Home Noticiário Internacional Quatro submarinos nucleares russos estão em construção no estaleiro Sevmash

Quatro submarinos nucleares russos estão em construção no estaleiro Sevmash

2846
7
Submarino nuclear de ataque (SSN) russo da classe Yasen
Submarino nuclear de ataque russo da classe “Yasen”

O Estaleiro Sevmash em Severodvinsk fora de Arkhangelsk está com seu livro de encomendas lotado para 2015. Pela primeira vez desde a queda da União Soviética, o estaleiro está construindo quatro submarinos nucleares diferentes ao mesmo tempo.

“O Sevmash terminou 2014, com resultados muito bons, e as encomendas estatais previstas foram cumpridas completamente”, diz o chefe do departamento para a construção de submarinos Marat Abizhanov em um comunicado à imprensa. “No ano passado, entregamos dois submarinos da classe “Yasen” e “Borey” à Marinha, e quatro novos submarinos de 4ª geração foram iniciados.”

sevmash_kazan_construction
Submarino Kazan em construção no Sevmash

Os trabalhadores no Sevmash atualmente estão ocupados completando quatro novos submarinos de propulsão nuclear. O Kazan classe “Yasen” e o Knyaz Vladimir classe “Borey” estão quase prontos para o trabalho de instalação elétrica, de acordo com Abizhanov. O “Novosibirsk” classe “Yasen” está pronto para obras de isolamento, enquanto o “Knyaz Oleg” classe “Borey” está se preparando para o teste hidráulico.

Os dois submarinos que foram incorporados ao serviço pela Marinha em 2014 foram o “Severodvinsk” (Yasen) e o “Vladimir Monomakh” (Borey).

O “Severodvinsk” é baseado no fiorde Zapadnaya Litsa na costa do Mar de Barents, a menos de 60 quilômetros da fronteira com a Noruega, enquanto o “Vladimir Monomakh” está previsto para navegar ao longo da Rota do Mar do Norte para Kamchatka ainda este ano para entrar em serviço na Frota do Pacífico.

A Rússia está atualmente no meio de um enorme programa de rearmamento, relatado anteriormente pelo Barents Observer que pode alcançar US$ 659 bilhões (€502 bilhões) em 2020. A Marinha é uma alta prioridade no programa.

Planos para mais oito submarinos movidos por energia nuclear a serem encomendado antes de 2020 estão aprovados, quatro classe “Yasen” e quatro classe “Borey”. Em 19 de março, o Sevmash vai iniciar a construção do quinto submarino classe “Yasen”, que vai ser batizado como Arkhangelsk, uma fonte da indústria de defesa russa disse à agência TASS.

De acordo com o Diretor-Geral interino do Sevmash, Sergey Marichev, o estaleiro pretende aumentar o número de trabalhadores, que já ultrapassa 25.000, de acordo com a Wikipedia.

Aleksandr_Nevsky classe Borey
Submarino nuclear de mísseis balísticos (SSBN) Aleksandr Nevsky classe “Borey”

FONTE: barentsobserver.com

7
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
daltonlAlfredo AraujoKojakWagner Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Wagner
Visitante
Wagner

O que apenas comprova aquilo que eu sempre sustentei : Que a Rússia se recuperaria.

Ponto para a Rússia !

😉

ps : a esquadra de superfície deles ainda nao é a prioridade, mas, de qualquer forma, todos os estaleiros russos estão lotados de encomendas, logo, isso tambem comprova minha tese de cinco anos atrás de que a Rússia se recuperaria.

Eu sempre acreditei na Rússia e em sua capacidade… eles estão provando ao mundo que sim, podem conseguir. basta quererem.

E uma graninha do petróleo… ih ih ih 😉

Wagner
Visitante
Wagner

O link a seguir é muito bom para se acompanhar desenvolvimentos técnicos russos, não só o naval, mas em tudo.

https://rostechnologiesblog.wordpress.com

daltonl
Membro
Member
daltonl

Não querendo jogar água na fervura e sim houve uma recuperação, mas, não consigo ver da mesma forma até porque estes planos são antigos e a prioridade de fato são os SSBNs. O plano era ter 8 Boreis até dezembro de 2020 em serviço algo que será impossível de alcançar, mas, sem problemas, os velhos Deltas IV estão sendo revitalizados para durarem um pouco mais, mas, os Boreis serão substitutos de submarinos velhos e não complementos e SSBNs são inúteis para a guerra convencional. Também não será possível comissionar 8 Yasen até dezembro de 2020, resta saber, quantos submarinos serão… Read more »

Kojak
Visitante
Kojak

“a força de submarinos da US Navy que só deverá voltar a crescer se os planos derem certo a partir do
início da década de 2030.”

Exatamente, comemoraremos juntos.

Brazil zil zil zil zil …………..

Alfredo Araujo
Visitante
Member
Alfredo Araujo

Kojak
20 de fevereiro de 2015 at 0:21 #
.
.
O que tem a ver o c* com as calças ? Onde está sendo citado o Brasil ?

Não vê que seus comentários só servem para encher o saco?
Porque não tentas escrever algo interessante para que enriquecer a discussão, ao invés de ficar poluindo o tópico ?

Wagner
Visitante
Wagner

Interessante Dalton

Mas, pode-se dizer que um submarino moderno, como um Borey ou Ohio, equivaleria a dois mais antigos ??

Tipo, essa comparação é possível ?? Pq dessa maneira seria ate aceitavel a redução do numero de SSGNs e SSBNs nas marinhas, seja russa ou americana.

O que vc acha ??

Grato

😉

daltonl
Membro
Member
daltonl

Wagner… a US Navy tem 14 SSBNs, mas, 2 deles estão sempre passando por um longo processo de reabastecimento e modernização que dura 2 anos fora o período de preparação e reintegração, no total quase 3 anos de indisponibilidade. Sendo assim, são 12 SSBNs disponíveis embora as vezes esse número caia para 11 ou mesmo 10 mas enfim, trabalha-se com a ideia de 12 substitutos que não terão que passar pelo reabastecimento do reator devido à novas tecnologias o que deverá aumentar a taxa de disponibilidade ao longo da vida. Ou seja, os EUA estarão basicamente mantendo o mesmo número… Read more »