Vikramaditya_1655072f

A Rússia entregou o navio-aeródromo INS Vikramaditya à Índia no último sábado (16) após uma reforma cheia de atrasos e escaladas nos custos. A cerimônia de entrega do antigo Admiral Gorshkov  modificado aconteceu nas instalações do estaleiro russo Sevmash, na cidade de Severodvinsk, no nordeste do país. A previsão inicial era de passar o porta-aviões à Marinha indiana há cinco anos, em 2008.

Compareceram à cerimônia de entrega e comissionamento do Vikramaditya o vice-primeiro ministro russo, Dmitry Rogozin, e o ministro da defesa indiano, almirante AK Antony, que faz visita diplomática de quatro dias à Rússia. Os documentos que oficializaram a entrada do navio em serviço foram assinados pelo vice-diretor da Rosoboronexport, estatal russa responsável pela venda de armamentos a mercados externos, e pelo comandante do porta-aviões, Capitão-de-Mar-e-Guerra Suraj Berry.

INS_Vikramaditya_in_Baltic_Sea

Segundo o portal indiano de notícias Zee News, o navio-aeródromo será escoltado para a Índia por rota secreta até a base em Karwar, no sul do país, uma vez que o navio ainda não está armado com sistemas de defesa antiaérea – a previsão é de chegada é para fevereiro de 2014. Após a aquisição em 2004, a reforma da embarcação se arrastou por seguidas crises que elevaram o custo original de 947 milhões de dólares para 2,3 bilhões, causando desentendimentos entre Rússia e Índia sobre os termos do contrato entre os dois países.

Batizado em homenagem a um lendário rei indiano do século I a.C, o INS Vikramaditya era originalmente uma unidade do Projeto 1143.4 – um porta-aviões da classe Kiev modificado, comissionado pela Marinha da União Soviética em 1987 e descomissionado pela Marinha russa em 1996 por conta de cortes orçamentários.

INS_Vikramaditya_during_trials

FONTE: RIA Novosti (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

4 Responses to “INS ‘Vikramaditya’ é comissionado à Marinha indiana com 5 anos de atraso” Subscribe

  1. Mauricio R. 18 de novembro de 2013 at 23:38 #

    Bicão na festa!!!

    P-3 xeretando os testes de mar, de mais uma enrolação russa:

    (http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2013/11/ins-vikramaditya-was-spied-upon-by-nato.html)

  2. João Filho 19 de novembro de 2013 at 13:06 #

    E o Brasil vai comissionar o Sao Paulo com quanto atraso, 50 anos???

  3. juarezmartinez 20 de novembro de 2013 at 6:27 #

    A contar pelo “tranco da reforma” vaimais que 50 ……

    Grande abraço

  4. Almeida 20 de novembro de 2013 at 13:34 #

    A-12 São Paulo, o único navio que sai de uma reforma de 10 anos direto para uma manutenção de 5 anos…

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Submarino alemão é encontrado afundado na costa dos EUA

  Pesquisadores informaram nesta terça-feira (21) a descoberta de um submarino alemão e de um cargueiro nicaraguense que afundaram na […]

Fotos do Navio de Pesquisa Hidroceanográfico ‘Vital de Oliveira’ em construção na China

Confira as fotos do lançamento ao mar do Navio de Pesquisa Hidroceanográfico “Vital de Oliveira” em Xinhui, na China. O […]

Baixe 7 edições da revista Forças de Defesa e doe quanto quiser

Agora você poderá baixar para o seu computador, tablet ou smartphone as melhores reportagens da nossa revista impressa Forças de […]

Em fórum na Fiesp, Estado-Maior da Armada destaca a importância da indústria em projetos da Marinha

Por Dulce Moraes e Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp Representantes do órgão apresentam projetos em desenvolvimento e formas de financiamento. […]

Navios-patrulha do Brasil e da França em operação contra pesca ilegal

Segundo nota divulgada pelo Ministério da Defesa da França nesta segunda-feira, 20 de outubro, o navio-patrulha La Capricieuse da Marinha Francesa […]

Rússia diz que submarino ‘misterioso’ na Suécia é da Holanda, mas holandeses negam

A Rússia foi acusada de ter enviado o submarino ao local, mas negou. Porém, segundo jornal sueco, a Holanda também […]