001A2-114157_copy1

Em artigo publicado na revista Time no último dia 14, os analistas militares Peter W Singer e Jeffrey Lin analisaram o programa de construção de navios-aeródromo da Marinha do Exército de Libertação Popular da China. Ao investigar uma foto de satélite do Google Earth mostrando o estaleiro Jiangnan, próximo a Xangai, Lin percebeu um módulo de uma embarcação de grande porte. “Essas informações obtidas através de ferramentas open-source  são importantes, elas confirmam o que já esperava que acontecesse quando uma grande potência se lança ao mar – o surgimento de um porta-aviões chinês de fabricação nacional”, explica o analista.

Singer and Lin apontam que o navio provavelmente será uma versão criada a partir do Admiral Kuznetsov adquirido da Ucrânia pela Marinha chinesa, que viria a se tornar o atual Liaoning após uma extensa reforma. Os especialistas afirmam, com base nas imagens do Google Earth, que essa nova embarcação da chamada classe 001 terá sistema de propulsão convencional.

O artigo da Time conclui que o futuro navio-aeródromo terá entr 40 e 50 aeronavez J-15, conforme especificação do almirante Song Xue, vice-chefe de Estado Maior da Marinha do ELP.

FONTE: Want China Times via Naval Open Source Intelligence (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

NOTA DA EDITORA: Para conferir o artigo da Time sobre o possível NAe chinês, clique aqui.

Tags: , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

4 Comentários para “Google Earth mostra possível porta-aviões chinês”

  1. Wagner 19 de setembro de 2013 at 11:11 #

    Bacana, boa sorte aos chineses !

    Enquanto isso, alguns brasileiros ficavam sonhando com nossa MB, enfrentando, bravamente, com seus Nimitz,BR, os ” malvados” chineses.

    Imaginam os chineses nos atacando e MB valentemente destruindo os malvados comunistas numa épica batalha naval, que consagrará a GLÓRIA de NOSSA MARINHA !!!

    Eu disse que jamais teriamos como alcançar os chineses, mas nãããão, eu era o comunista e defensor dos chinas.

    Ocorre que nossa MB continua sendo um desastre de 15 corvetas-fragatas sucateadas e inoperantes ( exceção dos submarinos) e um Porta Aviões que não leva aviões.

    E os chineses estão fazendo seu próprio P. A…

    Assim, fracassa mais uma vez os prognósticos ufanistas de alguns exaltados, petistas ou não, em ver, daqui a 10 anos, a NOSSA MARINHA vencendo os chineses.

    Mas quando o Wagner fala, é apenas o comunista falando…

  2. phacsantos 19 de setembro de 2013 at 11:20 #

    Offtopic:

    Segue publicação no DOU de hoje sobre a construção de Navio de Pesquisa Hidroceanográfico (NPqHo) “Vital de Oliveira” que será na China:

    http://homologa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=19/09/2013&jornal=1&pagina=11&totalArquivos=88

  3. João Filho 19 de setembro de 2013 at 11:56 #

    Uma épica batalha naval??? rsrs. Essa foi boa. A “marinha” brasileira duraria talvez 15 minutes, e acho muito. Se naquele universo virtual isso realmente ocorresse, a unica esperanca do Brasil seria que os Estados Unidos vinhessem nos socorrer. O pior do assunto e que estamos assim nao por falta de recursos, mas por falta de vergonha na cara.

  4. Observador 20 de setembro de 2013 at 13:41 #

    Esta é a diferença entre “Potência” e “Putênfia”…

Deixe um comentário

2 de agosto de 1964: contratorpedeiro USS Maddox engaja torpedeiros norte-vietnamitas no Golfo de Tonkin

USS Maddox

Há 51 anos, em 2 de agosto de de 1964, o contratorpedeiro da Marinha dos EUA USS Maddox engajou três […]

Esquadrão de Instrução japonês partindo de Recife

A cada quatro anos, regularidade que não vem sendo mantida, os navios do Esquadrão de Treinamento da Força de Autodefesa […]

O almirante põe a Marinha na Lava Jato

alteothon (1)

Claudio Dantas Sequeira (claudiodantas@istoe.com.br) Nova personagem da investigação da Lava Jato, a Marinha havia sido mencionada pela primeira vez no […]

O conceito de aeronave não tripulada VARIOUS da Lockheed

VARIOUS UCAV concept

  A Lockheed revelou há poucos anos um conceito de Unmanned Combat Aerial Vehicle (UCAV) batizado de VARIOUS – “VTOL […]

F-35B: o futuro chegou à aviação embarcada

fig 7 - 11P00529_096_LoRes

No dia 31 de julho de 2015 o U.S. Marine Corps fez a decisão de tornar o F-35B pronto para […]