Type 214 - 1

A Marinha da Coreia do Sul lançou hoje seu novo submarino tipo 214. O Kim Jwa-jin é o quarto navio do projeto, que tem a finalidade de reforçar as capacidades de guerra submarina contra ataques da Coreia do Norte.

O lançamento aconteceu no estaleiro da Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering na ilha de Geoje, próxima ao porto de Busan, ao sul do país. Participaram da cerimônia a presidente sul-coreana, Park Geun-hye, o ministro da Defesa, Kim Kwan-jin, além da filha e o neto do general que dá nome ao submarino.

Kim Jwa-jin pode rastrear cerca de 300 alvos simultaneamente, e é equipado com sistemas de mísseis contra alvos em terra, além de torpedos e sistema de sonar para missões de combate, vigilância e reconhecimento. O sistema de propulsão AIP dá mais autonomia e alcance à embarcação durante desdobramentos..

A previsão é de que o submarino seja comissionado à Marinha no segundo semestre de 2014, e passe a operar em 2015. Atualmente, a Coreia do Sul conta com mais de 10 submarinos do tipo 209, com deslocamento de 1.200 toneladas, e do tipo 214, de 1.800 toneladas. A Força ainda planeja adquirir mais nove submarinos pesados de ataque – com deslocamento de 3 mil toneladas – até 2020.

Acredita-se que a coreia do Norte tenha em torno de 70 submarinos, e um deles é suspeito de ter lançado um torpedo contra uma corveta sul-coreana em março de 2010. O incidente matou 46 tripulantes.

FONTE: Agência Yonhap (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

2 Comentários para “Coreia do Sul lança quarto submarino de ataque tipo 214”

  1. eduardo.pereira1 13 de agosto de 2013 at 16:49 #

    Este submarino é um queijo suiço uai pra acertar 300 alvos ao mesmo tempo só tem baia de misseis pelo corpo do bicho todo até os marinheiros devem ficar entre os misseis, cheio de buraco !!rs

    TREZENTOS ???
    Sds.

  2. Galante 13 de agosto de 2013 at 17:14 #

    Eduardo, na verdade ele capaz de rastrear e não atingir 300 alvos ao mesmo tempo.

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

DGMM reúne almirantes para discutir orçamento e planos de contingência

F Bosísio (F 48)

  O diretor geral de Material da Marinha, almirante Luiz Guilherme Sá de Gusmão, reúne sua equipe de almirantes esta […]

Precisamos, para já, de 4 (bons) navios usados

maestrale

  Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa e autor do livro “As Garras do Cisne” Parece […]

Navio-veleiro Cisne Branco aberto à visitação em Santos neste final de semana

Cisne Branco (2)

A Capitania dos Portos de São Paulo informou em nota à imprensa que o navio-veleiro Cisne Branco da Marinha do […]

Marinha peruana estuda três opções para renovar sua força de superfície

DE_LA_PENNE__5____a

  Não é só a Esquadra brasileira que necessita equacionar a renovação de sua força de superfície em um cenário […]

Cerimônia de incorporação do Navio de Pesquisa Hidroceanográfico ‘Vital de Oliveira’ à Marinha do Brasil

Vital de Oliveira - 1

  Em uma cerimônia de batismo, mostra de armamento e transferência para o setor operativo, o Navio de Pesquisa Hidroceanográfico […]