Amorim reforça compromisso do Brasil de manter o Atlântico Sul como zona...

Amorim reforça compromisso do Brasil de manter o Atlântico Sul como zona de paz

118
3
SHARE

zopacas01

O ministro da Defesa, Celso Amorim, esteve na terça-feira na capital baiana para a abertura do “I Seminário Zopacas – Segurança e Vigilância do Tráfego Marítimo, Busca e Salvamento”.

Em seu discurso, o ministro salientou que o evento tem, entre outras, a finalidade de “fortalecer as capacidades conjuntas” dos países participantes, que sejam também amplamente difundidas para o benefício das Forças Armadas e segurança do Atlântico Sul.

“O Atlântico Sul é um oceano pacífico é deve continuar a ser assim. Há mais de 25 anos, as Nações Unidas declararam a área como uma zona de paz e cooperação. Essa foi uma decisão sábia e que tem sido apoiada por quase a totalidade dos países da ONU”, complementou o ministro.

Amorim declarou ainda que cabe aos países da Zopacas concretizar essa ação. “Os conflitos que caracterizaram outros oceanos não devem ter lugar no Atlântico Sul. Desejamos o Atlântico Sul livre de armas nucleares e de outras armas de destruição em massa”, disse.

De acordo com o ministro da Defesa, o foco está voltado para o uso pacífico do mar. “Quanto mais cooperarmos, menos espaços teremos para interferências externas”, explicou.

Mas disse também que a cooperação não se esgota num único aspecto. “Além da segurança e da navegação, há muitas outras preocupações como combate à pirataria, narcotráfico e outras atividades ilícitas”, finalizou.

Ao longo do Seminário, representantes de 23 países discutirão, a situação marítima do Atlântico Sul, promovendo o intercâmbio de experiências. O evento, sob a coordenação do Ministério da Defesa, acontece até amanhã (17) e conta com o apoio do Ministério das Relações Exteriores e da Agência Brasileira de Cooperação.

FONTE: Ministério da Defesa

3 COMMENTS

  1. Será que o sorridente e cordial comandante da MB poderia explicar ao Amorim o significado da frase “Se vis pacem para bellum”?

  2. Se o nosso governo conseguirá manter uma zona de paz eu não sei, mas com certeza manter uma “zona” está mantendo sim ….

  3. Fico pensando se ele fosse ministro de alguma coisa correlata durante a 2WW, se ele conseguiria manter a tal zona de paz no atlântico …..

LEAVE A REPLY