078-NEW-BRAZILIAN-NAVY-SHIP-BEGINS-OCEAN-CROSSING-2

Após um mês e meio de trânsito para o Brasil, o Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) Araguari, a mais nova aquisição da Marinha do Brasil, atracou no dia 18 de setembro na Base Naval do Rio de Janeiro.

A aquisição do Araguari faz parte do Programa de Reaparelhamento da Marinha, ele é o último dos três Navios-Patrulha Oceânicos de 1.800 toneladas, construídos pela “BAE Systems”. Sua chegada ao País marca um importante incremento para a segurança e proteção das riquezas da “Amazônia Azul”. O primeiro, NPaOc Amazonas, foi entregue à Marinha no dia 29 de junho de 2012 e o segundo, o NPaOc Apa, foi incorporado em 30 de novembro do mesmo ano.

O NPaOc Araguari foi incorporado à Força, no dia 21 de junho, em Portsmouth, no Reino Unido, e suspendeu, no dia 3 de agosto, em direção ao Brasil, fazendo escala nos portos de Lisboa (Portugal), de Mindelo (Cabo Verde), de Lagos (Nigéria), de Douala (Camarões) e de Malabo (Guiné Equatorial), além de ter fundeado nas proximidades do porto de São Tomé (São Tomé e Príncipe). Durante a sua comissão, participou de eventos protocolares e pôde interagir com as Marinhas dos países africanos visitados, realizando exercícios conjuntos, como por exemplo, treinamento de ações antipirataria.

A principal característica desses meios é a flexibilidade, o que torna possível serem utilizados em diversas tarefas, tais como: patrulha naval, assistência humanitária, busca e salvamento, fiscalização, repressão às atividades ilícitas e prevenção contra a poluição hídrica.

O Araguari é o quarto navio a ostentar esse nome na Marinha e é uma homenagem a um rio de Minas Gerais que atravessa a região do Triângulo Mineiro. O meio naval ficará subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, sob a jurisdição do Comando do 3° Distrito Naval.

Principais características:

  • Comprimento Total: 90,5 metros
  • Comprimento entre Perpendiculares: 83 metros
  • Boca Máxima: 13,5 metros
  • Calado: 4,5 metros
  • Deslocamento Carregado: 2.170 toneladas
  • Velocidade Máxima com 2 MCP: 25 nós
  • Raio de Ação a 12 Nós: 5.500 milhas náuticas
  • Autonomia: 35 dias
  • Capacidade de Tropa Embarcada: 51 militares
  • Capacidade de Transporte de Carga: 06 Conteineres de 15 toneladas
  • Armamento: 01 canhão de 30mm e 02 metralhadoras de 25mm
  • Sistema de Propulsão: 2 Motores MAN 16V28/33D 7.350 HP
  • Geração de Energia: 3 Geradores CATERPILLAR de 550 kW
  • 1 Gerador CATERPILLAR de 200kW
  • Tripulação: 11 Oficiais, 21 SO/SG e 48 CB/MN

FONTE: Nomar

Tags: , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

3 Comentários para “O mais novo navio da Marinha do Brasil chega ao País”

  1. nunes neto 20 de setembro de 2013 at 3:27 #

    Que bom que acertei, vai para o Nordeste

  2. Fabio ASC 20 de setembro de 2013 at 12:49 #

    Chorões de plantão devido ao “fraco” armamento em 3, 2, 1…

  3. MO 20 de setembro de 2013 at 13:05 #

    devia ter torre de 16´e ICBM vls 300 celulas !!!! ah e rampa angulada com 4 catapultas tbm … acomadações para um divisao e doca para um LSD inteiro (de lado)

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Cortes adiam término do Estaleiro de Construção de submarinos e a reforma do A12

O primeiro submarino S-BR em construção em Itaguaí-RJ - Foto Ricardo Pereira

  Roberto Lopes Enviado Especial ao Rio A eliminação de 24,8% do orçamento do Ministério da Defesa previsto para o […]

Orçamento 2015: corte na Defesa foi de 5,6 bi

Cortes 2015 no Ministério da Defesa - foto Nunão - Poder Aéreo

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão divulgou nesta sexta-feira, 22 de maio, os números do contingenciamento orçamentário deste ano […]

FREMM Aquitaine realiza com sucesso seu primeiro disparo de Míssil de Cruzeiro Naval

FREMM Aquitaine dispara Míssil de Cruzeiro Naval - foto Marinha Francesa

Além do MdCN, também chamado de ‘Scalp Naval’, a fragata francesa também disparou pela primeira vez o míssil antinavio MM40 […]

Empresa Chinesa CEIEC vence licitação para reconstrução da Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF)

Estação Antártica Comandante Ferraz

SECRETARIA DA COMISSÃO INTERMINISTERIAL PARA OS RECURSOS DO MAR RESULTADO DE JULGAMENTO CONCORRÊNCIA Nº 2/2014 Processo nº 61165.000287/2014-93 Espécie: Reconstrução […]

BAE Systems vai fornecer cinco canhões navais Bofors 40 Mk4 para a Marinha do Brasil

BAE_Bofors_40_Mk_4_Naval_Gun_System

Karlskoga, Suécia – A BAE Systems fechou um contrato para produzir e entregar cinco canhões navais Bofors 40 Mk4 para […]