borei_class

O submarino atômico estratégico russo “Vladímir Monomakh”, terceiro do modelo denominado pelos engenheiros Projeto 955, classe Borei, e segundo deste tipo construído em série, iniciará os testes de homologação em dezembro, confirmou nesta terça-feira (12) uma fonte oficial.

Serguei Sukhánov, diretor do grupo corporativo Rubin, especializado na criação de submarinos nucleares, assegurou que já concluíram os testes móveis de fábrica e corresponde agora submeter a nova belonave aos exames estatais.

O especialista indicou que essas análises poderiam concluir antes do fim do ano, segundo a agência noticiosa RIA Novosti.

O “Vladimir Monomakh” é o terceiro aparelho do programa de submarinos russos de quarta geração equipados com 16 mísseis balísticos intercontinentais Bulavá, com alcance superior a oito mil quilômetros.

A Rússia formará, nas próximas quatro décadas, o núcleo fundamental de suas tropas estratégicas navais com este tipo de embarcações, segundo estabelece o programa de modernização de suas tropas e arsenais.

Os submarinos do projeto denominado 955 Borei medem 170 metros de comprimento, 13,5 de largura e possuem capacidade para deslocar um total de 24 mil toneladas.

O modelo desta série, o “Iúri Dolgoruki”, entrou em operações no dia 10 de janeiro deste ano.

Segundo do projeto, o “Alexander Nevski” completou os testes oficiais e atualmente realiza tarefas adicionais de eliminação de falhas, assim como a revisão final do submarino.

A Corporação de Construções Navais da Rússia informou recentemente que esta unidade poderia ingressar na Marinha antes de concluir 2013.

Sukhánov explicou que durante a construção do “Vladimir Monomakh” foram aplicados os últimos avanços em redução de ruído, para dificultar sua localização pelo inimigo.

O quarto modelo Borei está sendo construído nos estaleiros de Sevmash, na setentrional cidade russa de Severodvinsk, o “Kniaz Vladímir”, com uma arquitetura atualizada, que os especialistas denominam 955A porque admite 20 lançadores de foguetes Bulavá, em vez de 16.

O programa de modernização da Marinha de Guerra russa prevê, até 2020, a construção de oito submarinos do projeto classe Borei, os três primeiros da versão 955 e os demais da 955A.

Sukhánov sustentou que a Rússia construirá dentro de 10 ou 15 anos um submarino estratégico de quinta geração, menos visível ainda devido à introdução de novos avanços tecnológicos.

FONTE: Prensa Latina

Tags: , , ,

Jornalista especializado em temas militares, editor-chefe da revista Forças de Defesa e da trilogia de sites Poder Naval, Poder Aéreo e Forças Terrestres. É também fotógrafo, designer gráfico e piloto virtual nas horas vagas. Perfil no Facebook: https://www.facebook.com/alexandregalante

2 Responses to “Rússia moderniza Marinha com submarinos nucleares” Subscribe

  1. Almeida 13 de novembro de 2013 at 14:49 #

    Só faltou dizer que o Bulava não tem nem previsão de operar nesses navios ainda…

  2. Wagner 16 de novembro de 2013 at 13:29 #

    Não tem problema, Almeida, eles tem o suficiente para aniquilar qualquer um com os Delta III e Delta IV…

    aproveitando o post

    http://en.ria.ru/military_news/20131115/184740223/Baltic-Shipyard-Starts-Work-on-New-Frigate-for-Russian-Navy.html

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Em fórum na Fiesp, Estado-Maior da Armada destaca a importância da indústria em projetos da Marinha

Por Dulce Moraes e Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp Representantes do órgão apresentam projetos em desenvolvimento e formas de financiamento. […]

Navios-patrulha do Brasil e da França em operação contra pesca ilegal

Segundo nota divulgada pelo Ministério da Defesa da França nesta segunda-feira, 20 de outubro, o navio-patrulha La Capricieuse da Marinha Francesa […]

Rússia diz que submarino ‘misterioso’ na Suécia é da Holanda, mas holandeses negam

A Rússia foi acusada de ter enviado o submarino ao local, mas negou. Porém, segundo jornal sueco, a Holanda também […]

Compre agora sua revista Forças de Defesa número 11

Outra revista igual a essa, só daqui a 100 anos! A Revista Forças de Defesa 11ª edição de 140 páginas na versão impressa […]

Suecos investigam presença de submarino estrangeiro perto de sua capital

Submarino estrangeiro estaria operando no Arquipélago de Estocolmo, do qual faz parte a capital da Suécia, o que levou ao […]

Mora em Brasília ou está na cidade? Então experimente um simulador da Marinha

Simulador de Aviso de Instrução, utilizado pelos aspirantes da Escola Naval no Rio de Janeiro (RJ), além de maquete da […]