(IFR) International Fleet Review 2001. Mumbai, India

Após a explosão e naufrágio do submarino INS Sindhurakshak, que matou 18 tripulantes, o ministro da Defesa da Índia, A.K. Antony comunicou hoje que a Marinha do país fará auditorias de procedimentos operacionais padrão para todos os submarinos da frota. O comunicado foi feito por Antony durante reunião do Parlamento indiano, em que o ministro também declarou que as causas da explosão no Sindhurakshak ainda não foram definidas. “Exames visuais e forenses lançarão mais luz sobre as possíveis causas da detonação”, afirmou.

A Marinha indiana também está conduzindo avaliações e testes de segurança dos sistemas de armas empregados nos submarinos. A tarefa ficou a cargo do contra-almirante S.V. Bokhare. Todos os submarinos passarão pelos testes para averiguar a conformidade da rotina e dos procedimentos ao padrão exigido.

A análise forense do acidente só será possível quando o Sindhurakshak for resgatado. Segundo o ministro Antony, esforços estão sendo feitos para recuperar o submarino, inclusive com a possibilidade de ajuda internacional. “Órgãos de resgate mundialmente conhecidos foram contatados e estão pesquisando possíveis operações de salvamento. Também houve uma proposta de auxílio da Rússia, responsável pelas atualizações e pela reforma [do submarino]”, declarou.

Ontem (19) mergulhadores conseguiram localizar mais um dos corpos, totalizando sete vítimas encontradas até o momento.

FONTE: Daily Mail (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

Um comentário para “INS ‘Sindhurakshak': Ministro indiano pede auditoria em submarinos”

  1. João Filho 20 de agosto de 2013 at 15:49 #

    Off topic…

    8 injured in explosion at Jersey Shore naval facility
    By Matthew DeLuca, Staff Writer, NBC News

    Eight people were hurt, including one seriously, after an explosion at a U.S. Navy weapons station in Monmouth County, New Jersey, on Tuesday morning, a Navy spokesperson said.

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Maquete na web pode indicar que China terá navio de assalto anfíbio de 40 mil toneladas

LHD chinês

Imagens da maquete 3D de um porta-helicópteros de assalto anfíbio postadas, na quarta-feira 22 de abril, em páginas da web […]

Colômbia adia por seis anos a entrada em operação de sua nova fragata

F125

  A Marinha da Colômbia adiou por seis anos – de 2019 para 2025 – a entrada em operação da […]

LUTO: grupo Forças de Defesa se solidariza com o casal Julio Soares de Moura Neto por sua perda

luto-laço-5

A equipe da Revista e da “Trilogia” Forças de Defesa apresenta suas condolências ao ex-comandante da Marinha do Brasil, almirante-de-esquadra […]

Aeronave não tripulada X-47B realiza primeiro reabastecimento em voo

X-47B: primeiro reabastecimento em voo

Outro momento histórico na Aviação Naval: o avião não tripulado X-47B americano do programa Unmanned Carrier Air Vehicle demonstrator (UCAS-D) realizou […]

Comitiva uruguaia está na China para avaliar condições de aquisição do patrulheiro P-18N

P-18N

Uma delegação do Ministério da Defesa e da Marinha do Uruguai está na China desde a terça-feira (21.04), para conhecer […]