Vikramaditya_1655072f

A Rússia entregou o navio-aeródromo INS Vikramaditya à Índia no último sábado (16) após uma reforma cheia de atrasos e escaladas nos custos. A cerimônia de entrega do antigo Admiral Gorshkov  modificado aconteceu nas instalações do estaleiro russo Sevmash, na cidade de Severodvinsk, no nordeste do país. A previsão inicial era de passar o porta-aviões à Marinha indiana há cinco anos, em 2008.

Compareceram à cerimônia de entrega e comissionamento do Vikramaditya o vice-primeiro ministro russo, Dmitry Rogozin, e o ministro da defesa indiano, almirante AK Antony, que faz visita diplomática de quatro dias à Rússia. Os documentos que oficializaram a entrada do navio em serviço foram assinados pelo vice-diretor da Rosoboronexport, estatal russa responsável pela venda de armamentos a mercados externos, e pelo comandante do porta-aviões, Capitão-de-Mar-e-Guerra Suraj Berry.

INS_Vikramaditya_in_Baltic_Sea

Segundo o portal indiano de notícias Zee News, o navio-aeródromo será escoltado para a Índia por rota secreta até a base em Karwar, no sul do país, uma vez que o navio ainda não está armado com sistemas de defesa antiaérea – a previsão é de chegada é para fevereiro de 2014. Após a aquisição em 2004, a reforma da embarcação se arrastou por seguidas crises que elevaram o custo original de 947 milhões de dólares para 2,3 bilhões, causando desentendimentos entre Rússia e Índia sobre os termos do contrato entre os dois países.

Batizado em homenagem a um lendário rei indiano do século I a.C, o INS Vikramaditya era originalmente uma unidade do Projeto 1143.4 – um porta-aviões da classe Kiev modificado, comissionado pela Marinha da União Soviética em 1987 e descomissionado pela Marinha russa em 1996 por conta de cortes orçamentários.

INS_Vikramaditya_during_trials

FONTE: RIA Novosti (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

4 Comentários para “INS ‘Vikramaditya’ é comissionado à Marinha indiana com 5 anos de atraso”

  1. Mauricio R. 18 de novembro de 2013 at 23:38 #

    Bicão na festa!!!

    P-3 xeretando os testes de mar, de mais uma enrolação russa:

    (http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2013/11/ins-vikramaditya-was-spied-upon-by-nato.html)

  2. João Filho 19 de novembro de 2013 at 13:06 #

    E o Brasil vai comissionar o Sao Paulo com quanto atraso, 50 anos???

  3. juarezmartinez 20 de novembro de 2013 at 6:27 #

    A contar pelo “tranco da reforma” vaimais que 50 ……

    Grande abraço

  4. Almeida 20 de novembro de 2013 at 13:34 #

    A-12 São Paulo, o único navio que sai de uma reforma de 10 anos direto para uma manutenção de 5 anos…

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Suécia assina com Saab a encomenda de dois novos submarinos tipo A26

Kockums A26 - imagem 2 Saab

Empresa também modernizará dois exemplares da classe ‘Gotland’ em serviço na Marinha Sueca – Na última terça-feira, 30 de junho, […]

Fabricação do primeiro submarino S-BR avança na ICN

Reforços Externos #2

Rio de Janeiro, 29 de junho de 2015 – A Itaguaí Construções Navais (ICN) avança na construção do primeiro submarino […]

Prosuper receberá propostas da China e dos EUA

Type 052B Guangzhou class Wuhan (170) guided missile destroyer

  O PROSUPER, programa da Marinha do Brasil (MB) que visa obter 5 navios escoltas, cinco navios-patrulha oceânicos (NPaOc) e […]

Duas boas notícias da MB: assinados novos contratos do MANSUP e revogada a suspensão do contrato do NHoFlu

NHoFlu Rio Branco - foto INACE

Contrato relacionado ao NHoFlu Rio Branco, já entregue, é com o estaleiro Inace. Para o MANSUP,  foram assinados contratos com Avibras e Mectron, marcando […]

Marinha dos EUA gasta US$ 9,1 milhões para manter Windows XP em PCs

usnavy_625

Ainda em processo de transição, marinha americana possui cerca de 100 mil computadores com o sistema operacional já obsoleto da […]