Operação ATLANTIS II: Transferência de óleo no mar e de carga leve

Operação ATLANTIS II: Transferência de óleo no mar e de carga leve

229
4
SHARE

1

O Navio-Tanque “Marajó” (G27), da Marinha do Brasil, realizou no dia 29 de agosto, o exercício de Transferência de Óleo no Mar (TOM) sem bombeio (Dry RAS) com a Fragata “Uruguay” (ROU 01), da Armada da República Oriental do Uruguai (AROU). Esta foi a primeira vez que um navio da AROU realizou este tipo de exercício com um meio naval brasileiro.

2

A atividade foi solicitada pela AROU após a primeira edição da Operação “ATLANTIS”, realizada em 2011, para que sua tripulação pudesse ser adestrada em caso de transferência real de óleo no mar.

1 (1)

No mesmo dia foi realizada também uma operação de transferência de carga leve com o propósito de devolver ao navio uruguaio uma defensa que havia se desprendido do mesmo e que fora resgatada no mar pela lancha orgânica do meio naval brasileiro.

2 (1)

As ações fizeram parte da Operação “ATLANTIS-II”, que os dois navios realizam em conjunto com o Navio-Tanque “Marajó” na área marítima compreendida entre Montevidéu e Rio de Janeiro, até o dia 11 de setembro. Neste período, estão programados diversos exercícios, como trânsito sob ameaça aérea e transferência de óleo no mar, com a participação de outras unidades da AROU, da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira.

FONTE: Nomar Online (Adaptação do Poder Naval)

4 COMMENTS

  1. Não MO, acho que no caso “de Marinha” eles querem dizer que fazem todas as conexões e os procedimentos, mas sem transferência efetiva.

Deixe uma resposta