Admiral_Grigorovich_Project_11356_frigate_Russian_Navy_1

Em comunicado oficial, o estaleiro Yantar, de Kaliningrado, anunciou na última sexta-feira (14), o lançamento da primeira de seis fragatas do novo Projeto 11356 a serem construídas para a Frota do Mar Negro.

A Admiral Grigorovich teve a quilha batida em dezembro de 2010. Outras quatro unidades da mesma classe estão atualmente e estágios variados de construção nas instalações do estaleiro. Os seis navios serão entregues à Frota do Mar Negro entre 2014 de 2017 conforme dois contratos assinados com o Ministério da Defesa russo.

Admiral_Grigorovich_Project_11356_frigate_Russian_Navy_2

As fragatas do Projeto 11356 deslocam 3.85 toneladas, e foram desenvolvidas para combater navios de superfície e submarinos, bem como para missões de defesa antiaérea, e atuação independente ou como parte de forças-tarefa. Os navios são armados com lançadores para mísseis superfície-superfície e antinavio Kalibr e Klub (3M54E), um canhão principal de 100mm sistema de defesa antiaérea Kashtan, sistema Shtil de lançamento vertical para mísseis antiaéreos, dois tubos para torpedos, e um helicóptero Ka-28 ou Ka-31.

O vice-comandante da Marinha russa, Contra-Almirante Viktor Bursuk, declarou na sexta-feira que a nova classe de fragatas é ideal para operar no Mar Negro e o Mar Mediterrâneo, onde a Rússia mantém forças navais permanentes. O contra-almirante acrescentou ainda que os navios também podem ser empregados em missões de combate à pirataria no Golfo de Aden, entre a Somália e o Iêmen.

NOTA DA EDITORA: você pode conferir uma reportagem com tour pela  Admiral Grigorovich clicando aqui.

FONTE: Navy Recognition (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

Um comentário para “Estaleiro lança primeira fragata do Projeto 11356 para a Marinha russa”

  1. Wagner 23 de março de 2014 at 16:14 #

    E mais uma a caminho !!

    ;)

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Precisamos, para já, de 4 (bons) navios usados

maestrale

  Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa e autor do livro “As Garras do Cisne” Parece […]

Navio-veleiro Cisne Branco aberto à visitação em Santos neste final de semana

Cisne Branco (2)

A Capitania dos Portos de São Paulo informou em nota à imprensa que o navio-veleiro Cisne Branco da Marinha do […]

Marinha peruana estuda três opções para renovar sua força de superfície

DE_LA_PENNE__5____a

  Não é só a Esquadra brasileira que necessita equacionar a renovação de sua força de superfície em um cenário […]

Cerimônia de incorporação do Navio de Pesquisa Hidroceanográfico ‘Vital de Oliveira’ à Marinha do Brasil

Vital de Oliveira - 1

  Em uma cerimônia de batismo, mostra de armamento e transferência para o setor operativo, o Navio de Pesquisa Hidroceanográfico […]

Ministério da Defesa menos otimista com as chances do Prosuper em 2015

FREMM 523b

Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa e autor do livro “As Garras do Cisne” Passam os […]