078-NEW-BRAZILIAN-NAVY-SHIP-BEGINS-OCEAN-CROSSING-2

O Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN), localizado em Natal (RN), receberá o Navio-Patrulha Oceânico (NpaOc) “Araguari” (P122), que irá marcar um importante incremento para a segurança e a proteção das riquezas das águas da região. O evento ocorrerá, no dia 25 de outubro, a partir das 11h, na Base Naval de Natal (BNN).

Com o objetivo de recepcioná-lo, em sua primeira atracação na BNN, será realizada uma parada naval, com a participação do Navio-Patrulha “Macau”, do Navio-Patrulha “Grajaú”, do Navio-Patrulha “Graúna” e do Navio-Patrulha “Guaíba”. Por volta das 10h, as pessoas que estiverem nas proximidades da Praia da Redinha, Zona Norte de Natal, poderão visualizar o evento.

O NPaOc “Araguari” foi transferido para o Setor Operativo, no dia 9 de outubro, no Rio de Janeiro, passando a ficar subordinado ao Com3ºDN e, mais especificamente, ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste. O Navio desatracará do Porto de Recife, no dia 24 de outubro, e realizará diversos exercícios operativos antes de chegar em Natal.

Construído no estaleiro de Scotstoun da “BAE Systems” e finalizado em Portsmouth, no Reino Unido, o NPaOc “Araguari” é o terceiro navio da classe “Amazonas” incorporado à Marinha do Brasil. Os outros navios da mesma classe, o “Amazonas” e o “Apa” já estão em operação no Brasil. A principal característica desses meios é a flexibilidade, possibilitando seu emprego em diversas tarefas, tais como: operações de patrulha naval, assistência humanitária, busca e salvamento, fiscalização, repressão a atividades ilícitas e prevenção contra a poluição hídrica.

Principais características:

•        Comprimento Total: 90,5 metros;

•        Comprimento entre Perpendiculares: 83 metros;

•        Boca Máxima: 13,5 metros;

•        Calado: 4,5 metros;

•        Deslocamento Carregado: 2.170 toneladas;

•        Velocidade Máxima com 2 MCP: 25 nós;

•        Raio de Ação a 12 Nós: 5.500 milhas náuticas;

•        Autonomia: 35 dias;

•        Capacidade de Tropa Embarcada: 51 militares;

•        Armamento: 1 canhão de 30mm e 02 metralhadoras de 25mm;

•        Sistema de Propulsão: 2 Motores MAN 16V28/33D 7.350 HP;

•        Geração de Energia: 3 Geradores CATERPILLAR de 550 kW;

•        1 Gerador Caterpillar de 200kW;

•        Tripulação: 11 Oficiais, 21 SO/SG e 48 CB/MN; e

•        Capacidade de Transporte de Carga: 6 contêineres de 15 toneladas.

FONTE: Nomar

Tags: , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

9 Responses to “NpaOc ‘Araguari’ chega amanhã a Natal” Subscribe

  1. Fernando "Nunão" De Martini 24 de outubro de 2013 at 15:42 #

    Sempre achei que um dos NPaOc deveria mesmo ficar subordinado ao 3ºDN, dada a enormidade da área marítima sob sua jurisdição que inclui toda a área do Salvamar Nordeste – mapa no link abaixo:

    http://www.abrapat.org.br/areas_dos_DN_e_Salvamar-pequeno.jpg

    Segundo as informações do Comando do 3ºDN sobre as unidades subordinadas, o navio vai se somar a outros quatro classe “Grajaú”, ao “Macau” e ao rebocador “Triunfo”.

    https://www.mar.mil.br/com3dn/paginas/om_sub.html

    Porém, como a matéria acima não cita o NPa Goiana, pode ser que este esteja em missão de patrulha e não possa participar da parada naval de recepção, ou esteja em reparo, ou mesmo tenha havido alguma substituição, sendo transferido para outro DN. Isso é algo a se verificar.

