23430

Começou na França construção do segundo dos dois porta-helicópteros de desembarque da classe Mistral – destinados à Marinha russa, .

A cerimônia marcando o início dos trabalhos no navio, batizado de Sevastopol, aconteceu hoje nos estaleiros de Saint-Nazaire.

A construção do primeiro Mistral para a Rússia – o Vladivostok – começou em fevereiro de 2012. Espera-se que a companhia DCNS termine sua construção em 2014, e que o Sevastopol seja lançado na água em 2015.

FONTE: Voz da Rússia (adaptação do Poder Naval)

VEJA TAMBÉM:

Tags: , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

3 Comentários para “DCNS começa construção do segundo Mistral para Rússia”

  1. Wagner 18 de junho de 2013 at 12:41 #

    Isso aí, um help da França para acelerar na recuperação da Mãe RÚSSIA.

    :)

  2. nunes neto 19 de junho de 2013 at 23:07 #

    Wagner,Help? Para mim help é o que o Brasil faz com os países da África, perdoando as dívidas , ou com alguns de nossos vizinhos doando material militar, agora se o cara está pagando por um produto,não é help,é comércio,ao melhor estilo de mulher da vida “se pagar bem, que mal tem?”, a Rússia está pagando e muito bem a França , eu acho que ai é uma mão lavando a outra, a industria naval francesa está recebendo um help do governo Russo ;). Abçs

  3. Wagner 20 de junho de 2013 at 11:07 #

    rss isso mesmo Nunes, vc está certo.

    abços também.

    :)

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Crise econômica paralisa renovação da Marinha venezuelana

PC 22 Warao da Venezuela - destaque foto Nunão - Poder Naval

  As graves dificuldades econômicas vivenciadas pela sociedade venezuelana – motivadas pela queda do preço do barril do petróleo (produto […]

Velejador é resgatado após ataque de tubarões em alto mar

NPa Macau

Marinha, através do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN), realizou o resgate de um velejador que estava à deriva, a […]

França admite reforçar arsenal por meio de leasing

FREMM-Normandie - foto DCNS

O chefe do Estado-Maior de Defesa da França, general do Exército Pierre de Villiers, disse nesta sexta-feira (30.01), que o […]

O monitor Parnaíba e a Base Fluvial de Ladário – parte 1

Parnaíba - perfil a boreste na Base Fluvial de Ladário - foto Nunão - Poder Naval - Forças de Defesa

Nova série de matérias do Poder Naval começa mostrando o armamento principal do monitor Parnaíba   Por Fernando “Nunão” De Martini […]

Argentina quer suas OPV classe Malvinas de emprego dual

P18N

O comando da Armada Argentina quer que a sua nova classe de navios-patrulha oceânicos (OPV, na sigla em inglês) de […]