078-NEW-BRAZILIAN-NAVY-SHIP-BEGINS-OCEAN-CROSSING-2

Após um mês e meio de trânsito para o Brasil, o Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) Araguari, a mais nova aquisição da Marinha do Brasil, atracou no dia 18 de setembro na Base Naval do Rio de Janeiro.

A aquisição do Araguari faz parte do Programa de Reaparelhamento da Marinha, ele é o último dos três Navios-Patrulha Oceânicos de 1.800 toneladas, construídos pela “BAE Systems”. Sua chegada ao País marca um importante incremento para a segurança e proteção das riquezas da “Amazônia Azul”. O primeiro, NPaOc Amazonas, foi entregue à Marinha no dia 29 de junho de 2012 e o segundo, o NPaOc Apa, foi incorporado em 30 de novembro do mesmo ano.

O NPaOc Araguari foi incorporado à Força, no dia 21 de junho, em Portsmouth, no Reino Unido, e suspendeu, no dia 3 de agosto, em direção ao Brasil, fazendo escala nos portos de Lisboa (Portugal), de Mindelo (Cabo Verde), de Lagos (Nigéria), de Douala (Camarões) e de Malabo (Guiné Equatorial), além de ter fundeado nas proximidades do porto de São Tomé (São Tomé e Príncipe). Durante a sua comissão, participou de eventos protocolares e pôde interagir com as Marinhas dos países africanos visitados, realizando exercícios conjuntos, como por exemplo, treinamento de ações antipirataria.

A principal característica desses meios é a flexibilidade, o que torna possível serem utilizados em diversas tarefas, tais como: patrulha naval, assistência humanitária, busca e salvamento, fiscalização, repressão às atividades ilícitas e prevenção contra a poluição hídrica.

O Araguari é o quarto navio a ostentar esse nome na Marinha e é uma homenagem a um rio de Minas Gerais que atravessa a região do Triângulo Mineiro. O meio naval ficará subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, sob a jurisdição do Comando do 3° Distrito Naval.

Principais características:

  • Comprimento Total: 90,5 metros
  • Comprimento entre Perpendiculares: 83 metros
  • Boca Máxima: 13,5 metros
  • Calado: 4,5 metros
  • Deslocamento Carregado: 2.170 toneladas
  • Velocidade Máxima com 2 MCP: 25 nós
  • Raio de Ação a 12 Nós: 5.500 milhas náuticas
  • Autonomia: 35 dias
  • Capacidade de Tropa Embarcada: 51 militares
  • Capacidade de Transporte de Carga: 06 Conteineres de 15 toneladas
  • Armamento: 01 canhão de 30mm e 02 metralhadoras de 25mm
  • Sistema de Propulsão: 2 Motores MAN 16V28/33D 7.350 HP
  • Geração de Energia: 3 Geradores CATERPILLAR de 550 kW
  • 1 Gerador CATERPILLAR de 200kW
  • Tripulação: 11 Oficiais, 21 SO/SG e 48 CB/MN

FONTE: Nomar

Tags: , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

3 Responses to “O mais novo navio da Marinha do Brasil chega ao País” Subscribe

  1. nunes neto 20 de setembro de 2013 at 3:27 #

    Que bom que acertei, vai para o Nordeste

  2. Fabio ASC 20 de setembro de 2013 at 12:49 #

    Chorões de plantão devido ao “fraco” armamento em 3, 2, 1…

  3. MO 20 de setembro de 2013 at 13:05 #

    devia ter torre de 16´e ICBM vls 300 celulas !!!! ah e rampa angulada com 4 catapultas tbm … acomadações para um divisao e doca para um LSD inteiro (de lado)

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Em fórum na Fiesp, Estado-Maior da Armada destaca a importância da indústria em projetos da Marinha

Por Dulce Moraes e Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp Representantes do órgão apresentam projetos em desenvolvimento e formas de financiamento. […]

Navios-patrulha do Brasil e da França em operação contra pesca ilegal

Segundo nota divulgada pelo Ministério da Defesa da França nesta segunda-feira, 20 de outubro, o navio-patrulha La Capricieuse da Marinha Francesa […]

Rússia diz que submarino ‘misterioso’ na Suécia é da Holanda, mas holandeses negam

A Rússia foi acusada de ter enviado o submarino ao local, mas negou. Porém, segundo jornal sueco, a Holanda também […]

Compre agora sua revista Forças de Defesa número 11

Outra revista igual a essa, só daqui a 100 anos! A Revista Forças de Defesa 11ª edição de 140 páginas na versão impressa […]

Suecos investigam presença de submarino estrangeiro perto de sua capital

Submarino estrangeiro estaria operando no Arquipélago de Estocolmo, do qual faz parte a capital da Suécia, o que levou ao […]

Mora em Brasília ou está na cidade? Então experimente um simulador da Marinha

Simulador de Aviso de Instrução, utilizado pelos aspirantes da Escola Naval no Rio de Janeiro (RJ), além de maquete da […]