    Mas uma coisa me chama a atenção: estará operando em Natal um navio dotado de convoo e ali não há um esquadrão distrital. Os três esquadrões distritais da Força Aeronaval estão em Manaus (HU-3), Ladário (HU-4) e Rio Grande (HU-5).

    Seria pertinente criar um núcleo de HU-6 para começar a operar pelo menos dois helicópteros Esquilo em Natal, com aeronaves, pilotos e pessoal de apoio que poderiam sair eventualmente do HU-1, baseado em São Pedro da Aldeia (RJ).

  2. MO 24 de outubro de 2013 at 15:59 #

    hehehe, olha ai “SUBORDINADO ao #o DN” … (não a esquadra) … abobrinha de sapiencia a caminho … explica ai a falta de misseis nele agora … kkkkk

  3. Fernando "Nunão" De Martini 24 de outubro de 2013 at 16:17 #

    Apenas retificando o comentário anterior. O NPa Goiana, pelo jeito, está (ou esteve) em reparos, pois foi docado recentemente, em agosto e setembro.

    https://www.mar.mil.br/bnn/Base%20Naval%20de%20Natal%20realiza%20docagem%20do%20RbAM%20Triunfo%20e%20do%20NPa%20Goiana.htm

  4. MO 24 de outubro de 2013 at 16:47 #

    Zé, veja a foto que o Fernandinho passou no link sobre a docagem em Xtmas

  5. MO 24 de outubro de 2013 at 18:51 #

    Por falar em navios = 8 navioa, 16 fotos =
    http://santosshiplovers.blogspot.com.br/2013/10/manobras-entre-2609-e-01102013.html

  6. Mauricio R. 24 de outubro de 2013 at 20:20 #

    OFF TOPIC…

    mas nem tanto!!!

    Se fosse uma mulher, seria no mínimo um ensaio sensual na VIP, mas com é somente uma tranqueira francesa; então saiu no Mer et Merine:

    (http://www.meretmarine.com/fr/content/reportage-en-mer-bord-du-patrouilleur-ladroit)

    De legal mesmo, o “raio-x” daquele mastro integrado.

  7. Joker 25 de outubro de 2013 at 14:41 #

    Cheguei agora da base naval de natal, nem almocei vim direto comentar. Logo mais a noite tera um post sobre a chegada do meio. Posso adiantar que o cao de guarda de amazonia azul veio bem adestrado e pronto para morder. No mais amanha tem tudo completo

  8. Guilherme Poggio 25 de outubro de 2013 at 14:48 #

    Aguardamos ansiosamente, caro Joker.

  9. MO 25 de outubro de 2013 at 18:41 #

    Boa Jok, eh isso ai eh assim que se faz, o virus do navio te picou !!! … kkk, parabens e bon apetit agora ..

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Fase de testes avança no Prosub

Odebrecht - Prosub, fase de testes - 1

Seção de Qualificação é transportada para Prédio Principal do Estaleiro de Construção Rio de Janeiro, 25 de novembro de 2014 […]

Brasil cria núcleo de missão naval em São Tomé e Príncipe

NPa Grauna

Objetivo é levantar necessidades da guarda costeira do local e elaborar proposta de acordo de cooperação entre os dois países […]

China planeja construir 18 bases navais no exterior, inclusive na Namíbia

PLA Navy

Segundo o jornal The Namibian, estão em curso discussões nos “mais altos níveis” os planos da Marinha do Exército de Libertação […]

Taiwan inicia provas de mar do seu novo navio de apoio logístico

AOE532_Panshi_01

A Marinha da República da China (Taiwan), ROC Navy, iniciou os testes de mar do navio de apoio logístico de […]

Mísseis JL-2 lançados de submarinos chineses poderão alcançar os EUA

JL-2

Os mísseis intercontinentais de segunda geração JL-2, lançados de submarinos, que têm a capacidade de atingir os EUA, já se […]