Panamax_02

Aproximadamente 160 militares dos Estados Unidos e mais 19 países chegaram ontem (12) à sede do Comando do Sul da Marinha americana para o início da operação PANAMAX 2013.

OS EUA e nações amigas treinarão a execução de operações de manutenção da estabilidade na região, a fim de reforçar a interoperabilidade entre as equipes multinacionais para atuação em operações internacionais complexas.

Além dos aspectos operacionais, a edição deste ano da PANAMAX procura reforçar a cooperação e o entendimento entre as Forças participantes. Ao longo do exercício, o comandante da 4ª Frota da US Navy, contra-almirante Sinclair Harris, chefiará as chamadas Forças Multinacionais do Sul.

“Os governos das nações integrantes da PANAMAX compartilham interesses, e esses exercícios fortalecem laços ao promoverem cooperação e entendimento mútuo entre as forças navais”, declarou Harris.

A PANAMAX é promovida anualmente pelos Estados Unidos. Em 2013 os participantes são: Argentina, Belize, brasil, Canadá, Chile, Costa Rica, Equador, El Salvador, Estados Unidos, França, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai e República Dominicana.

A operação se encerra no próximo dia 16.

FONTE: Naval Today (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

8 Comentários para “Começou a operação ‘PANAMAX’ 2013”

  1. nunes neto 13 de agosto de 2013 at 18:50 #

    Na foto temos, 1 navio argentino, um americano e dois colombianos?

  2. daltonl 13 de agosto de 2013 at 19:42 #

    O navio da vanguarda é equatoriano, uma fragata classe Leander que já pertenceu a marinha chilena.

    Os outros dois são chilenos com a fragata da US Navy ao fundo.

    abs

  3. daltonl 13 de agosto de 2013 at 19:59 #

    Pensando melhor…o navio do meio entre a fragata da US Navy e o chileno é peruano.

  4. nunes neto 13 de agosto de 2013 at 20:39 #

    A bandeira parece a do Chile

  5. Rafael M. F. 14 de agosto de 2013 at 8:17 #

    Vídeo da explosão:

  6. Rafael M. F. 14 de agosto de 2013 at 8:19 #

    Outro vídeo:

  7. João Filho 14 de agosto de 2013 at 9:16 #

    Off topic:
    MUMBAI – Eighteen Indian sailors were trapped and some were killed after an explosion and fire on a diesel-powered submarine berthed at a base in Mumbai on Wednesday.
    Defense Minister A.K. Antony said crew members inside the Russian-built INS Sindhurakshak had died.

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Marinha peruana estuda três opções para renovar sua força de superfície

DE_LA_PENNE__5____a

  Não é só a Esquadra brasileira que necessita equacionar a renovação de sua força de superfície em um cenário […]

Cerimônia de incorporação do Navio de Pesquisa Hidroceanográfico ‘Vital de Oliveira’ à Marinha do Brasil

Vital de Oliveira - 1

  Em uma cerimônia de batismo, mostra de armamento e transferência para o setor operativo, o Navio de Pesquisa Hidroceanográfico […]

Ministério da Defesa menos otimista com as chances do Prosuper em 2015

FREMM 523b

Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa e autor do livro “As Garras do Cisne” Passam os […]

Grã-Bretanha vai investir mais de R$ 1 bilhão na defesa das Ilhas Malvinas

Falkland_islands_250m

A Grã-Bretanha vai gastar £ 280 milhões (R$ 1,3 bilhão) nos próximos dez anos para reforçar a defesa das Ilhas […]

Parceria BAE Systems/Ares fornecerá canhões Mk.4, de 40 mm, à Marinha

Bofors MK4

Dentro de mais três semanas o grupo BAE Systems Bofors AB assina com a Marinha do Brasil, no Rio de […]