No Credit Check Payday Loans

26-10-2010-fpso-cidade-de-angra-dos-reis

ClippingNEWS-PAA Petrobras bateu novo recorde de produção no pré-sal, de 412 mil barris de petróleo por dia em 27 de fevereiro, informou a petroleira em nota à imprensa nesta quarta-feira. O aumento de produção da estatal é fundamental para a empresa gerar mais caixa e aliviar seu elevado endividamento, motivo de preocupação entre analistas de mercado.

“Essa marca, obtida com apenas 21 poços produtores, evidencia a elevada produtividade dos campos do pré-sal”, afirmou a estatal. A empresa deu início em 18 de fevereiro à operação de um poço que alcançou a maior produção na região – 36 mil barris diários – a partir de uma nova tecnologia.

O poço 9-SPS-77A, no campo de Sapinhoá, está interligado ao FPSO Cidade de São Paulo por um modo pioneiro de conexão à plataforma, cujo sistema tem sustentação em uma boia submersa ancorada com peso de 1,9 mil toneladas. “Resultados como esses, decorrentes de ações gerenciais objetivas, levaram a companhia em 2013 a realizar lucro líquido de 23,6 bilhões de reais, 11 por cento superior ao de 2012″, acrescentou a companhia.

A Petrobras ainda manteve sua meta de produção de óleo e gás para 2020 em 5,2 milhões de barris ao dia, na comparação com o plano de médio prazo divulgado no ano passado. A empresa enxugou em 6,8 por cento seu robusto plano de negócios para o período de cinco anos, com previsão de investimentos de 220,6 bilhões de dólares entre 2014 a 2018.

FONTE: Gazeta do Povo(PR)

Tags: , ,

Jornalista especializado em temas militares, editor-chefe da revista Forças de Defesa e da trilogia de sites Poder Naval, Poder Aéreo e Forças Terrestres. É também fotógrafo, designer gráfico e piloto virtual nas horas vagas. Perfil no Facebook: https://www.facebook.com/alexandregalante

5 Responses to “Petrobras bate novo recorde de produção no pré-sal, de 412 mil barris por dia” Subscribe

  1. Guilherme Poggio 6 de março de 2014 at 14:13 #

    Aí depende como cada um vê a coisa.

    Produção de petróleo da Petrobras cai 2,4% em janeiro ante dezembro

    e também a dependência do Brasil em relação à Bacia de Campos ainda é grande

    Bacia de Campos reduz participação na produção nacional de petróleo

    Em 2010 a Bacia de Campos respondia por 85,5% da produção nacional de petróleo. Com os números fechados de 2013 pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), a participação da Bacia de Campos caiu para 76,6%.

    Em 2010 dos 30 poços com maior produtividade todos estavam na Bacia de Campos. Em 2013, onze deles estavam na Bacia de Santos, enquanto os outros dezenove continuavam situados na Bacia de Campos.

    A queda na produção na Bacia de Campos se deve ao esgotamento natural de alguns campos. Atribui-se também a redução percentual da produção na Bacia à diminuição dos investimentos e ao deslocamento das sondas de perfuração que apuram novas reservas para outras áreas do litoral brasileiro.

    Segundo indicadores ainda a ser apurados esta redução proporcional da produção na Bacia de Campos já reflete na redução do número de postos de trabalho na principal base da bacia em Macaé. Diversos trabalhadores terceirizados vem sendo dispensados por empresas contratadas pela Petrobras.

    Apesar disto, é na Bacia de Campos onde se tem hoje a maior parte da produção do pré-sal no país. Em dezembro passado, a produção do pré-sal na Bacia de Campos alcançou um volume total de produção 422,1 mil barris de óleo equivalentes por dia de óleo e gás.

  2. Marcos 6 de março de 2014 at 15:47 #

    Mas a produção total não sai dos 2 milhões de barris/dia.
    Enquanto isso, em país imperialista mais ao Norte, nos últimos cinco anos a produção saltou de 5 milhões para 7,5 milhões de barris/dia, ou seja, nos últimos cinco anos eles aumentaram mais que toda nossa produção, isso graças a todas as empresas que estão lá.

    Aqui a empresa já pode mudar de nome, pode ser PetroBó ou Petrobra-X.

  3. Ribeiro 7 de março de 2014 at 7:32 #

    KKKKKK

  4. Carlos Alberto Soares 7 de março de 2014 at 10:26 #

    PTdoBRA-X fica melhor.

    Descobriram um superfaturamento da NO de mais de U$$ 400 Mi, cadê o MPF nesse assunto ?

    E era para estudos heim, num bateram um prego e nem apertaram um parafuso.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/negocios-geral,contrato-da-petrobras-com-a-odebrecht-e-investigado-por-superfaturamento,169716,0.htm

  5. MO 7 de março de 2014 at 13:02 #

    Eu ghostaria de ver para onde vai este petroleo todo, não teoricamente, mas palpavelmente …

    em tempo um dos meus xodos de EVER, que tive o prazer de o atender muitas vezes em SSZ =
    http://santosshiplovers.blogspot.com.br/2014/03/mt-bow-atlantic-s6at6-descarga-de-soda.html

    9 photos

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Visita ao USS ‘America’

O novíssimo navio anfíbio de assalto de última geração USS America (LHA 6) tem um brasileiro a bordo Ricardo Pereira […]

Caças americanos bombardeiam posições do Isil no Iraque

Ataques são os primeiros contra grupo radical sunita desde que Obama autorizou ação; ajuda a minorias perseguidas já foi enviada […]

Cruzador da Marinha dos EUA aproa para o Mar Negro

De acordo com um comunicado divulgado pelo comando da Sexta Frota da Marinha de Guerra dos EUA, o cruzador norte-americano […]

Navio anfíbio americano de última geração visita Rio de Janeiro

O navio de assalto anfíbio USS America (LHA6), uma das mais modernas embarcações da marinha dos Estados Unidos e que […]

Angola busca cooperação brasileira para implementar Programa Naval

Os ministros da Defesa do Brasil, Celso Amorim, e de Angola, João Manuel Gonçalves Lourenço, se reuniram nesta terça-feira para […]