ClippingNEWS-PA88146_gabriela,diretoreprofessoraUma jovem de 17 anos de São Sebastião do Paraíso foi aprovada em primeiro lugar no processo seletivo da Marinha do Brasil, um dos concursos mais concorridos do país. Foi a primeira vez na história que um estudante de escola púbica é aprovado com essa classificação.

A aluna do segundo ano do ensino médio da Escola Estadual Benedito Calafiori em São Sebastião do Paraíso, Gabriela Duarte Leão, deixou mais de três mil candidatos para trás e no próximo ano vai estudar na Escola Naval, no Rio de Janeiro. A prova foi realizada no último dia 23 de novembro. Apenas cinco jovens entre 16 e 19 anos são selecionados para a Escola Naval e o Instituto Tecnológico Aeroespacial (ITA). No total 3.761 candidatos prestaram o concurso e Gabriela foi a primeira classificada entre eles.

A estudante é de família simples de Paraíso e mora com a mãe e irmão. Perdeu o pai aos 10 anos de idade em um acidente automobilístico em que ela também estava e ficou gravemente ferida com risco de não voltar a andar, mas superou as dificuldades e nunca desistiu do sonho de seguir a carreira militar. “Me inscrevi logo que soube do processo seletivo. O edital com o nome dos classificados só foi divulgado no início de novembro e acabei sendo pega de surpresa, pois, tinha apenas duas semanas para estudar”, relembra.

Antes de prestar a prova no Rio de Janeiro, Gabriela teve que participar de uma prova online no início deste ano, onde somente os melhores colocados no teste garantiriam a vaga para a fase final.

Gabriela conta que se esforçou muito para obter o tão esperado resultado, mas dedica parte da conquista a família que sempre a apoiou nas decisões e aos professores e direção da Escola Estadual Benedito Ferreira Calafiori, que segundo ela, foram fundamentais em sua preparação. “Eu fiquei muito preocupada por conta do curto espaço de tempo que tinha para estudar, mas procurei meus professores e recebi total apoio. Me lembro que estávamos em semana de prova na escola, mas mesmo assim eles deixaram parte de suas atividades de lado para direcionar meus estudos para o concurso”, comenta.

Durante o concurso, a estudante paraisense foi a primeira a acabar a prova, que teve duas horas de duração. Entre mais de 3500 candidatos, ela era a única aluna de escola pública. “Fiz a prova no domingo e as notas saíram dois dias depois. Quando fui pegar o resultado, o comandante me deu os parabéns, comunicando que eu havia passado em primeiro lugar. Eu não estava acreditando no que ouvi, mas depois veio a confirmação com o acerto de 29 das 30 questões da prova”, conta a estudante.

FONTE/FOTO: Click Folha

Tags:

Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

2 Comentários para “Escola Naval: primeira colocada estudou em escola pública”

  1. Marcos 29 de dezembro de 2013 at 12:33 #

    Parabéns!!!!!!

  2. Farragut 29 de dezembro de 2013 at 16:20 #

    Parece que o portal ClicFolha se enrolou…
    Não há candidata com o nome citado na relação dos candidatos aprovados nas Provas Escritas da Diretoria de Ensino da Marinha.
    Mesmo que fosse aprovada, ela não cursaria a EN em 2014, pois, de acordo com a própria matéria, não concluiu o ensino médio (aluna do segundo ano do ensino médio), condição necessária à inscrição do concurso de acordo com o edital.

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Suécia assina com Saab a encomenda de dois novos submarinos tipo A26

Kockums A26 - imagem 2 Saab

Empresa também modernizará dois exemplares da classe ‘Gotland’ em serviço na Marinha Sueca – Na última terça-feira, 30 de junho, […]

Fabricação do primeiro submarino S-BR avança na ICN

Reforços Externos #2

Rio de Janeiro, 29 de junho de 2015 – A Itaguaí Construções Navais (ICN) avança na construção do primeiro submarino […]

Prosuper receberá propostas da China e dos EUA

Type 052B Guangzhou class Wuhan (170) guided missile destroyer

  O PROSUPER, programa da Marinha do Brasil (MB) que visa obter 5 navios escoltas, cinco navios-patrulha oceânicos (NPaOc) e […]

Duas boas notícias da MB: assinados novos contratos do MANSUP e revogada a suspensão do contrato do NHoFlu

NHoFlu Rio Branco - foto INACE

Contrato relacionado ao NHoFlu Rio Branco, já entregue, é com o estaleiro Inace. Para o MANSUP,  foram assinados contratos com Avibras e Mectron, marcando […]

Marinha dos EUA gasta US$ 9,1 milhões para manter Windows XP em PCs

usnavy_625

Ainda em processo de transição, marinha americana possui cerca de 100 mil computadores com o sistema operacional já obsoleto da […]