Home Marinha do Brasil Mostra de desarmamento da corveta ‘Frontin’ (V33)

Mostra de desarmamento da corveta ‘Frontin’ (V33)

1360
9

V-33 Frontin

No dia 28 de setembro será realizada, às 10 horas, no Complexo Naval de Mocanguê, a Mostra de Desarmamento da Corveta Frontin (V33), da Classe Inhaúma. A cerimônia acontecerá a bordo do navio, atracado no Pier 2 da Base Naval do Rio de Janeiro e será presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante-de-Esquadra Carlos Augusto de Souza.
Mostra de Desarmamento é a cerimônia a qual é encerrada a atividade do navio, ou seja, ato em que ele é desincorporado da Armada. Após esta cerimônia, o navio será guarnecido pelo Grupo de Manutenção e Vigilância e estará subordinado ao Comandante do 2º Esquadrão de Escolta.

Estarão presentes à cerimônia de Mostra de Desarmamento, o Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante-de-Esquadra Carlos Augusto de Souza; o Comandante de Operações Navais, Almirante-de-Esquadra Wilson Barbosa Guerra; o Comandante-em-Chefe da Esquadra, Vice-Almirante Ilques Barbosa Júnior; o Comandante da Força de Superfície, Contra-Almirante José Renato de Oliveira; o Comandante do 2º Esquadrão de Escolta, Capitão-de-Mar-e-Guerra Paulo César Bittencourt Ferreira, além de ex-comandantes do navio e convidados civis e militares.

V33

 

Sobre a Corveta Frontin
A Corveta Frontin (V 33) é o primeiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem ao Almirante Pedro Max Fernando de Frontin, Comandante da Divisão Naval em Operações de Guerra (DNOG), no período de 1917 a 1918. A CV Frontin é a quarta e última unidade de uma série de quatro Corvetas da Classe Inhaúma.

Autorizada em novembro de 1981, sob o Contrato N.º 510/066/86, assinado em 9 de junho de 1986, sendo construída no estaleiro Verolme Estaleiros Reunidos do Brasil S.A., localizado em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Em 15 de dezembro de 1987, teve sua quilha batida e foi lançada e batizada em 6 de fevereiro de 1992, tendo como madrinha a Sra. Glória Maria de Frontin Muniz Freire Pereira de Souza, sobrinha-neta do Almirante Frontin.

Na época, a cerimônia de lançamento foi presidida pelo Ministro da Marinha, Almirante-de-Esquadra Mario César Flores. Depois de realizar as provas de mar, a CV Frontin foi submetida a Mostra de Armamento e incorporada à Armada em 11 de março de 1994.

NOTA do EDITOR: Conheça mais sobre a história do ”O Carrasco dos Mares” acessando o NGB no site Navios Brasileiros.

SAIBA MAIS SOBRE AS CORVETAS CLASSE INHAÚMA:

9
Deixe um comentário

avatar
8 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
FonsecajuarezmartinezBascheradaltonlVassili Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
MO
Membro
Member

ve so, dentro do canl daqui and tortim tortim … (visual caracteristico das “Excelentes Qualidades Marinheiras” @ By Lista Naval , 1997)

ah, claro, em relação a 1997 e quem jurava de peh juno = kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

MO
Membro
Member

Quanto ao navio, para quem gosta, mesmo sabendo disto, é uma pena … RIP !

Vassili
Visitante
Vassili

Apenas 20 após a mostra de armamento, vem a aposentadoria……………..

Snif………… snif………….. RIP (2).

daltonl
Membro
daltonl

Já vi coisa pior…o então USS Texas CGN 39 foi descomissionado após apenas 15 anos e os demais da classe não alcançaram nem os 20 anos da Frontin.

Baschera
Visitante
Baschera

RIP….. V-34…

Sds.

Baschera
Visitante
Baschera

Buáááá…. é Frontin V-33 e não V-34 !!!!!!

Meus sentimentos à viúva !

Sds.

juarezmartinez
Visitante
juarezmartinez

Faltou na lista de convidados o Almirante Moura Neto para ver com seus próprios olhos a aposta infeliz na marinha do futuro, sacrificando a marinha do presente, para ficar com a marinha do nunca.

Grande abraço

Fonseca
Visitante
Fonseca

A Corveta Frontin (V 33) é um navio mais novo que as Fragatas classe niteroi, não entedi a baixa deste navio,tem um porque ? , pois existe navios mais velhos em atividade.

MO
Membro
Member

Ora, por que a idade não necessáriamente reflete as condições técnicas / operacionais de uma embarcação, pode ser mais novo e estar só o pó ….