Home Data Comemorativa Poder Naval visita navios da MB em Santos-SP, no Dia do Marinheiro

Poder Naval visita navios da MB em Santos-SP, no Dia do Marinheiro

417
24
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 1
Vista da popa das fragatas Liberal e Greenhalgh, atracadas a contrabordo

Para comemorar o Dia do Marinheiro no sábado (13 de Dezembro), o Poder Naval visitou os navios que compõem a Operação Aderex-II/2014, que atracaram no Porto de Santos, no litoral de São Paulo. Dois outros navios que participam da mesma operação atracaram no Porto de Vitória, no Espírito Santo. O navio-tanque Marajó (G27) também atracou em Santos, mas num ponto do cais mais distante e não foi aberto à visitação.

As fragatas Liberal (F43) e Greenhalgh (F46) foram abertas ao público, que compareceu mesmo com o tempo nublado e com a chuva ameaçando cair.

PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 2
Galante, Lopes e Nunão no convoo da Greenhalgh, sob o pavilhão nacional

Os editores do Poder Naval e revista Forças de Defesa, Alexandre Galante e Fernando De Martini, acompanhados do jornalista Roberto Lopes (autor do livro “As garras do cisne”), aproveitaram para fotografar os detalhes de sistemas dos navios para o arquivo do blog e da revista e conversar com alguns militares, sempre muito prestativos e cordiais.

Só foi permitida a visita em áreas externas dos navios, nem o passadiço ficou aberto, como acontecia antigamente. Os navios trouxeram apenas um helicóptero, um Esquilo, que estava a bordo da Liberal.

Na fragata Liberal foram expostos no convoo um míssil Sea Skua e um torpedo antissubmarino Mk.44 de manejo. Na Greenhalgh, um torpedo, uma bomba de profundidade e um míssil antiaéreo Seawolf, todos de manejo (foto logo abaixo).

PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 3
Exemplares de manejo do torpedo antissubmarino Mk.44 e bomba de profundidade, que podem ser aerotransportados pelo helicóptero embarcado. Em primeiro plano, um míssil antiaéreo Seawolf

Pudemos constatar que os navios estão bem cuidados, mas o peso da idade já se faz sentir em algumas áreas do casco, principalmente na Greenhalgh, que fará 40 anos de serviço ativo em 2016, somando-se o tempo em que serviu também à Royal Navy, como HMS Broadsword (F88).

Levando-se em conta que esses navios são a espinha dorsal da Esquadra Brasileira, causa preocupação o fato de o governo continuar protelando a decisão do Prosuper (Programa de Obtenção de Meios de Superfície), que visa adquirir 5 novas escoltas de 6.000 toneladas.

A fragata Liberal, da classe “Niterói”, também completará 40 anos de serviço na MB, em 2018. Embora tenha passado pelo programa de modernização Modfrag, de 1997 a 2001, seus sistemas já não representam o estado-da-arte. A Liberal, assim como outros navios de sua classe, capitaneou a Força Tarefa Marítima da ONU no Líbano.

PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 4
Interior do hangar da Greenhalgh
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 5
O hangar da Greenhalgh com espaço para dois helicópteros do porte do Lynx
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 6
Lançador triplo de torpedos leves antissubmarino de 324mm
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 14
Lançadores de chaff de boreste da Greenhalgh
Canhão de 40mm/L70 da Greenhalgh
Canhão de 40mm/L70 de duplo emprego, da Greenhalgh. Esse canhão foi retirado de uma fragata classe Niterói durante o Programa Modfrag e instalado nas fragatas Type 22 para reforçar o armamento antiaéreo e de superfície
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 7
Lançador de míssil antinavio MM38 na proa e lançador de mísseis antiaéreos Seawolf, em primeiro plano
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 8
Popa da Greenhalgh mostrando os sinais da idade no casco
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 9
Lançador óctuplo de mísseis antiaéreos Aspide da Liberal e, em segundo plano no alto do hangar da Greenhalgh, lançador sêxtuplo de mísseis antiaéreos Seawolf
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 10
Contêineres de mísseis antinavio MM40 Exocet a meia nau da Liberal
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 11
Lançador de foguetes antissubmarino Bofors BOROC de 375mm
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 12
Canhão Vickers Mk.8 de 4,5 polegadas (114,3mm), na proa da Liberal
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 16
Canhão antiaéreo Bofors Trinity Mk.3 de 40mm, a bordo da Liberal
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 17
Antena do sistema de CME ET/SLQ-1A no alto do passadiço da Liberal
PN no Dia do Marinheiro - Aderex II-2014 - 13
A Liberal atracada no Porto de Santos, por bombordo

24 COMMENTS

  1. Não que faça muita diferença, mas, no texto está escrito:

    “Greenhalgh, que fará 40 anos de serviço ativo em 2016, somando-se o tempo em que serviu também à Royal Navy, como HMS Broadsword (F88).

