Marinha Mercante - 1

ClippingNEWS-PAO presidente do Sindicato da Construção Naval (Sinaval), Ariovaldo Rocha, entregou à presidente Dilma Rousseff a proposta de criação de frota própria de navios porta-contêineres, feita pelo empresário e economista Washington Barbeito. O plano prevê formação de frota nacional de porta-contêineres, encomendada com base em leasing, que poderia ser explorada por um ou mais investidores brasileiros. De início, a frota seria de 12 navios. O crédito via leasing – aluguel com opção de compra – permite que, em caso de problemas com um operador, os navios possam ser facilmente transferidos a outros, como ocorre na aviação.

Recentemente, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) informou que faria estudos do mercado de fretes no comércio externo, explorado apenas por empresas estrangeiras. O advogado Osvaldo Agripino acentuou que, mesmo as operadoras sendo estrangeiras, deveriam ser reguladas, pois transportam exportações e importações brasileiras. O déficit anual de fretes é estimado em US$ 20 bilhões. Rocha explicou porque encaminhou a tese a Dilma:

– Nações como Noruega, Coréia e Estados Unidos dão apoio a seus armadores, sem falar na China, que criou grande frota no seu estilo pragmático. O Brasil não pode confiar tão somente em armadores estrangeiros, especialmente se esses se unirem em consórcios, nos quais a competitividade diminui fortemente – disse.

O projeto não prevê subsídio algum, apenas se pede o corte de gastos com previdência, para permitir concorrência a nível internacional. Rocha também vê com bons olhos a Frente Parlamentar de Defesa da Indústria Naval, composta por 207 deputados e dez senadores, tendo à frente o deputado Edson Santos (PT-RJ). Segundo Rocha, hoje há forte demanda do setor de petróleo e gás, mas a construção naval deve suprir também uma armação forte e crescente, no mercado interno. Com apoio da Fundação ARO, o Sinaval promove, dia 9, a solenidade do 3º Prêmio Naval de Qualidade e Sustentabilidade (3º PNQS), quando serão homenageadas personalidades e instituições que dão apoio à qualidade e sustentabilidade do setor.

FONTE: Monitor Digital

Tags: , , , ,

Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista especializado em temas militares, editor-chefe da revista Forças de Defesa e da trilogia de sites Poder Naval, Poder Aéreo e Forças Terrestres. É também fotógrafo, designer gráfico e piloto virtual nas horas vagas. Perfil no Facebook: https://www.facebook.com/alexandregalante

Um comentário para “Frota nacional para reduzir o déficit em frete marítimo”

  1. MO 21 de novembro de 2013 at 15:04 #

    Tá, por qual armador, hoje os “grandes Armadores” brasileiros são estrangeiros e pouco interesse em navios nacionais por trocentos motivos ….

    E ai José, como fica, quem encomenda, quem segura a onda … Hojel iteralmente nossa Marinha Mercante de banderia nacional eh uma marinha de cabotagem apenas … mal temos navios nossos la fora …. quero ver isso tudo em competitividade, funcionabilidae e um monte de outros “dades” …

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Nota à Imprensa: Avaria no Navio de Desembarque-Doca ‘Ceará’

NDD Ceará

Em complemento à Nota à Imprensa emitida hoje pelo Comando do 4º Distrito Naval, a Marinha do Brasil (MB) informa […]

Sopro de esperança: provas de mar da corveta ‘Júlio de Noronha’ começam no meio do ano

V32

Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa Há muitos ditos populares que, usados com jocosa maledicência, podem […]

Nota à Imprensa sobre a situação do NDD ‘Ceará’

ceara-G30-PWFZ-aspirantes-2015-ml-01-02-15-5 copy

MARINHA DO BRASIL COMANDO DO 4º DISTRITO NAVAL ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL “NOTA À IMPRENSA” Belém – PA, 02 de […]

Irã anuncia nova rota comercial bem defronte à área de patrulhamento da FTM-UNIFIL

071712_hn_iran_640

O governo do Irã prepara a criação de uma linha de transporte marítimo entre seu país e a Síria. O […]

NDD ‘Ceará’ em pane em alto mar a caminho do Haiti

ceara-G30-PWFZ-aspirantes-2015-ml-03-02-15-8 copy

Segundo informação divulgada em redes sociais, o Navio de Desembarque Doca (NDD) Ceará da Marinha do Brasil está a deriva a 320 […]