Ochakov

ClippingNEWS-PASebastopol (Ucrânia) - As forças russas afundaram um navio obsoleto de sua Frota do Mar Negro na entrada de uma das bases ucranianas em Sebastopol (Crimeia) para impedir a saída de navios da Ucrânia, denunciou o Ministério da Defesa deste país. “Na entrada da base naval do sul da frota ucraniana, e para bloquear os navios ucranianos que se encontram no lago Donuzlav, os militares russos afundaram o navio ‘Ochakov’, que já estava fora de serviço em sua frota”, disse o ministério. A embarcação anti-submarino “Ochakov” foi construído em 1971 e integrou à Frota russa do Mar Negro dois anos depois, onde participou de vários exercícios navais. Desde 1991, o navio se encontra no porto de Sebastopol para reparos, e deveria voltar a operar em 2004, o que não ocorreu, e em 2011 foi retirado da frota.

CG - Ochakov (1988a)

FONTE: R7

NOTA DO PODER NAVAL: na foto de baixo, o cruzador da classe “Kara” Ochakov, em 1988.

ATUALIZAÇÃO:

Na foto abaixo o Ochuikov afundado bem no acesso do lago. Segundo informes da imprensa internacional, o canal de acesso possui uma profundidade próxima de nove metros. Na imagem mais abaixo do Google Earth aparece o Ochakov quando ainda estava fundeado próximo à cidade de Sebastopol. A linha amarela mostra a distância entre o local em que ele se encontrava, segundo a imagem do Google Earth, e o ponto onde ele foi afundado.

afundamento do Ochakov

local do afundamento do Ochakov

Outros ângulos do Ochakov

afundamento do Ochakov - foto via facepunch 2

afundamento do Ochakov - foto via facepunch

afundamento do Ochakov - foto via ABC news

Tags: , , , , ,

Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista especializado em temas militares, editor-chefe da revista Forças de Defesa e da trilogia de sites Poder Naval, Poder Aéreo e Forças Terrestres. É também fotógrafo, designer gráfico e piloto virtual nas horas vagas. Perfil no Facebook: https://www.facebook.com/alexandregalante

6 Comentários para “Rússia afunda navio no Mar Negro para bloquear passagem de ucranianos”

  1. Guilherme Poggio 6 de março de 2014 at 13:05 #

    O Ochakov era um navio da classe Kara. N a URSS ele era classificado como Bol’shoy Protivolodochnyy Korabl’ ou “grande navio antissubmarino”. No Ocidente muitos classificavam como destróier junto com os Sovremennyy.

  2. daltonl 6 de março de 2014 at 14:18 #

    A Marinha Russa ainda opera um “Kara” o Kerch que estava programado para ser retirado em 2014 mas os russos de alguma forma pretendem esticar o serviço até
    2019 quando então terá 45 anos !

    Ele pertence a Frota do Mar Negro que banha a Ucrania,
    e aparentemente está confinado lá, não sendo capaz de navegar em mar aberto.

  3. Guilherme Poggio 6 de março de 2014 at 15:47 #

    dantonl

    Tinha essa dúvida. Se o Kerch estava ainda em serviço ou não.

    Só como curiosidade. Kerch é o nome de uma cidade da Ucrânia que fica na… Crimeia.

  4. MO 6 de março de 2014 at 16:10 #

    que coisa quem ja viu os Kara e quem ve isso agora ….

  5. Guilherme Poggio 6 de março de 2014 at 17:47 #

    que coisa quem ja viu os Kara e quem ve isso agora ….

    Quer ficar mais triste MO? Olha a foto do Ochkov afundado que eu atualizei agora no post. Ali é muito raso.

  6. Carlos Alberto Soares 7 de março de 2014 at 10:32 #

    Imaginem o dano ao meio ambiente.

    Vamos exportar para a Ucrânia a brasileira e pronto a titica tá feita, a Russia já era rsrs

    http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2013/12/brasileira-presa-na-russia-diz-que-pretende-voltar-ao-ativismo.html

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Seminário ‘Open Sonar Day’

sonar-underwater_view

O Open Sonar Day é um evento realizado em parceria entre o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica (PPGEE) da […]

Enfim uma boa notícia: Marinha renegocia pagamentos nos EUA e garante mais 2 MH-16

Seahawk MH-16

A Diretoria de Aeronáutica da Marinha concluiu com êxito uma renegociação dos pagamentos que deve fazer ao governo dos Estados […]

LAAD 2015: Brasil e Argentina confirmam uso de drones para vigilância marítima

Vant Carcará

  Premidas por severas restrições orçamentárias, as Marinhas do Brasil e da Argentina vão recorrer a Veículos Aéreos Não-Tripulados (VANTs) […]

LAAD 2015: corveta ‘Tamandaré’ é destaque no estande da Emgepron

Modelo da corveta Tamandaré no estande da Emgepron na LAAD 2015

A Emgepron (Empresa Gerencial de Projetos Navais) apresentou em seu estande na LAAD 2015 um modelo da corveta classe “Tamandaré”, […]

Sea Gripen da Marinha do Brasil na LAAD 2015

Sea Gripen da MB na LAAD 2015 - 1

A Saab apresentou em seu estande na LAAD 2015, além do “mock-up” (réplica em tamanho real) do Gripen NG e […]