Governo russo reforça segurança de instalações navais na Ucrânia

Governo russo reforça segurança de instalações navais na Ucrânia

66
2
SHARE

6585

Em comunicado feito ontem, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, declarou que governo russo está tomando medidas para garantir a segurança das instalações da Marinha na Península da Crimeia, em meio à instabilidade política na Ucrânia.

No texto, o ministro afirma que “estamos monitorando cuidadosamente a situação na Ucrânia e em torno da nossa Frota do Bar Negro. Estamos agindo para garantir a segurança das estruturas e arsenais da Força”. Shoigu não especificou quais medidas estão sendo adotadas. Porém, fontes militares afirmaram ontem que foram reforçados com blindados diversos pontos de segurança em instalações da Frota do Mar Negro.

A declaração do ministro vem logo após relatos de instabilidade na cidade de Simferopol, no sul da Ucrânia – manifestantes contrários ao governo interino recém-estabelecido teriam entrado em conflito com representantes da comunidade tártara da Crimeia, do lado de fora do parlamento local.

A península era oficialmente parte da Rússia até 1954, quando o então líder soviético Nikita Khrushchev transferiu o território para a então República Socialista Soviética da Ucrânia.

A Frota do Mar Negro da Marinha russa mantém sua principal base no porto de Sevastopol, e diversas instalações auxiliares ao longo da península. Durante o mandato do ex-presidente ucraniano, Viktor Yanukovych, deposto no último sábado (22), o país renovo a concessão do porto e demais áreas para a Rússia até 2042.

FONTE: RIA Novosti (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

2 COMMENTS

Deixe uma resposta