Parada Naval
Na última sexta-feira, dia 25 de outubro de 2013, o 3º Distrito Naval se encontrava em jubilo com a chegada do seu mais novo meio, o Navio-Patrulha Oceânico Araguari. Sua recepção em sua sede contou com uma parada naval realizada pelos meios do Comando de Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste (NPa Macau, NPa Graúna e NPa Guaíba), que na véspera realizaram diversos exercícios durante a pernada do Porto de Recife a Base Naval de Natal.
Por volta das 10h os navios chegaram a barra do Rio Potengi e ficaram aguardando o momento de ingressarem no referido rio para chegarem a Base Naval de Natal. Ao cruzar a Ponte Newton Navarro, nas proximidades da Fortaleza dos Reis Magos, foi realizada um salva de 21 tiros, pelo NPaOc Araguari, “saudando a terra”. Às 11 horas, o meio atracou na Base Naval de Natal, sua sede, e foi recebido com jubilo por todos os militares presentes. O Comandante do 3º Distrito Naval, VA Miranda, deu “boas-vindas” a toda tripulação, ressaltando em suas palavras a importância do meio para o 3º Distrito Naval e desejando-lhes mares calmos.

Foto: Divulgação da Assessoria de Imprensa do Comando do 3º Distrito Naval

Tags: , , , ,

Estudante de Psicologia, colaborador em Natal-RN do Forças de Defesa.

4 Comentários para “Chegou hoje a sua sede o NPaOc Araguari”

  1. nunes neto 26 de outubro de 2013 at 21:05 #

    Muito bom! Fala-se em um NaPaoC BR, a ser construído, a partir do projeto da Barroso , e que não teria-se construção de amazonas, esse papo está confuso, o Comandante disse que vão construir várias amazonas, mais de 10, mas os NaPaOc não saíram da concorrência do ProSuper, e agora aparece mais essa notícia!

  2. Mayuan 28 de outubro de 2013 at 0:53 #

    Desfile naval, salva de 21 tiros e júbilo devido ao recebimento de uma NaPaOc? E comprada de oportunidade? Ou eu tenho problemas ou a MB que tem. Não tá faltando nada não? Com esse meio a MB consegue cumprir sua tarefa? Tá suficiente apenas um navio? Tá todo mundo feliz com isso?

    Pergunto isso porquê é essa mensagem que a MB passa com essa atitude. Pra imprensa e público leigos, parece que chegou um PA nuclear com toda sua ala aérea completinha ou um navio capaz de defender sozinho o pré-sal e sei lá mais o quê.

    Não me entendam mal. Acho positivo a compra de novos meios e a chegada do navio em si. Melhor isso que m###a nenhuma, mas…. júbilo!!!???

  3. MO 28 de outubro de 2013 at 6:54 #

    banalizamos a tal “parada Naval”, e o pior que não sabemos exatamente pra quem eh isso, no meio militar eh meio um exagero, concordo, no meio civil passa desapercebido e eh desinteressante midiamente falando (pra variar), até onde isso tudo vale a pena e para quem … ha de se pensar ….

  4. MO 28 de outubro de 2013 at 8:50 #

    e por falar de chegada de navios =
    http://santosshiplovers.blogspot.com.br/2013/10/ms-agena-v2pr6-carregamento-para.html

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

DGMM reúne almirantes para discutir orçamento e planos de contingência

F Bosísio (F 48)

  O diretor geral de Material da Marinha, almirante Luiz Guilherme Sá de Gusmão, reúne sua equipe de almirantes esta […]

Precisamos, para já, de 4 (bons) navios usados

maestrale

  Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa e autor do livro “As Garras do Cisne” Parece […]

Navio-veleiro Cisne Branco aberto à visitação em Santos neste final de semana

Cisne Branco (2)

A Capitania dos Portos de São Paulo informou em nota à imprensa que o navio-veleiro Cisne Branco da Marinha do […]

Marinha peruana estuda três opções para renovar sua força de superfície

DE_LA_PENNE__5____a

  Não é só a Esquadra brasileira que necessita equacionar a renovação de sua força de superfície em um cenário […]

Cerimônia de incorporação do Navio de Pesquisa Hidroceanográfico ‘Vital de Oliveira’ à Marinha do Brasil

Vital de Oliveira - 1

  Em uma cerimônia de batismo, mostra de armamento e transferência para o setor operativo, o Navio de Pesquisa Hidroceanográfico […]