6585

Em comunicado feito ontem, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, declarou que governo russo está tomando medidas para garantir a segurança das instalações da Marinha na Península da Crimeia, em meio à instabilidade política na Ucrânia.

No texto, o ministro afirma que “estamos monitorando cuidadosamente a situação na Ucrânia e em torno da nossa Frota do Bar Negro. Estamos agindo para garantir a segurança das estruturas e arsenais da Força”. Shoigu não especificou quais medidas estão sendo adotadas. Porém, fontes militares afirmaram ontem que foram reforçados com blindados diversos pontos de segurança em instalações da Frota do Mar Negro.

A declaração do ministro vem logo após relatos de instabilidade na cidade de Simferopol, no sul da Ucrânia – manifestantes contrários ao governo interino recém-estabelecido teriam entrado em conflito com representantes da comunidade tártara da Crimeia, do lado de fora do parlamento local.

A península era oficialmente parte da Rússia até 1954, quando o então líder soviético Nikita Khrushchev transferiu o território para a então República Socialista Soviética da Ucrânia.

A Frota do Mar Negro da Marinha russa mantém sua principal base no porto de Sevastopol, e diversas instalações auxiliares ao longo da península. Durante o mandato do ex-presidente ucraniano, Viktor Yanukovych, deposto no último sábado (22), o país renovo a concessão do porto e demais áreas para a Rússia até 2042.

FONTE: RIA Novosti (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

2 Comentários para “Governo russo reforça segurança de instalações navais na Ucrânia”

  1. Mauricio R. 1 de março de 2014 at 0:45 #

    E a Criméia foi, apesar do esperneio generalizado, re-integrada á Rússia.

  2. Carlos Alberto Soares 2 de março de 2014 at 18:34 #

    Concordo, anexada mesmo, já era !

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Flotilha Guarda-Costas cubana aceita cooperar com Guarda Costeira dos EUA

Cuba

Mais de 55 anos depois de as suas Marinhas terem feito seu último contato, os governos de Washington e de […]

Navantia espanhola cria filial no Brasil visando contratos de renovação da MB

Fragata Cristobal Colon - classe F-100 - em dique - foto Navantia

A empresa espanhola Navantia da área naval divulgou nota da Europapress na segunda-feira, 26 de janeiro, informando que iniciou processo de […]

Argentina escolhe a China como parceira para seus OPV

CSIC_P18N_Nigeria_AAD_2014_2

O Ministério da Defesa argentino escolheu a indústria naval da China como sua parceira no programa de construção de navios-patrulha […]

Compre sua revista Forças de Defesa 12ª edição

Forças de Defesa 12 - capa e miolo 2 - destaque

Saiu a Revista Forças de Defesa 12ª edição, com 120 páginas! a versão impressa está disponível para compra pela Internet e […]

Portugal também interessado no navio-doca ‘Siroco’

corymbe-le-bpc-tonnerre-releve-le-tcd-siroco-2

Na hipótese de o Brasil considerar inviável a aquisição do navio de assalto anfíbio Siroco , o navio, que será […]