(IFR) International Fleet Review 2001. Mumbai, India

Após a explosão e naufrágio do submarino INS Sindhurakshak, que matou 18 tripulantes, o ministro da Defesa da Índia, A.K. Antony comunicou hoje que a Marinha do país fará auditorias de procedimentos operacionais padrão para todos os submarinos da frota. O comunicado foi feito por Antony durante reunião do Parlamento indiano, em que o ministro também declarou que as causas da explosão no Sindhurakshak ainda não foram definidas. “Exames visuais e forenses lançarão mais luz sobre as possíveis causas da detonação”, afirmou.

A Marinha indiana também está conduzindo avaliações e testes de segurança dos sistemas de armas empregados nos submarinos. A tarefa ficou a cargo do contra-almirante S.V. Bokhare. Todos os submarinos passarão pelos testes para averiguar a conformidade da rotina e dos procedimentos ao padrão exigido.

A análise forense do acidente só será possível quando o Sindhurakshak for resgatado. Segundo o ministro Antony, esforços estão sendo feitos para recuperar o submarino, inclusive com a possibilidade de ajuda internacional. “Órgãos de resgate mundialmente conhecidos foram contatados e estão pesquisando possíveis operações de salvamento. Também houve uma proposta de auxílio da Rússia, responsável pelas atualizações e pela reforma [do submarino]”, declarou.

Ontem (19) mergulhadores conseguiram localizar mais um dos corpos, totalizando sete vítimas encontradas até o momento.

FONTE: Daily Mail (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

Um comentário para “INS ‘Sindhurakshak': Ministro indiano pede auditoria em submarinos”

  1. João Filho 20 de agosto de 2013 at 15:49 #

    Off topic…

    8 injured in explosion at Jersey Shore naval facility
    By Matthew DeLuca, Staff Writer, NBC News

    Eight people were hurt, including one seriously, after an explosion at a U.S. Navy weapons station in Monmouth County, New Jersey, on Tuesday morning, a Navy spokesperson said.

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Base chinesa em Walvis Bay põe em xeque trabalho da Missão Naval do Brasil na Namíbia

Namibia

Uma delegação da República Popular da China desembarcará proximamente em Windhoek, capital da Namíbia, para negociar a instalação, ainda este […]

Vídeo: Navio-Patrulha Classe ‘Macaé’

Navio-Patrulha Macaé

O Navio-Patrulha classe “Macaé”, construído no Brasil sob gerenciamento da EMGEPRON, é um navio versátil, apropriado para missões de vigilância […]

Cerimônia de Passagem de Comando na Escola Superior de Guerra

almirante-leal-ferreira

Na data de hoje, 22 de janeiro de 2015, deixa o Comando da Escola Superior de Guerra (ESG), o Almirante-de-Esquadra […]

Compre seu livro ‘Monitor Parnaíba – 75 anos’

Livro Monitor Parnaíba - 75 anos -  Capas - WEB

A editora Aeronaval Comunicação, que produz a revista Forças de Defesa, está lançando a primeira edição do livro “Monitor Parnaíba […]

Marinha cadastra para o Serviço Militar Voluntário de oficiais

SMV

Estará aberto, no período de 26 de janeiro a 20 de fevereiro de 2015, o cadastramento de candidatos, com nível […]