brasil-U27-ml-15-06-13-6 copy

Imagens do NE ‘Brasil’ (U 27) atracado no cais do armazém 25 no Porto de Santos na tarde de sábado, 15/06.

brasil-U27-ml-15-06-13-11 copy

Para ver mais imagens: http://santosshiplovers.blogspot.com.br/2013/06/ne-brasil-u-27-pwbl-atracado-no-cais-do.html

brasil-U27-ml-15-06-13-7 copy

brasil-U27-ml-15-06-13-1 copyFOTOS: Marcelo ‘MO’ Lopes -15/06/2013

 

22 Responses to “NE ‘Brasil’ (U 27) / PWBL – Atracado em Santos” Subscribe

  1. MO 17 de junho de 2013 at 22:16 #

    Uma pergunta que me deixou curioso, as imagens são de aproximadamente 6h a´pos o navio ter atracado, há alguma razão especial para a bandeira nacional estar no mastro principal e não no de popa ?

  2. Rafael M. F. 17 de junho de 2013 at 23:30 #

    O-T

    Marinha do Brasil em 1914: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/d/da/Brazilian_Navy_1914.PNG/800px-Brazilian_Navy_1914.PNG

  3. aldoghisolfi 18 de junho de 2013 at 7:37 #

    MO: bom dia.

    Boa pergunta.

    Informa a Net que a bandeira deve estar hasteada à popa quando o navio estiver fundeado; quando navegando é arvorada no penol da carangueja ou no mastro principal.

  4. eduardo.pereira1 18 de junho de 2013 at 7:53 #

    Os marinheiros nao teem adestramento de tiro nesse navio nao? Nao vejo nenhum canhao ou lançador .

  5. MO 18 de junho de 2013 at 11:43 #

    so se adestra AT ? procure AR do passadiço … Massss eu acho que meio que entendi o que vc perguntou, o problema tbm seria definir pergunta = adestramento de tiro = ok, com o que = pistola, fuzil, canhão = se sim tem os tres casos, agora canhãozaum, ai não tem :-)

  6. MO 18 de junho de 2013 at 11:45 #

    fundeado ou atracado, mas ele tinha atracado ao redor das 0845h e naquela foto era cerca de 1440h … estou realmente curioso de saber pq

    Algum SI para dar uma ajudinha ai … ?

  7. edurval 18 de junho de 2013 at 14:01 #

    MO,

    Poderia me explicar qual a missão dessa Nave?

    Obs.: O nome Brasil pra mim deveria ser reservado para um PA.

  8. aldoghisolfi 18 de junho de 2013 at 14:16 #

    MO: apesar de navio-escola, pode ser relaxamento de aluno ou grumete (EAM)…

  9. daltonl 18 de junho de 2013 at 14:25 #

    Não Aldo, não é “relaxamento”, há outras fotos em outras ocasiões mostrando diversos navios nessa mesma configuração inclusive navios da US Navy atracados, ostentando a bandeira nacional no mastro principal mas até hoje não descobri uma fonte descrevendo o motivo dessa variação.

  10. daltonl 18 de junho de 2013 at 14:37 #

    ocorreu-me que estamos no mês comemorativo da Batalha do Riachuelo,
    sei que navios as vezes podem receber um embandeiramento diferenciado em ocasiões especiais, mas é puro palpite.

  11. Fernando "Nunão" De Martini 18 de junho de 2013 at 15:44 #

    “edurval disse:
    18 de junho de 2013 às 14:01
    MO,
    Poderia me explicar qual a missão dessa Nave?
    Obs.: O nome Brasil pra mim deveria ser reservado para um PA.”

    Edurval, sugiro consultar o link abaixo. Se após a leitura persistir a dúvida, pode repetir a pergunta ao MO que eu acredito que ele terá prazer em responder.

    Boa leitura!

    http://www.naviosbrasileiros.com.br/ngb/B/B064/B064.htm

  12. aldoghisolfi 18 de junho de 2013 at 16:07 #

    daltonl: boa tarde.

    Não acredito na tese da Batalha do Riachuelo, se bem que também já vi muita coisa a esse respeito, inclusive duas bandeiras hasteadas simultaneamente.
    ——————————————————————————————————
    DECRETO Nº 4.447, DE 29.10.2002 (aprova o Cerimonial da Marinha do Brasil):

    Art. 2-2-3

    Local de hasteamento

    Salvo quando este Cerimonial dispuser em contrário, o local de hasteamento é:

    I – o pau da bandeira, disposto à popa, nos navios no dique, fundeados, atracados ou amarrados;

    II – o mastro de combate ou o penol da carangueja do mastro principal, nos navios em movimento;
    ——————————————————————————————————

  13. MO 18 de junho de 2013 at 18:41 #

    mas ai seria o embandeiramento em gala e não (em teoria, acho…) apenas a bandeira nacional no mastro principal, alem de ser tbm no dia 15 …

  14. MO 18 de junho de 2013 at 18:42 #

    não Aldo, pouco provavel isso, alem do que retiraram o indicativo, no primeiro cabo em terra, como de praxe (o PWBL)

  15. MO 18 de junho de 2013 at 18:44 #

    Oi Edurval, penso que o NGB deva ter te esclarecido já, conforme post do Fernandinho, qqr duvida remanescente, so perguntar … Eu particularmente acho que no NE se aplicou bem o nome e penso que ficaria estranho em um NAe

  16. daltonl 18 de junho de 2013 at 19:47 #

    MO…

    lá na US Navy tem ocasiões em que eles embandeiram em arco o que eles chamam de “full dress ship” ou colocam apenas a bandeira nacional no mastro principal “dress ship” em ambos os casos quando o navio está atracado ou ancorado além do “Jack”.

    Tudo depende da importância da data entre outras coisas e como há algumas similaridades de protocolo, pode ser que seja o caso, com o NE Brasil, mas é uma pena não termos uma confirmação.

  17. MO 18 de junho de 2013 at 20:05 #

    pois é Dalton, temos aqui o full e o half gala, mas aparentemente nao eh nem um nem outro, continuo na esperança que algum SI aparece e esclareça, Abs

  18. andreselles 19 de junho de 2013 at 9:08 #

    A Bandeira Nacional é mantida no mastro principal no caso do impedimento de utilização do pau da Bandeira, na popa.

    Na ocasião em questão não é possível utilizar o pau da Bandeira em virtude do toldo montado no convoo.

  19. daltonl 19 de junho de 2013 at 10:34 #

    Grato André…

    mas há uma foto no NGB quando o NE Brasil esteve em Baltimore onde o toldo também está completamente extendido e o pau da bandeira pôde ser usado então pode ser também uma questão de escolha já que o toldo
    deve dificultar mas não necessariamente impedir.

  20. daltonl 19 de junho de 2013 at 10:37 #

    extendido com “x” foi mal !

  21. aldoghisolfi 19 de junho de 2013 at 10:54 #

    daltonl, bom dia.

    E a situação se repete no caso do NE. O toldo está estendido e, claramente, não impediria o hasteamento da bandeira.

    ————————————————
    Extendido é com ‘x’ mesmo! Estendido é que é com ‘s’.

    Brincadeira.

  22. andreselles 21 de junho de 2013 at 9:31 #

    Realmente o toldo não impede a utilização, mas faria com que a Bandeira ficasse enroscada/ embolada, causando um mal “aspecto marinheiro”. A Marinha preza muito por isso e assim, para evitar esse problema, pode-se optar por içá-la no mastro principal.
    Se em outras situações ela estava ali, pode ser que a direção do vento não a atrapalhasse de tremular livremente, ou mesmo pode ter ocorido um dia onde não havia vento, ou ainda um Oficial de Serviço descuidado que, vendo a Bandeira enroscada, não tomou as devidas providências.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

China pretende estreitar laços militares com Irã, diz mídia chinesa

PEQUIM (Reuters) – A China quer ter laços militares mais estreitos com o Irã, disse o ministro da Defesa chinês […]

Submarino alemão é encontrado afundado na costa dos EUA

  Pesquisadores informaram nesta terça-feira (21) a descoberta de um submarino alemão e de um cargueiro nicaraguense que afundaram na […]

Fotos do Navio de Pesquisa Hidroceanográfico ‘Vital de Oliveira’ em construção na China

Confira as fotos do lançamento ao mar do Navio de Pesquisa Hidroceanográfico “Vital de Oliveira” em Xinhui, na China. O […]

Baixe 7 edições da revista Forças de Defesa e doe quanto quiser

Agora você poderá baixar para o seu computador, tablet ou smartphone as melhores reportagens da nossa revista impressa Forças de […]

Em fórum na Fiesp, Estado-Maior da Armada destaca a importância da indústria em projetos da Marinha

Por Dulce Moraes e Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp Representantes do órgão apresentam projetos em desenvolvimento e formas de financiamento. […]

Navios-patrulha do Brasil e da França em operação contra pesca ilegal

Segundo nota divulgada pelo Ministério da Defesa da França nesta segunda-feira, 20 de outubro, o navio-patrulha La Capricieuse da Marinha Francesa […]