    A Greenhalgh fará 40 anos em 2019, já que foi comissionada na Royal Navy em maio de 1979.

    No mais belas fotos, só faltou o MO 🙂

    • Oi Dalto, não quis ir,tava fotografando la no deck, o Bozoh, Fernandinho and Dinah apareceram la depois da visita – tava esperando aquele supramax que aparece navegando nas fotos de frente pro convoo da Greenhalgh e do schaff, o Cepheus

  2. Srs

    Mesmo com 40 anos, os navios estão muito bem! – as nossas forças armadas fazem o que podem com o que recebem – em que pese divergências de opiniões(de foristas – com o aproveitamento dos recursos, ou em quais equipamentos deveriam ser aplicados), o fato é que as nossas FA fazem um bom trabalho – e na minha opinião(de quem não conhece), e tenho certeza de que na opinião de todos aqui – os homens das mesmas são heróis!

    Abs a todos

  3. seria interessante ver como sao ao acomodacoes a bordo, conhece um pouco mais como vivem os marinheiros, a cozinha de bordo etc. teve a algum tempo uma reportagem otima na ALIDE sobre um navio patrulha que fez isto.

  4. O Modfrag veio, o Modfrag, não que ele corresse sequer algum risco de ser desembarcado pelo programa é somente uma referência, se foi mas o “Boroc” segue firme e forte em seu tombadilho.
    Nem VL Seawolf, nem R2D2, nem RAM, e menos ainda SeaRAM, ou alguma dessas RWS; a posição “B” nas fragatas classe “Niterói” é dele e ninguém tasca!!!

  5. Prezados,

    Parabéns pela reportagem e pelas fotos.

    Trazendo novidades para o site…

    A MB resolveu refazer o projeto básico das corvetas da Classe “Tamandaré”. Este “reprojeto” ficará pronto por volta de junho ou julho de 2015.

    Somente, então, se dará continuidade ao detalhamento do projeto da Corveta.

    A produção da primeira unidade será iniciada em 2016.

    Abraços

  6. Comandante, por favor, explique o que significa “refazer o projeto das corvetas Classe Tamandaré”? Será um casco maior, com boca mais larga? E com sistemas de armas diferentes do que vinha sendo especulado até o momento?

  7. Caro Marcio!

    Pode seignificar três coisas básicas:

    1 Fizeram alguma cag…e se deram conta e para reprojetar é cag.. das grandes.

    2. Receberam a visita do Sr. Levy mãos de tesoura e viram que acabou a brincadeira e em 2015 nem para o papel higiênico que dirá contratar construção de navios.

    3.Conforme a minha fonte me comentou, alguém ligado a Vana disse que vão acabar as gastanças mirabolantes da marinha e provavelmente o Prosuper e as 6000 tons foram para o brejo e vão refazer o projeto e pode aparecer aí um Corvetão de Três mil e poucas toneladas ou uma Fragatinha do mesmo porte, a designação fica a critério.

    Na hipótese de serem as opções 2 ou 3, logo em seguida vamos as compras no brechó Europeu.

    Grande abraço

  8. Espero que seja para melhorar o projeto, especialmente aumentando a boca do navio.

    Então, está mais que seja o caso do item 3 do Juarez.

    Se disso resultar uma corveta melhor (mais estável, com maior convôo, com menor tripulação, etc), dará para dizer que “há males que vem para o bem”.

  9. Se vamos reprojetar a tamandaré para ter boca e tonelagens maiores, é melhor embarcar num projeto totalmente novo ou aproveitar uma plataforma já testada do porte de uma Niterói. Em minha modesta, modestíssima opinião, a Barroso poderia dar como filhote apenas o navio patrulha oceânico e já estava de bom tamanho.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here