa ideia depois que o Ricardo, que ainda não apareceu, pediu uma foto de um Burke e um San Antonio lado a lado e esses modelos são bons para comparações.

    Bosco…de fato os primeiros da classe tiveram problemas e atrasos e mais problemas, mas foram retificados.

    Em dezembro passado o USS New York retornou de uma comissão de
    9 meses. O USS Green Bay está retornando agora de uma comissão de
    8 meses e o primeiro, o USS San Antonio encontra-se agora no Golfo Pérsico e recebeu já duas “Battle E”.

    São um grande avanço quando comparados aos velhos “Austins” e
    há planos de que os novos LSDs poderão ser baseados nos San Antonios.

    abraços

  11. RRepublicano 8 de maio de 2013 at 22:37 #

    Dalton,
    você os comprou em algum site? Quem sabe surge mais um compulsivo por aqui.
    Parabéns pela seu ESG.

  12. Dalton 8 de maio de 2013 at 22:48 #

    RRepublicano…

    sinceramente espero que ninguem passe pelo que passei !

    Grande parte trouxe de algumas viagens que fiz aos EUA…minha irmá mora lá e assim pedia para enviarem a ela que guardava os pedidos
    até eu chegar e trazer com toda segurança.

    Mas também encomendei atraves de representantes mas aí se a Receita entrar na parada tem o imposto ainda.

    Dá uma olhada no site MSM – Morning Sunshine Models.

    Os modelos encareceram muito depois que parei de colecionar !

    abraços

  13. Ricardo Cascaldi 8 de maio de 2013 at 23:54 #

    Agora que vi!

    Muito obrigado Dalton! Sanou uma dúvida que vinha coçando a muito tempo.

    Realmente é impressionante. O AB parece uma fragatinha perto desses dois. Imaginem uma F-40 da vida passando do lado… até medo.

    Bela coleção, parabéns e grande abraço a todos!

  14. Sayd_Jarrad 9 de maio de 2013 at 1:22 #

    Dalton,

    Muito obrigado pelas informações. Bem, quanto ao preço não chega a ser caro comparando-se com o Lucro Brasil. Também teno vontade de fazer coleções de Miniaturas tanto na area Naval mas também Areo e Terrestre, um sonho de adolescente e toda vez que vejo uma miniatura dessa eu babo rsrs.

    Fica na paz Almirante.

  15. Sayd_Jarrad 9 de maio de 2013 at 1:25 #

    Desculpem mais uma vez quanto aos erros. Eu escrevo as vezes muito rápido e não percebo o erro.

    Onde está escrito teno é tenho e onde está escrito Areo é Aereo.

    Saudações

  16. Corsario137 9 de maio de 2013 at 11:30 #

    Caramba, que coleção, parabéns!!!

    Me identifiquei com o drama. Tenho tanto “brinquedo” que não tenho onde mais colocar. Também estou melhorando da minha compulsão. Só F-14, eu tenho em 3 escalas diferentes.

    Além disso sou viciado em Lego Technic, tenho um S92, Unimog, Hummer…

    Navio ainda é novidade pra mim. Sua coleção já é uma boa inspiração.

  17. MO 9 de maio de 2013 at 12:23 #

    hehehehe, pq sera que nao fico surpreso com isso … kkkk (não esquentao Dalton sabe do que to falando) .. rsssss

  18. MO 9 de maio de 2013 at 12:28 #

    alias MSN models sempre comprei os meus la sem problemas nenhuma, o George é gente boa pacas

  19. Dalton 9 de maio de 2013 at 12:52 #

    MO…

    o George deixou os negócios e vendeu a MSM para o Bill Werner e apesar de nunca ter comprado com ele até porque parei mesmo, o bom serviço continua segundo declarações.

    No mais é bom saber que além de nós tem o Corsário também que
    nos compreende justamente por ter passado o que passamos.

    Lembro que no inicio eu queria apenas um representante dos cruzadores leves da Kriegsmarine por exemplo…escolhi um classe “K”…mas em poucos meses comprei o Leipzig, o Nurnberg e o Emden !

    Faz anos agora que vejo os modelos novos numa boa e não compro…e olha que nem frequentei a Associação dos compradores compulsivos
    de miniaturas :)

  20. MO 9 de maio de 2013 at 14:06 #

    powtis, eu sei Dalton, é chato saber que tem mas a famia, filhos, cachorros, etc .. mudam tudo … aquele careta tem/tinha o Koln pra vender .. tbm me cossei … mas eh o tal negocio, depois de esposa, filhos, cachorros and etc … fica defisel mesmo….
    Os meus 1/1250 em sua maioria sao mercantes, mas com certeza os 1/1250 sao bem melhores para manter and guardar, tenho um quarto inteiro em casa entulhado com 1/350 e 1/200, os quais renderam um elefante esposa (due tromba) em casa …

  21. Ozawa 12 de maio de 2013 at 17:04 #

    Pois é Dalton ! Que belo lugar você encontrou para falar de sua superação na compulsão de “diecasts” de aeronaves e navios de guerra… No meio de “viciados compulsivos”… Não conhecia a “MSM” e olha que eu vasculho ese mundo, ou pensei que vasculhasse, bem… Pois acabo de me comunicar com eles (Bill Werner) por email… Não resisti e fui dar uma olhada no site, em que pese não tenha tanta atração por modelos 1:1250, mas aquele do ‘IJN Akagi’ com a típica pintura vistosa dos convôos dos Naes japoneses da IIGM e a bandeira do sol nascente desfraldada na popa, e tudo sobre uma base de madeira com um acabamento refinado é es-pe-ta-cu-lar !

