Second_Zubr_LCAC_China_Crimea

Segundo testemunhas oculares e e fotografias, no último sábado (01), o transporte do segundo hovercraft anfíbio da classe Zubr fabricado para a Marinha do Exército de Libertação Popular da China, foi transportado às pressas de Fedosiya, na região da Crimeia, para seu destino final na China. A entrega foi antecipada para evitar danos à embarcação por conta da escalada nas tesões regionais.

Atualmente o maior hovercraft do mundo, o Zubr, empregado principalmente para desembarque de tropas, começou a ser desenvolvido pela União Soviética em 1978, e a primeira unidade foi comissionada à URSS em 1988. A embarcação é capaz de transportar três blindados com peso conjunto de cerca de 150 toneladas ou dez veículos de transporte de tropas em até 130 toneladas além de 140 soldados. Caso não estiver transportando veículos ou armamentos pesados, o Zubr acomoda cerca de 370 homens.

Ao todo, 14 unidades do hovercraft foram lançadas – apenas duas permanecem em serviço na Marinha russa. Cinco embarcações foram descomissionadas, duas não formam concluídas e outras cinco foram vendidas para a Marinha da Grécia, onde são usadas geralmente em operações de apoio às Forças Especiais do país. Com a recente encomenda chinesa, o total de Zubrs lançados chegará a 18 unidades.

FONTE: Navy Recognition (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

2 Responses to “Hovercraft construído na Ucrânia é entregue às pressas para Marinha chinesa” Subscribe

  1. Almeida 6 de março de 2014 at 12:01 #

    Houve um erro na matéria (ou na sua tradução): não são 3 veículos blindados de 150 toneladas, mas até 3 veículos blindados num total de 150t. O mesmo se aplica aos 10 veículos de transporte de tropa, etc.

    Seriam, no caso, 3 carros de combate pesados de até 50t cada um, ou até 10 APCs de 13t cada um.

    Até por que não existem veículos blindados de 150t! :)

  2. daltonl 6 de março de 2014 at 21:56 #

    Um pequeno escorregão na tradução…o texto em inglês menciona 3 MBTs com “overall mass of 150 tons” , peso total de 150 tons.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Navios-patrulha que Brasil fornecerá a Angola serão de 500 toneladas

Brasil vai apoiar desenvolvimento do Poder Naval de Angola   Brasília, 05/09/2014 – Os ministros da Defesa do Brasil, Celso […]

Conheça a história e o futuro da Força de Submarinos da Marinha do Brasil

Nunca antes neste país publicaram uma série de matérias sobre o tema nesta profundidade! A Força de Submarinos da Marinha […]

‘Modelo exportação’: Brasil deverá construir navios-patrulha para Angola

O ministro Celso Amorim (Defesa) assina hoje com o angolano João Manuel Lourenço termo de cooperação para construção de 7 […]

FMM aprova investimentos de R$ 4,4 bilhões em projetos

Estão inclusos no montante valores para novas embarcações de cabotagem e seis embarcações de apoio offshore O Conselho Diretor do […]

Navio-Patrulha Oceânico ‘Araguari’ será aberto à visitação pública neste final de semana no porto de Natal-RN

O Navio-Patrulha Oceânico “Araguari” (NpaOc Araguari), subordinado ao Comando do 3º Distrito (Com3ºDN) será aberto à visitação pública, no porto […]

Eisa quita salários e sinaliza recuperação

Sergio Barreto Motta O Estaleiro Ilha S/A (Eisa) conseguiu empréstimo no exterior de US$ 40 milhões e quitou três meses […]