(IFR) International Fleet Review 2001. Mumbai, India

Após a explosão e naufrágio do submarino INS Sindhurakshak, que matou 18 tripulantes, o ministro da Defesa da Índia, A.K. Antony comunicou hoje que a Marinha do país fará auditorias de procedimentos operacionais padrão para todos os submarinos da frota. O comunicado foi feito por Antony durante reunião do Parlamento indiano, em que o ministro também declarou que as causas da explosão no Sindhurakshak ainda não foram definidas. “Exames visuais e forenses lançarão mais luz sobre as possíveis causas da detonação”, afirmou.

A Marinha indiana também está conduzindo avaliações e testes de segurança dos sistemas de armas empregados nos submarinos. A tarefa ficou a cargo do contra-almirante S.V. Bokhare. Todos os submarinos passarão pelos testes para averiguar a conformidade da rotina e dos procedimentos ao padrão exigido.

A análise forense do acidente só será possível quando o Sindhurakshak for resgatado. Segundo o ministro Antony, esforços estão sendo feitos para recuperar o submarino, inclusive com a possibilidade de ajuda internacional. “Órgãos de resgate mundialmente conhecidos foram contatados e estão pesquisando possíveis operações de salvamento. Também houve uma proposta de auxílio da Rússia, responsável pelas atualizações e pela reforma [do submarino]“, declarou.

Ontem (19) mergulhadores conseguiram localizar mais um dos corpos, totalizando sete vítimas encontradas até o momento.

FONTE: Daily Mail (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

One Response to “INS ‘Sindhurakshak’: Ministro indiano pede auditoria em submarinos” Subscribe

  1. João Filho 20 de agosto de 2013 at 15:49 #

    Off topic…

    8 injured in explosion at Jersey Shore naval facility
    By Matthew DeLuca, Staff Writer, NBC News

    Eight people were hurt, including one seriously, after an explosion at a U.S. Navy weapons station in Monmouth County, New Jersey, on Tuesday morning, a Navy spokesperson said.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Programa ‘Artémis’: início das entregas de torpedos F21 em 2016

Programa contratado à DCNS deverá equipar 10 submarinos da Marinha Francesa com o torpedo de nova geração F21, substituto do […]

Compre agora sua revista Forças de Defesa número 11

Outra revista igual a essa, só daqui a 100 anos! A Revista Forças de Defesa 11ª edição de 140 páginas na versão impressa […]

Quiz Naval: identifique as classes dos navios que aparecem na foto, se for capaz…

Essa é para os bons de História Naval. Clique na foto para ampliar e identifique as classes dos navios que […]

Euronaval 2014: informe da DCNS sobre a entrega do navio da classe ‘Mistral’ à Rússia

Em resposta à informação publicada anteriormente sobre a entrega potencial do primeiro navio porta-helicópteros de desembarque (BPC) para a Federação […]

Euronaval 2014: características das corvetas ‘Tamandaré’ e do NPaOc-BR

Seguem as informações divulgadas sobre as corvetas da classe “Tamandaré” e sobre o NPaOc-BR: Corvetas Tamandaré: Deslocamento: aproximadamente 2.700 toneladas […]

Marinha do Brasil compra mísseis AM39 e SM39 Exocet da MBDA

A Marinha do Brasil adiquiriu diversos sistemas de armas da MBDA France. Dentre estes sistemas, estão os mísseis antinavio AM39 […]