    Ficará próximo de meus ‘zeros’ e de um piloto japonês em uniforme de vôo… O espaço dedicado ao “sol nascente” aqui em casa…

    Não resisti a mais um ataque do IJN Akagi… Mesmo após Midway ele continua fazendo vítimas…

  22. daltonl 12 de maio de 2013 at 18:20 #

    Caro Ozawa…

    pelo visto vc encantou-se com um “special edition” do IJN Akagi que como vc deve ter observado é bem mais caro do que um “regular model”, mas se a intenção é ter apenas um modelo certamente ele fará uma melhor figura com todo aquele rigging, bandeiras, base de madeira com o nome e protegido por uma cobertura transparente.

    Como eu queria bem mais do que um modelo da IJN optei pelos “regular models” mesmo assim o IJN Akagi é provavelmente o mais belo modelo
    fabricado pela Neptune seguido de perto pelo IJN Kaga.

    grande abraço e parabéns !

  23. Ozawa 12 de maio de 2013 at 19:09 #

    Caro Dalton, o que não dizer da “special edition” do ‘Zuikaku’, e mesmo dos “regular models” do ‘Chiyoda’ e do ‘Chuyo’…

    Para onde se olha na “Rengo Katai” os entusiastas só visualizam potenciais “alvos”…

    Tive que ser seletivo nos alvos de momento pela restrição de uso das “munições”…, utilizadas contra “escalas maiores e em alvos aéreos”…

    Vi o “special edition” IJN Akagi, e falei: É esse ! Tora ! Tora ! Tora !

    Um grande abraço e obrigado pela dica !

  24. MO 12 de maio de 2013 at 20:07 #

    foi pcado ozawa pelo bixin … hehehe, benvindo ao clube …

  25. Ozawa 12 de maio de 2013 at 21:22 #

    rsrsrs ! Caro MO, na verdade já fui picado por esse ‘bixin’ há algum tempo. Tenho 2 modelos do USS Hornet, em escala 1:350, da Meriti, nas versões “Doolittle Raid” (special edition) e “Battle of Midway”, aquela com B-25′s no convôo e esta com seu grupo aéreo regular de F4F-Wildcats, SBD3-Dauntless e TBD1-Devastator.

    Coloquei-os, ambos, em caixas de madeira, até a altura da linha d’água e montei meus próprios dioramas com papel celofane azul e algodão. Navegando a toda força ! Modéstia à parte ficaram show ! E ainda estão ladeados, cada qual, por Pilotos Navais e do Corpo Aéreo do Exército, em escala 1:6…

    Então, esse ‘bixin’ já me picou faz tempo…

  26. MO 13 de maio de 2013 at 13:43 #

    pra ce gver, to aqui tbm tentnado me controlar, fotografei este supramax aqui:, o Mystic Striker http://santosshiplovers.blogspot.com.br/2013/05/mv-mystic-striker-c6xx5.html e para minha surpresa o MSM tem exatamente o proprio … ahhh vo ficar maluko e usd 100 mais pobre …http://www.msmships.com/product_info.php?cPath=1_9_102&products_id=16227

  27. MO 13 de maio de 2013 at 16:30 #

    xi ozawa si confundi e postei o mystic striker instead do virtuos striker, mas é da mesma classe, posto depois o virtuous …

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Revista Forças de Defesa número 10

O Gripen, escolhido como novo caça da FAB, volta à capa de Forças de Defesa, onde esteve em nosso primeiro […]

Simpósio promovido pela Marinha Chinesa aprova código sobre encontros não-planejados no mar

Chefes e representantes de Marinhas de 25 países começaram dia 22.04, na China, o 14º Simpósio de Marinhas do Oeste Pacífico. […]

Veleiro Cisne Branco representa o Brasil no encontro ‘Velas Latino-americanas’

Oito veleiros do Brasil, Argentina, Equador, México e Venezuela chegaram à costa de Lima, no Peru, para a exibição ‘Velas […]

França aceita mulheres em submarinos e elimina bastião masculino na Marinha

Após mais de um século de presença exclusivamente masculina nos submarinos franceses, a Marinha do país decidiu acabar com um […]

BNN encerra PMG do RbAM ‘Triunfo’

Em 1º de abril, foi encerrado o Período de Manutenção Geral (PMG) do Rebocador de Alto Mar (RbAM) “Triunfo”, o […]

Oficial do EsqdHS-1 ministra palestra a bordo do Submarino ‘Tapajó’

No dia 14 de março, o Submarino “Tapajó” recebeu a visita do Encarregado da Divisão de Voo do Comando do […]

CIAMA realiza adestramento de escape de submarino com militares da Marinha da África do Sul

No dia 13 de março, o Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché (CIAMA) realizou um adestramento de […]

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE