Marinha substitui fragata em missão da ONU no Líbano

Marinha substitui fragata em missão da ONU no Líbano

181
3
SHARE

fragataliberal_inter

A Marinha do Brasil promoveu a substituição da fragata brasileira que atua como navio-capitânia da missão da Força Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM/Unifil). No último dia 17 de janeiro, a comitiva liderada pelo almirante Luiz Corrêa, da Chefia de Operações Conjuntas do Ministério da Defesa (CHOC), atracou no porto de Beirute para efetivar a troca da fragata União – que chega de volta ao Brasil no começo de março – pela fragata Liberal.

A cerimônia de substituição foi realizada em ambas as fragatas, atracadas de contra bordo, e foi presidida pelo general italiano Paolo Serra, Comandante da Unifil. O evento contou com a presença do embaixador do Brasil no Líbano, Affonso Massot, do comandante da FTM-UNIFIL, Almirante José de Andrade Bandeira Leandro, e dos comandantes da Marinha e do Exército do Líbano.

O Brasil está no comando da Força-Tarefa Marítima da Unifil desde 2011. A FTM foi instituída pelas Nações Unidas em 2006 para patrulhar a costa libanesa, prevenindo o contrabando de armas no litoral mediterrâneo e colaborando com o treinamento da Marinha do país árabe.

A Unifil foi criada pelas Nações Unidas em 1978, após a invasão do sul do Líbano pelas Forças de Defesa de Israel.

FONTE: Ministério da Defesa

3 COMMENTS

  1. É a segunda vez que mandam a “Lili” para lá. A União
    também já este lá duas vezes e a Constituíção uma vez então muito provavelmente a próxima a ser enviada será a Constituíção.

    Três das Niteróis revezando-se na UNIFIL enquanto a Independencia esteve nos EUA em 2012, uma comissão de mais de 4 meses e a Niterói andou bem ocupada ano passado, nada mal.

Deixe uma resposta