fragataliberal_inter

A Marinha do Brasil promoveu a substituição da fragata brasileira que atua como navio-capitânia da missão da Força Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM/Unifil). No último dia 17 de janeiro, a comitiva liderada pelo almirante Luiz Corrêa, da Chefia de Operações Conjuntas do Ministério da Defesa (CHOC), atracou no porto de Beirute para efetivar a troca da fragata União – que chega de volta ao Brasil no começo de março – pela fragata Liberal.

A cerimônia de substituição foi realizada em ambas as fragatas, atracadas de contra bordo, e foi presidida pelo general italiano Paolo Serra, Comandante da Unifil. O evento contou com a presença do embaixador do Brasil no Líbano, Affonso Massot, do comandante da FTM-UNIFIL, Almirante José de Andrade Bandeira Leandro, e dos comandantes da Marinha e do Exército do Líbano.

O Brasil está no comando da Força-Tarefa Marítima da Unifil desde 2011. A FTM foi instituída pelas Nações Unidas em 2006 para patrulhar a costa libanesa, prevenindo o contrabando de armas no litoral mediterrâneo e colaborando com o treinamento da Marinha do país árabe.

A Unifil foi criada pelas Nações Unidas em 1978, após a invasão do sul do Líbano pelas Forças de Defesa de Israel.

FONTE: Ministério da Defesa

Tags: , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

3 Comentários para “Marinha substitui fragata em missão da ONU no Líbano”

  1. Carlos André 27 de janeiro de 2014 at 21:25 #

    Liberal, a primeira da MODFRAG…

  2. daltonl 28 de janeiro de 2014 at 8:43 #

    É a segunda vez que mandam a “Lili” para lá. A União
    também já este lá duas vezes e a Constituíção uma vez então muito provavelmente a próxima a ser enviada será a Constituíção.

    Três das Niteróis revezando-se na UNIFIL enquanto a Independencia esteve nos EUA em 2012, uma comissão de mais de 4 meses e a Niterói andou bem ocupada ano passado, nada mal.

  3. Jacubão 28 de janeiro de 2014 at 10:35 #

    É vai começar a faltar perna para nossa NAVY!
    As velhas MK – 10 estão ficando cansadas!

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Portugal também interessado no navio-doca ‘Siroco’

corymbe-le-bpc-tonnerre-releve-le-tcd-siroco-2

Na hipótese de o Brasil considerar inviável a aquisição do navio de assalto anfíbio Siroco , o navio, que será […]

Compre seu livro ‘Monitor Parnaíba – 75 anos’

Livro Monitor Parnaíba - 75 anos -  Capas - WEB

A editora Aeronaval Comunicação, que produz a revista Forças de Defesa, está lançando a primeira edição do livro “Monitor Parnaíba […]

Base chinesa em Walvis Bay põe em xeque trabalho da Missão Naval do Brasil na Namíbia

Namibia

Uma delegação da República Popular da China desembarcará proximamente em Windhoek, capital da Namíbia, para negociar a instalação, ainda este […]

Vídeo: Navio-Patrulha Classe ‘Macaé’

Navio-Patrulha Macaé

O Navio-Patrulha classe “Macaé”, construído no Brasil sob gerenciamento da EMGEPRON, é um navio versátil, apropriado para missões de vigilância […]

Compre sua revista Forças de Defesa 12ª edição

Forças de Defesa 12 - capa e miolo 2 - destaque

Saiu a Revista Forças de Defesa 12ª edição, com 120 páginas! a versão impressa está disponível para compra pela Internet e […]