CM a bordo da Cv Júlio de Noronha

No dia 25 de março, o Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, visitou a Corveta “Júlio de Noronha”, primeiro navio da Classe em processo de modernização, a fim de conhecer as principais obras em andamento.

Após uma breve palestra na Praça D’Armas, ministrada pelo Comandante do Navio, Capitão-de-Fragata André Luiz de Andrade Felix, foram visitados os principais compartimentos modernizados: Passadiço; Centro de Controle de Máquinas (CCM), já com os novos Sistemas de Controle de Avarias (SisCav) e de Controle de Monitoração (SCM) instalados, ambos desenvolvidos pelo IPqM; as cobertas da Guarnição; e a coberta de rancho, bem como a cozinha e a padaria.

Após a visita às instalações, o Comandante da Marinha dirigiu-se aos tripulantes e elogiou o empenho e a dedicação de todos, visando à prontificação do navio em 2015.

V32

FONTE: Marinha do Brasil

Tags: ,

Jornalista especializado em temas militares, editor-chefe da revista Forças de Defesa e da trilogia de sites Poder Naval, Poder Aéreo e Forças Terrestres. É também fotógrafo, designer gráfico e piloto virtual nas horas vagas. Perfil no Facebook: https://www.facebook.com/alexandregalante

3 Responses to “Visita do Comandante da Marinha à corveta ‘Julio de Noronha’” Subscribe

  1. juarezmartinez 13 de abril de 2014 at 20:10 #

    ele ceve ter ido explicar como é que com umsaário de R$ 15.000.000,00 conseguque comprar um apartamento de dois milhões de reais na orla do RJ sem ter ganho na loteria.
    Enquanto to isto a esquadra apodrece no porto.

    Um dia depois do outro, e o tempo vem sempre mostrando ser senhor de todas as verdades.

    Grande abraço

  2. Luiz Monteiro 14 de abril de 2014 at 15:41 #

    Prezado amigo Juarez,

    Segue abaixo a Nota Oficial da MB sobre a reportagem do jornal O DIA:

    “Em relação à matéria intitulada “Luxo e viagem dão indício de improbidade”, que acompanhou a matéria de capa com o título “Compra de imóvel de luxo leva MP a investigar Comandante da Marinha”, publicada no jornal “O Dia”, em 13 de abril de 2014, a Marinha do Brasil (MB) repudia, veementemente, as falsas, levianas e malignas notícias veiculadas, bem como qualquer ilação contida na reportagem que faça referência a aquisições imobiliárias do Comandante da Marinha vinculadas à compra de submarinos franceses pelo Brasil, não aceitando acusações de prática de corrupção, improbidade, desvio de caráter e de ética, decorrente de uma denúncia anônima, que não apresenta qualquer elemento de prova.

    Reforça-se, conforme trecho da nota já encaminhada no dia 11 de abril à repórter HILKA TELLES e não publicada por esse jornal, que: “Em face da citada denúncia, o Comandante da Marinha enviou, oficialmente, um relatório pormenorizado ao [Ministério da Defesa] MD sobre a compra do imóvel, abordando detalhadamente: a sua situação legal à época; os compradores; o seu valor; os impostos e taxas; e a origem dos recursos financeiros. Finalmente, o MD, após analisá-lo, expediu ofício à CGU informando que considerava o assunto encerrado e que arquivaria o referido processo naquele Ministério”. Essas informações são coerentes com a Declaração de Ajuste Anual de Imposto de Renda do Comandante da Marinha.

    Em relação às suas viagens ao exterior, reitera-se que “elas foram realizadas visando a participação em seminários, conferências e reuniões com outras Forças Navais, além de compor comitiva do MD, cabendo ressaltar que as mesmas foram oficiais, tendo sido realizadas a serviço, devidamente autorizadas pelo Ministro da Defesa através de Portarias publicadas no Diário Oficial da União”.

    Em referência à designação de Oficiais para servir no exterior, cumpre mais uma vez esclarecer que “compete ao Comandante da Marinha, por delegação do Presidente da República, previsto em diploma legal, a nomeação e exoneração de militares para cargos e comissões no exterior”.

    Cabe aqui destacar, que a informação apresentada relativa ao parentesco do Capitão-de-Mar-e-Guerra FERNANDO AUGUSTO TEIXEIRA DE PINHO, como primo da esposa do Comandante da Marinha, é falsa, pois o oficial não tem nenhum grau de parentesco com ela ou com o próprio Comandante da Marinha.

    Ressalta-se, ainda, que a Marinha do Brasil não recebeu, até a presente data, qualquer documento do Ministério Público Federal (MPF) que trate de investigação sobre o tema, tendo tomado conhecimento do assunto por meio de demanda de imprensa, contendo cópia de uma Portaria do citado órgão. Outrossim, caso seja oficialmente instado a se manifestar, o Comandante da Marinha prestará todas as informações necessárias à confirmação da legalidade e legitimidade dos atos praticados.

    Por fim, a Marinha do Brasil julga importante que as fundamentações supracitadas sejam divulgadas aos leitores desse jornal, de forma a dirimir qualquer margem de interpretação dúbia ou errônea que, porventura, possa ser originada por tais omissões.

    Atenciosamente,

    JOSÉ ROBERTO BUENO JUNIOR
    Contra-Almirante”

  3. juarezmartinez 14 de abril de 2014 at 20:56 #

    Prezado amigo comandante LM:

    Seguramente ele deve ter ganho na loteria e esqueceu, e a figura citada, como o senhor bem sabe por ser contemporãneo do cidadão, é uma figura notória dentro da MB, infelizmente.

    Grande abraço

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Em fórum na Fiesp, Estado-Maior da Armada destaca a importância da indústria em projetos da Marinha

Por Dulce Moraes e Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp Representantes do órgão apresentam projetos em desenvolvimento e formas de financiamento. […]

Navios-patrulha do Brasil e da França em operação contra pesca ilegal

Segundo nota divulgada pelo Ministério da Defesa da França nesta segunda-feira, 20 de outubro, o navio-patrulha La Capricieuse da Marinha Francesa […]

Rússia diz que submarino ‘misterioso’ na Suécia é da Holanda, mas holandeses negam

A Rússia foi acusada de ter enviado o submarino ao local, mas negou. Porém, segundo jornal sueco, a Holanda também […]

Compre agora sua revista Forças de Defesa número 11

Outra revista igual a essa, só daqui a 100 anos! A Revista Forças de Defesa 11ª edição de 140 páginas na versão impressa […]

Suecos investigam presença de submarino estrangeiro perto de sua capital

Submarino estrangeiro estaria operando no Arquipélago de Estocolmo, do qual faz parte a capital da Suécia, o que levou ao […]

Mora em Brasília ou está na cidade? Então experimente um simulador da Marinha

Simulador de Aviso de Instrução, utilizado pelos aspirantes da Escola Naval no Rio de Janeiro (RJ), além de maquete da […]